Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Uso de adoçantes artificiais

Imagem
Os adoçantes artificiais têm sido largamente usados em todo o mundo. Cientistas descobriram que, após a exposição a adoçantes artificiais, nossas bactérias intestinais (flora intestinal) podem provocar alterações metabólicas prejudiciais ao nosso organismo tais como intolerância à glicose e disbioses intestinais.

O trabalho foi realizado pelo Dr. Eran Elinav do Weizmann Institute of Science's Department of Immunology e pelo professor Eran Segal do Department of Computer Science and Applied Mathematics e publicado pela revista Nature.

Adoçantes artificiais não calóricos (NAS) estão entre os aditivos alimentares mais utilizados em todo o mundo, regularmente consumidos por indivíduos magros e obesos. O consumo de NAS é considerado seguro e benéfico devido ao seu baixo teor calórico, mas o apoio de dados científicos aprovando este consumo permanece escasso e controverso.

Estudo publicado pela revista Nature diz que o consumo de NAS normalmente utilizadas impulsiona o desenvolvimento…

Acalásia (Cardiospasmo; Aperistaltismo Esofágico; Megaesôfago)

Imagem
A acalásia, termo que significa "insuficiência de relaxamento" ('calásia' = relaxamento), é uma condição esofagiana que ocorre com maior frequência em pacientes com 25 a 60 anos de idade (especialmente antes dos 40 anos de idade), e se caracteriza basicamente por:

(1) déficit do relaxamento fisiológico do esfíncter esofagiano inferior (EEI) durante a deglutição (principal característica);

(2) graus variados de hipertonia do EEI

(3) substituição da peristalse normal do corpo esofagiano por contrações anormais (as peristalses anormais podem tanto ser fracas, de pequena amplitude, quanto extremamente vigorosas).

É uma condição mórbida onde os alimentos ficam acumulados no esôfago e consequentemente ele se dilata .

São considerados distúrbios da motilidade esofagiana as condições patológicas que acarretam disfagia ou dificuldade para deglutição sem associação com obstrução da luz esofagiana ou a compressão extrínseca. Ultimamente há muitas descobertas de vários conceito…

Doenças do Esôfago

Imagem
Tipos de Distúrbios Motores do Esôfago

Os distúrbios motores do esôfago podem ser divididos em dois grupos: Distúrbios primários e secundários.

Os distúrbios secundários são divididos conforme a etiologia.

Os distúrbios estão listados abaixo:

A) Primários:

Acalasia;
Espasmo esofagiano difuso;
Presbiesôfago;
Esôfago em quebra-nozes;
Esfíncter inferior hipertenso

B) Secundário:

Doenças do colágeno:
Esclerodermia;
LES;
Doença de Raynaud;
Polimiosite;
Doenças Musculares
Distrofia mioclônica;
Distrofias musculares;
Miastenia Grave;
Doenças Neurológicas
Doença vascular cerebral;
Paralisia pseudobulbar;
Esclerose múltipla;
Esclerose lateral amiotrófica;
Poliomielite bulbar;
Doença de Parkinson;
Infecciosa
Doença de Chagas;
Distúrbio metabólico
Diabetes mielitos;
Alcoolismo;
Amiloidose;
Pseudoobstrução intestinal crônica idiopática;
Hipotireoidismo.

Aos poucos vou publicando cada um destas enfermidades para nosso conhecimento...

Polissonografia

Imagem
Polissonografia (do grego: polis = muitos; somnus = sono; e graphos = escrita) é um exame de múltiplos parâmetros que se realiza durante o sono natural, com o objetivo de registrar as variações fisiológicas que ocorrem durante esse período e apurar suas possíveis anormalidades.

A necessidade de sono é constante em cada indivíduo e variável com a idade. Enquanto um bebê dorme cerca de 80% do seu tempo, um idoso pode não dormir mais que três horas a cada dia.

Graças a recentes estudos, hoje sabemos que o sono não é um processo contínuo que começa no adormecer e termina no despertar, mas se passa em ciclos. Anteriormente o sono era considerado um resultado da ausência de estímulos e o estado de coma tido como seu parâmetro maior. Hoje se sabe que o dormir é um processo ativo, tanto determinado endogenamente como por influências do ambiente.

Descrevem-se etapas do sono, conhecidas como:
•Sono não-R.E.M.: apresenta quatro fases (estágios I, II, III e IV). Carateriza-se por relaxamento mus…

Edema Cerebral

Imagem
O edema cerebral é o inchaço de uma região delimitada do cérebro ou de todo ele, resultante do aumento de líquidos dentro e entre as células que o compõem, aumentando o seu volume e, assim, a pressão intracraniana. Na hidrocefalia, em que o líquido se acumula nos ventrículos cerebrais, tem-se uma situação parecida de hipertensão endocraniana.

Entre outras, são causas de edema cerebral os tumores, os acidentes vasculares cerebrais, os traumatismos cranianos, a ruptura de vasos, a diminuição da concentração sanguínea de sódio, a isquemia, os abscessos, as meningites e encefalites, a hipóxia, etc. Entre as doenças sistêmicas que podem causar edema cerebral estão a cetoacidose diabética, a exposição a determinadas toxinas, as neoplasias malignas, o abuso de opioides, etc.

O edema cerebral leva ao aumento da pressão intracraniana e causa uma cefaleia que acomete todo o crânio, tonteiras, dormências, distúrbio da visão e da fala, vômitos em jato, não precedidos de náuseas, devidos à compre…

Envenenamentos

Imagem
Envenenamentos são todos os efeitos danosos às células do organismo por substâncias nocivas que entraram no corpo de alguma forma e que podem causar sérios danos ao indivíduo ou até levar à morte. Os venenos podem ser ingeridos, aspirados do ar, injetados na veia ou absorvidos na pele, seja acidentalmente, seja de forma voluntária.

Alguns venenos são potencialmente ou inevitavelmente mortais; outros podem causar danos variáveis e deixar sequelas graves sem, contudo, levarem à morte. Os efeitos dos venenos sobre o organismo dependem, por um lado, da dose deles e, por outro, do tempo decorrido desde que foram ingeridos.

Paracelso, um famoso médico do século XV dizia que "tudo é veneno; só depende da dose”. Os mecanismos físicos e químicos pelos quais os venenos danificam o organismo são variáveis e deles dependem as medidas terapêuticas a serem adotadas. Costuma-se falar em intoxicações nos casos em que as substâncias nocivas causam transtornos ao organismo, mas não a morte do in…

Rinite sazonal ou perene

Imagem
A rinite perene está normalmente associada a sensibilização aos alérgenos (produtos químicos ou da natureza) presentes dentro de casa, como os ácaros. Mas, pode ser também que o problema seja o pelo de animais, por exemplo, ou fumaça (de cigarro).

Os sintomas desta rinite são semelhantes aos da rinite sazonal, mas não são idênticos.

Quem tem rinite perene sofre menos com os espirros, olhos vermelhos e lacrimejantes. No entanto, essas pessoas geralmente apresentem prurido nasal, coriza e obstrução nasal crônica.

A exposição aos alérgenos intradomiciliares ocorre de forma contínua ao longo do tempo. A sensibilização alérgica e as manifestações de rinite costumam se estabelecer gradativamente.

Assim, aqueles sintomas que ocorriam de forma esporádica passam a ser cada vez mais freqüentes e também mais intensos. Isto leva muitas pessoas a confundir alergia com resfriado.

Se você apresenta manifestações de rinite por mais de 4 dias por semana, e por mais de 4 semanas sucessivas é import…

Abdome Agudo

Imagem
Denomina-se abdome agudo a uma síndrome de dor abdominal súbita e intensa que geralmente (mas nem sempre) leva à cirurgia. Os sintomas muitas vezes não são específicos de uma determinada enfermidade, o que dificulta um diagnóstico preciso.

De maneira geral, o abdome agudo envolve um de cinco quadros clínicos:

Abdome agudo inflamatório ou infeccioso: dor leve e imprecisa que piora com o tempo e se torna progressivamente mais localizada.
Abdome agudo obstrutivo: dor em cólica e vômitos.
Abdome agudo perfurativo: perfuração de víscera oca com extravasamento de conteúdo para a cavidade abdominal.
Abdome agudo vascular: dor abdominal intensa, não compatível com o exame físico do paciente.
Abdome agudo hemorrágico: sangramento hemorrágico espontâneo na cavidade abdominal.

As enfermidades que mais comumente causam abdome agudo são: apendicite, úlcera péptica aguda perfurada, colelitíase (cálculo na vesícula) e suas complicações, pancreatite, isquemia intestinal, diverticulites agudas, rompi…

Transtornos do Sono

Imagem
Há quatro formas básicas de transtornos do sono:

1) Os primários, por não derivarem de nenhuma causa externa, originando-se no próprio indivíduo: são divididas em dissonias (insônia e hipersonia) e as parassonias (sonambulismo, terror noturno, pesadelos).

2) Os decorrentes de transtornos psiquiátricos como a ansiedade, depressão, psicoses, mania, etc.

3) Os decorrentes de transtornos físicos em geral como qualquer condição física que prejudique o sono: falta de ar, dores, desconfortos.

4) Os devidos a medicações ou outras substâncias que possam prejudicar o sono. Abordaremos apenas as insônias do primeiro tipo.

Pesquisas feitas nos EUA mostraram que aproximadamente 1/3 da população tem algum problema com o sono. Essa prevalência tão alta mostra como a fisiologia do sono é sensível, alterando-se mesmo com preocupações ou tensão do dia-a-dia. A insônia é a forma mais comum dos transtornos do sono, mas dependendo da pessoa, de suas predisposições naturais, as tensões podem se manif…

Tendências suicídas...

Imagem
Nem todas as pessoas que cometem suicídio apresentam problemas psiquiátricos, mas é verdade que dentre os pacentes psiquátricos a taxa de suicídio é maior do que na população em geral, assim como dentre as pessoas com doenças não psiquiátricas a taxa de suicídio é mais elevada também, em relação á população geral.

Não é válido julgar que uma pessoa depois de cometer ou tentar suicídio venha a ser considerada como portadora de doença mental por causa de seu gesto. Em aproximadamente 70% dos suicídios a pessoa apresentava alguma condição psiquiátrica, nos outros 30% alguma condição social como doença não psiquiátrica, desemprego e problemas legais como principais fatores.

Observa-se também uma diferença nos fatores que levam ao suicídio conforme a idade, abaixo dos 30 anos de idade uso de drogas ilícitas e personalidade anti-social são mais frequentes enquanto que acima dessa idade 69% dos suicídios estão correlacionados a transtornos do humor.

Mitos acerca do Suicídio:

As pessoas que…

O que é sopro cardíaco?

Imagem
Entre as duas cavidades superiores (átrios) e as duas cavidades inferiores (ventrículos) do coração e os principais vasos cardíacos existem válvulas que se fecham a cada batimento, fazendo com que o fluxo sanguíneo siga apenas uma direção. O sopro ocorre quando uma dessas válvulas não se fecha completamente, ocasionando refluxo do sangue, ou quando o sangue tem de passar por uma dessas estruturas estreitadas. O sopro cardíaco é um som incomum, assobiante, sibilante ou áspero, ouvido durante os batimentos cardíacos. Ele não é uma doença em si mesmo, mas algo que se pode constatar ao examinar o coração com um estetoscópio. Ele pode indicar ou não uma doença do coração.

O sopro cardíaco geralmente é causado pelo fluxo turbulento de sangue na passagem por válvulas cardíacas anômalas ou por outras estruturas anormais próximas ao coração. É como se nessas condições houvesse um turbilhonamento da corrente sanguínea. As condições que mais frequentemente causam sopros são: regurgitação ou est…

Contrave, medicamento para controle crônico do peso corporal.

Imagem
A Food and Drug Administration, dos EUA, aprovou o Contrave (cloridrato de naltrexona e cloridrato de bupropiona, comprimidos de liberação prolongada) como opção de tratamento para o controle crônico de peso corporal, associado a uma dieta reduzida em calorias e atividades físicas regulares.

A medicação é aprovada para uso em adultos com um índice de massa corporal (IMC) de 30 kg/m² ou mais (obesidade) ou adultos com um IMC de 27 kg/m² ou superior (acima do peso), que têm pelo menos uma condição relacionada ao peso, como pressão arterial elevada (hipertensão arterial), diabetes mellitus do tipo 2 ou colesterol elevado (dislipidemia).

O IMC, que mede a gordura corporal, com base no peso do indivíduo e na altura, é utilizado para definir a obesidade e o excesso de peso em categorias. A obesidade é um importante problema de saúde pública, disse Jean-Marc Guettier, da Division of Metabolism and Endocrinology Products no FDA’s Center for Drug Evaluation and Research. Se utilizado em combi…

Marca Passo Cardíaco

Imagem
Como funciona o sistema de batimentos cardíacos?

Os estímulos elétricos que estimulam os músculos cardíacos a se contraírem partem do nodo sinoatrial, localizado na parte superior do átrio direito e que tem a função de ser um marca-passo natural, determinando a frequência e o ritmo do coração. Daí os estímulos elétricos são conduzidos pelas ramificações nervosas que têm a finalidade de conduzir o estímulo elétrico até o nodo atrioventricular, localizado no assoalho do átrio direito. Desses dois nodos partem as fibras nervosas que conduzem os impulsos para todo o coração e que é a razão dos batimentos contínuos desse órgão. No entanto, esse sistema de condução elétrica pode sofrer bloqueios e não permitir a progressão dos impulsos e, em consequência disso, fazer o coração bater mais lentamente. Dependendo do tipo de bloqueio, um marca-passo artificial pode ser utilizado para emitir os impulsos necessários ao coração e conduzi-los aos locais desejados, mantendo o ritmo cardíaco normal …

Retirada precoce das amígdalas faríngeas pode levar ao aumento de peso na criança

Imagem
A adenotonsilectomia (retida de amígalas faringeas e de adenóides) para tratar a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) em crianças pode levar ao ganho de peso, levando a efeitos deletérios à saúde quando conduz à obesidade.

No entanto, dados anteriores vieram de estudos não controlados, limitando as inferências.

Este atual estudo, publicado pelo periódico Pediatrics, analisou as modificações antropométricas em um intervalo de sete meses em um estudo controlado de pacientes submetidos à adenotonsilectomia para a SAOS, o ensaio clínico Childhood Adenotonsillectomy Trial.

Um total de 464 crianças que tinham SAOS (índice médio de apneia e hipopneia por hora de sono [IAH/hora] igual ou maior que 5,1/hora), com idades entre 5 a 9,9 anos, foram analisados quando submetidas a Adenotonsilectomia Precoce (ATP) ou Conduta Expectante e Cuidados de Apoio (CECA).

A polissonografia e a antropometria foram realizadas no início e com sete meses de acompanhamento.

O modelo de regressão de m…

Arritmias cardíacas

Imagem
Os impulsos elétricos que fazem o coração pulsar e determinam o ritmo das batidas do coração normalmente surgem a partir de um nódulo localizado no alto do átrio direito e são conduzidos até a musculatura cardíaca por meio de feixes nervosos, mas outras áreas do sistema elétrico do coração também podem enviar sinais.

Arritmia cardíaca é um distúrbio na formação ou na condução desses impulsos elétricos, o que altera o ritmo dos batimentos cardíacos, fazendo-o muito rápido (taquicardia), muito lento (bradicardia) ou irregular (palpitação ou disritmia). Em si mesma, ela não é uma doença cardíaca, mas um sintoma que pode ocorrer em várias doenças ou condições do coração. Há diversos tipos de arritmias cardíacas: fibrilação atrial, taquicardia sinusal multifocal, taquicardia paroxística supraventricular, taquicardia ventricular e fibrilação ventricular.

As arritmias são causadas basicamente por problemas com o sistema de condução desses impulsos. São múltiplas as doenças em que a arritmi…

Azoospermia

Imagem
Azoospermia é a situação em que nenhum espermatozoide é detectado no sêmen ejaculado. Isto pode acontecer porque não há produção de espermatozoides pelos testículos ou porque há algum tipo de bloqueio do sistema de transporte do esperma, o que impede os espermatozoides produzidos de chegarem ao exterior. Chama-se oligospermia à situação em que existe no sêmen ejaculado uma quantidade de espermatozoides menor que a normal (39 a 106 ml ejaculado).

As causas das azoospermias não obstrutivas incluem defeitos congênitos dos testículos ou danos adquiridos por eles. Nesses casos, devem ser procuradas, entre outras, causas genéticas, porque elas ocorrem em cerca de 15% dos homens com azoospermia.

As azoospermias obstrutivas, por seu turno, podem ser motivadas por condições que obstruam os ductos de drenagem dos espermatozoides, como danos causados por doenças ou traumas, vasectomia (cirurgia praticada voluntariamente para interromper os dutos excretores) ou anormalidades do epidídimo (local …

Parada Cardiorrespiratória

Imagem
Parada cardiorrespiratória (PCR) é o momento em que cessam os batimentos cardíacos e a pessoa para de respirar. Com isso, a circulação sanguínea sofre uma parada e o indivíduo perde a consciência dentro de dez a quinze segundos. A parada cardíaca pode também ocorrer sozinha, sem parada respiratória.

Várias causas podem levar à parada cardiorrespiratória, como hemorragias, acidentes, choque séptico, doenças cardíacas ou neurológicas, infecções respiratórias, drogas, choques elétricos, asfixia, afogamento, intoxicação por medicamentos e monóxido de carbono, sufocamento, etc.

Em cerca de três minutos da parada cardiorrespiratória começa a haver lesão cerebral e após cerca de dez minutos as chances de ressuscitação são praticamente nulas.

Na parada cardiorrespiratória há ausência de pulsação e de movimentos respiratórios e dilatação das pupilas. Nos poucos segundos de consciência, o paciente sentirá dores no peito, falta de ar, palpitação, suores frios, tonteira, visão turva, etc.

Ela é …

Medicamento para tirar o apetite...

BRASÍLIA - O Senado aprovou nesta terça-feira, 2, a liberação da produção e da venda de inibidores de apetite no Brasil. Os senadores concluíram a última votação do projeto de decreto legislativo que susta a proibição imposta pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aos medicamentos em 2011.Esse tipo de projeto, diferentemente das leis, não precisa receber sanção presidencial. Deve só ser promulgado pelo presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), na próxima reunião conjunta da Câmara e do Senado. O projeto já havia sido aprovado pela Câmara em abril. O autor da proposta é o deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS), que é candidato a vice-presidente da República na chapa de Marina Silva.Na justificativa, Albuquerque argumentou que a liberação dos inibidores é importante para o tratamento da obesidade e de doenças correlatas. Para ele, em muitos casos apenas dietas e exercícios não produzem bons resultados no tratamento. “A proibição da produção e comercializaçã…

Acidentes

Imagem
Acidentes são desastres que ocorrem inesperadamente, com repercussões graves sobre a saúde ou integridade das pessoas e podem ter as mais diversas naturezas e gravidades, indo desde queimar um dedo com um palito de fósforo até um soterramento por deslizamento de terra.

Assim, as providências de socorro variam ao infinito e as primeiras atitudes de ajuda às vítimas de acidente geralmente são adotadas por pessoas leigas.

A omissão de socorro e a falta de atendimento de primeiros socorros eficiente são os principais motivos de mortes e danos irreversíveis às vítimas de alguns acidentes, como os de trânsito, por exemplo.

Quais são as atitudes mais adequadas para atender as vítimas de acidentes?

•Analise rapidamente a situação e procure prevenir perigos ainda existentes, se for o caso, evitando agravamento do acidente ou o surgimento de novas vítimas. Afaste a(s) vítima(s) das situações onde ela(s) ainda esteja(m) correndo algum perigo. Procure afastar os curiosos que se aglomeram e que…