Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Eletroestimulação para o tratamento de osteoartrite de joelho

Imagem
Osteoartrite do joelho (OA) é uma das formas mais comuns de OA.

Ela afeta mais de 9.000.000 milhões em os EUA, e sua prevalência é só aumentar conforme a população envelhece.

A substituição total do joelho (prótese de joelho) oferece uma boa opção para as formas mais graves da OA, também conhecido como estágio final da OA, no entanto, isso não pode ser uma escolha apropriada para pacientes mais jovens ou aqueles com ligeira a moderada OA.

Além disso, as próteses têm uma vida útil limitada, e substituições revisão joelho realizadas em um joelho que já foi substituído anteriormente têm uma taxa muito maior de complicações e os resultados ainda mais desfavorável.

Isso cria um incentivo significativo para explorar opções fora da cirurgia, a fim de atrasar a substituição total do joelho, tanto quanto possível.

Uma forma de tratamento conservador que tem sido utilizado para o tratamento de dor relacionada com OA do joelho é a terapia de estimulação elétrica (ES).

ES envolve a colocação …

Orelhas de abano

Imagem
Chama-se orelhas em abano a uma conformação cosmética em que as orelhas são mais projetadas para frente que o normal, conferindo à face e à cabeça aparência especial. Estima-se que essa condição atinja cerca de 2% a 5% da população. Como pode haver uma gradação nesse defeito, é impossível dizer com exatidão a partir de que ponto ele se torna anormal. Assim, a sua correção depende mais da vontade da pessoa que da avaliação médica, porque se trata somente de um problema estético, sem nenhum prejuízo funcional. No entanto, pode ter um efeito psicológico e social severo, sobretudo em crianças e adolescentes.

Chama-se otoplastia à cirurgia que visa dar à orelha uma aparência mais natural e anatômica.

As orelhas em abano não são malformações, mas uma condição que afeta 5% dos indivíduos de raça branca. Orelhas em abano, no entanto, parecem ter uma incidência familiar, embora não se tenha identificado nenhum gene que as cause e nem todos os irmãos, por exemplo, vão necessariamente ter o pro…

Aconselhamento genético

Imagem
Em geral, quem consulta o geneticista para fazer um aconselhamento genético é um casal que está planejando ter um filho, em que há, em membros da família ou num filho anterior a presença de uma enfermidade genética. Mas não só ele como mais à frente se verá. As doenças hereditárias podem ser transmitidas dos pais aos filhos, mesmo se não presentes nos genitores. O conhecimento dos mecanismos genéticos de transmissão ajuda a levantar as probabilidades de que um filho venha ou não a ter uma doença. Nos casos possíveis, o aconselhamento genético incluirá também informações sobre medidas de prevenção. Apesar da denominação já consagrada de aconselhamento genético, o geneticista não dará conselhos, mas fornecerá informações para que o casal tome as suas decisões de maneira mais embasada. O casal deve estar ciente de todos os riscos e consequências de suas decisões e cabe a ele a decisão final a respeito do que fará.

O geneticista precisa dispor de uma detalhada história das doenças eventu…

Surdez

Imagem
Minha paciente GTM acaba de fazer 97 anos. Há 5 anos diagnosticamos a sua perda auditiva e frente a minha indicação de aparelhos auditivos, ela não questionou. Faz uso deles o dia inteiro, todos os dias, desde então. Sua preocupação maior é a troca de pilhas e o bom funcionamento dos aparelhos. Nunca se referiu a eles como sendo algo negativo. Eles a fazem escutar melhor e ela agradece. Mas nem sempre é assim…

É bem sabido que a incidência de perda auditiva aumenta bastante com a idade. Cerca de um terço dos pacientes acima de 65 anos têm algum grau de perda auditiva. A partir dos 75 anos, pelo menos metade das pessoas sofre com a surdez.

Conhecida também da maioria das famílias é a figura do(a) pai/mãe ou avô/avó que não ouve bem, não aceita que não escuta e acha que “está bem assim”, “que as pessoas falam pra dentro” ou que “prefere não escutar”. A surdez na terceira idade é algo de difícil reconhecimento e aceitação para grande parte dos pacientes.

Outro dado bastante propagado s…

Acromegalia

Imagem
A acromegalia (do grego: akros = extremo ou extremidades; megalos = grande) é uma desordem hormonal em que a glândula pituitária (ou hipófise) produz em excesso o hormônio do crescimento na infância e continua a produzi-lo na vida adulta, fazendo os ossos e outros tecidos crescerem além dos limites normais. Nas crianças que ainda estão em crescimento, esse excesso causa uma condição chamada gigantismo, em que a pessoa adquire uma estatura anormalmente alta.

A acromegalia é causada pela produção excessiva de hormônio do crescimento pela parte anterior da pituitária, uma pequena glândula situada na base do cérebro. A maioria dos casos é causada por um tumor benigno dessa glândula, chamado de adenoma da hipófise.

A glândula pituitária produz vários hormônios, entre eles o hormônio responsável pelo crescimento. Quando lançado na corrente sanguínea ele induz o fígado a produzir outro hormônio que estimula o crescimento do esqueleto e outros órgãos e tecidos, gerando os sinais e sintomas c…

Doenças da artérias coronárias

Imagem
A doença das artérias coronárias caracteriza-se pela acumulação de depósitos de gordura nas células que revestem a parede de uma artéria coronária e, em consequência, obstruem a passagem do sangue.

Os depósitos de gordura (chamados ateromas ou placas) formam-se gradualmente e desenvolvem-se irregularmente nos grandes troncos das duas artérias coronárias principais, as que rodeiam o coração e lhe fornecem o sangue. Este processo gradual é conhecido como aterosclorose. (Ver secção 3, capítulo 26) Os ateromas provocam um espessamento que estreita as artérias. Quando os ateromas aumentam, alguns rebentam e ficam fragmentos livres na circulação sanguínea ou então formam pequenos coágulos sanguíneos sobre a sua superfície.

Para que o coração se contraia e bombeie o sangue normalmente, o músculo cardíaco (miocárdio) requer uma provisão contínua de sangue rico em oxigénio que as artérias coronárias lhe proporcionam. Porém, quando a obstrução de uma artéria coronária vai aumentando, pode dese…

Arterosclerose

Imagem
Aterosclerose é um termo geral que designa várias doenças nas quais se verifica espessamento e perda de elasticidade da parede arterial. A mais importante e a mais frequente destas doenças é a aterosclerose, na qual a substância gorda se acumula por baixo do revestimento interno da parede arterial.

A aterosclerose afecta as artérias do cérebro, do coração, dos rins, de outros órgãos vitais e dos braços e das pernas. Quando a aterosclerose se desenvolve nas artérias que alimentam o cérebro (artérias carótidas), pode produzir-se um icto; quando se desenvolve nas artérias que alimentam o coração (artérias coronárias), pode produzir-se um enfarte do miocárdio.

Na maioria dos países ocidentais, a aterosclerose é a doença mais frequente e a causa principal de morte, representando o dobro das mortes por cancro e 10 vezes mais do que por acidentes. Apesar dos avanços médicos significativos, a doença das artérias coronárias (que é causada pela aterosclerose e que provoca os enfartes) e o icto…

Hipertensão Arterial 2

Imagem
Sintomas

Habitualmente, a hipertensão arterial é assintomática, apesar da coincidência no aparecimento de certos sintomas que muita gente considera (erradamente) associados à mesma: cefaleias, hemorragias nasais, vertigem, ruborização facial e cansaço.
Embora as pessoas com uma pressão arterial elevada possam ter estes sintomas, eles também podem aparecer com a mesma frequência em indivíduos com uma pressão arterial normal.

No caso de uma hipertensão arterial grave ou de longa duração que não receba tratamento, os sintomas como cefaleias, fadiga, náuseas, vómitos, dispneia, desassossego e visão esfumada verificam-se devido a lesões no cérebro, nos olhos, no coração e nos rins. Às vezes, as pessoas com hipertensão arterial grave desenvolvem sonolência e inclusive coma por edema cerebral (acumulação anormal de líquido no cérebro). Este quadro, chamado encefalopatia hipertensiva, requer um tratamento urgente.

Diagnóstico

A pressão arterial determina-se depois de a pessoa ter estado sent…

Hipertensão Arterial

Imagem
A hipertensão arterial é, geralmente, uma afecção sem sintomas na qual a elevação anormal da pressão dentro das artérias aumenta o risco de perturbações como o AVC, a ruptura de um aneurisma, uma insuficiência cardíaca, um enfarte do miocárdio e lesões do rim.

A palavra «hipertensão» sugere uma tensão excessiva, nervosismo ou stress. No entanto, em termos médicos, a hipertensão refere-se a um quadro de pressão arterial elevada, independentemente da causa. Chama-se-lhe «o assassino silencioso» porque, geralmente não causa sintomas durante muitos anos (até que lesiona um órgão vital).

Ela afeta muitos milhões de pessoas com uma diferença notória conforme a origem étnica.

Por exemplo, nos Estados Unidos, onde afecta mais de 50 milhões de pessoas, 38 % dos adultos negros sofrem de hipertensão, em comparação com 29 % de brancos.

Perante um nível determinado de pressão arterial, as consequências da hipertensão são mais graves nas pessoas de raça negra.

Nos países desenvolvidos, calcula-s…

Origens do narciisismo em crianças

Imagem
Indivíduos narcisistas se sentem superiores aos outros, fantasiam sobre sucessos pessoais e acreditam que merecem um tratamento especial. Quando se sentem humilhados, muitas vezes atacam de forma agressiva ou até mesmo violenta. Infelizmente, pouco se sabe sobre as origens do narcisismo. Tal conhecimento é importante para a concepção1 de intervenções para reduzir o desenvolvimento de pessoas narcisistas.

Artigo publicado pelo periódico Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (PNAS) demonstrou que o narcisismo em crianças é cultivado pela supervalorização dos pais: os pais acreditam que seus filhos são mais especiais e melhores do que outros. Em contraste, a auto-estima elevada em crianças é cultivada pelo amor dos pais, por pais que expressam afeto e apreço por seus filhos. Estes resultados mostram que o narcisismo é parcialmente enraizado por experiências de socialização precoce e sugerem que as intervenções de formação dos pais podem ajudar a…

Dor crônica

Imagem
A dor crônica é definida como “aquela que se estende além do período esperado".

Não há consenso sobre qual seja esse período.

Alguns chamam de aguda a dor que dura menos de um mês, subaguda a dor que dura de um a seis meses e de crônica aquela dor que dura mais de seis meses; outros só consideram como crônica aquela dor que dure mais de doze meses.

A dor crônica tanto pode ser devido a desordens do sistema de percepção quanto por desarranjo dos mecanismos de inibição da dor.

É um erro considerar-se a dor crônica como um mero prolongamento da dor aguda, porque ela tem uma natureza diferente.

Os circuitos nervosos responsáveis pela dor crônica são diferentes daqueles associados à dor aguda.

Ela pode surgir como dor de cabeça, dor nas juntas, dor devido a lesões e dores nas costas.

Outras espécies de dores incluem tendinites, dores da síndrome do túnel do carpo ou dores que afetam partes específicas do corpo como, por exemplo, ombros, pelve ou cabeça.

Dores musculares ou ner…

Alimentos bons para a saúde 4

Imagem
Malaguetas / Chili Peppers


As malaguetas estimulam o metabolismo, tornando o sangue menos espesso e ajudando a libertar endorfinas. Para além disso são uma excelente maneira de adicionar sabor à comida sem acréscimo de calorias. As chili peppers são também ricas em beta-carotina, que se transforma em vitamina A no sangue, combatendo infecções, assim como em capsaicina que inibe neuropeptídeos, produtos químicos causadores de inflamações. Um estudo recente revelou que as malaguetas têm ainda propriedades anti cancro da próstata. Tudo o isto apenas com metade de um chili pepper por dia.

Gengibre


Contrariamente às crenças populares o gengibre, tão utilizado na comida asiática, não é uma raiz, mas sim um tronco o que significa que contem componentes vivos que melhoram sua saúde. O componente mais importante é gingerol, um supressor do cancro que estudos demonstram ser particularmente eficaz contra o do colon. Sempre que possa, corte o gengibre em fatias ou moa-o fresco e adicione-o a pei…

Alimentos bons para a saúde 2

Imagem
Atum


O seu sanduíche preferido tem um pequeno segredo: Selenium. Este nutriente ajuda a conservar a elastina, uma proteína que mantém a sua pele lisa e firme. O antioxidante é também um protetor contra o sol. Evita que os radicais livres criados pela exposição aos raios UV danifiquem as células. O atum é também uma grande fonte de proteínas, não contém gordura trans e uma porção de 10 gramas contém 11 mg de niacina que tem provado ajudar a diminuir o colesterol e o processo de gordura corporal. A niacina aumenta o colesterol HDL (o bom) e diminui triglicéridos mais eficazmente do que a maior parte das estatinas.

Cenouras


Pense na cenoura como uma varinha mágica boa para os olhos e para limpar o organismo. Nada de magia, porém, apenas muita vitamina A que impede a produção de células na camada exterior da pele. Isto significa menos células mortas que combinam com sebosidade na pele e obstrução de poros. A cenoura é também enriquecida com carotenóides, compostos solúveis em gordura, que …

Alimentos bons para sua saúde 1

Imagem
Amêndoas


As amêndoas, ricas em energia, diminuem o colesterol, graças a esteróides vegetais e ajudam os diabéticos, diminuindo o açúcar no sangue. As amêndoas são ricas em aminoácidos reforçando os níveis de testosterona e o crescimento muscular. São também ricas em vitamina E, que reforça as defesas dos raios solares. Em um estudo os voluntários que consumiram 14 miligramas da vitamina E (cerca de 20 amêndoas) por dia e, em seguida, foram expostos à luz UV ficaram menos queimados que aqueles que não tomaram. A vitamina E é um antioxidante que mantém as artérias livres de radicais perigosos. Baixos níveis de vitamina E também estão associados com fraco desempenho da memória e declínio cognitivo.

Sementes de linhaça


Ricas em proteínas e fibras, estas pequenas sementes oferecem uma carga de omega-3, que ajuda a apagar manchas na pele. Voluntários que participaram num estudo e tomaram meia colher de chá de ômega-3 todos os dias durante seis semanas notaram menor irritação e vermelhidão na…

Medicina Ortomolecular: anotações

Imagem
Nós enferrujamos (envelhecemos) como o metal, apodrecemos(oxidamos) dia a dia, vamos reagindo(reação química) com o oxigênio e como o metal criamos pontos de ferrugem.

Assim é o radical livre da terapia hortomolecular, são moléculas orgânicas mutagênicas com a capacidade de oxidar(enferrujar o organismo, leia-se degenerar o seu funcionamento) o sistema imunológico.

A descoberta mais importante é que as vitaminas e os minerais são substâncias potencialmente antioxidantes e neutralizadoras de radicais livres, enfim, as vitaminas possuem função catalizadora(anti-oxidante) para diversas reações metabólicas no sistema biológico

A Medicina Ortomolecular visa a normalização do equilíbrio químico do organismo através do uso de substâncias e elementos naturais.

Segundo a teoria formulada pelo Dr. Denham Harman, mutações expontâneas, câncer e envelhecimento são resultado de uma contínua "radiação interna" e os radicais livres são mutagênicos quando atingem o DNA, RNA e proteínas.…

Alimentos bons para a saúde 3

Imagem
Maçãs


Uma maçã por dia reduz inchaços de todos os tipos, graças a quercetina, um flavonóide que também se encontra na casca da cebola vermelha. Quercetina reduz o risco de alergias, ataques cardíacos, Alzheimer, Parkinson, cancro da próstata e do pulmão. Se poder optar escolha a variedade red delicious uma vez que contem mais antioxidantes para combater as inflamações.

Caranguejo


Rica em proteínas e pobre em gordura, a carne adocicada do caranguejo é enriquecida com zinco. O zinco é um antioxidante, mas mais importante, ajuda a manter a estrutura óssea saudável e a função imunológica.

Romã


O sumo deste fruto bíblico de muitas sementes pode reduzir o risco da maior parte dos cancros, graças aos polifenóides chamados ellagitannins e que dão à romã a sua cor. De facto, um estudo recente descobriu que o sumo da romã retarda significativamente o crescimento de células cancerosas da próstata.

Couve Chinesa


Este vegetal crucífero é mais do que o acompanhamento de camarões e molho de soja. A cou…