Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Haloperidol

Imagem
O Haloperidol é um neuroléptico do grupo das butirofenonas. Além da indicação para tratamento dos sintomas psicóticos: pode ser usado também para evitar enjôos e vômitos de qualquer origem, para controlar agitação, agressividade devido a outras perturbações mentais, ou ainda para tratar o distúrbio de Gilles La Tourette.

A dose mais comum varia entre 5 e 15mg por dia podendo chegar 100mg por dia sem nenhum risco. A dose recomendada para crianças entre 15 e 40 Kg de peso corporal (entre 3 e 12 anos) é de 0,05mg/Kg/dia até o máximo de ,015mg/Kg/dia. A elevação da dose deve ser gradual, respeitando intervalos de 7 dias aproximadamente entre uma e outra elevação, tanto para adultos como para crianças. A aplicação de depósito (Depot) só deve ser realizada depois que o paciente demonstrou ter bons resultados com a administração via oral

Os efeitos sobre o sistema motor, como o enrijecimento muscular, a inquietação (dificuldade de ficar parado) e a vontade de ficar mexendo com as pernas…

Ganho de peso na época do climatério

Imagem
O objetivo desta revisão publicada pela PubMed foi sumarizar a literatura sobre o impacto da transição da menopausa sobre o peso corporal e a composição corporal.

Foi realizada uma pesquisa da literatura, através do Medline e PubMed, para estudos de língua inglesa, que incluíam os seguintes termos de pesquisa: “menopausa”, “meia-idade”, “terapia hormonal” ou “estrogênio” combinados com “obesidade”, “peso corporal” ou “composição corporal”.

Os resultados mostram que apesar de o ganho de peso por si só não poder ser atribuído à transição para a menopausa, a alteração hormonal durante a menopausa está associada a um aumento da gordura corporal total e ao aumento de gordura abdominal.

O excesso de peso na meia-idade não só é associado a um risco acrescido para as doenças cardiovasculares e metabólicas, mas também a impactos negativos na qualidade de vida e da função sexual.

Os estudos em animais e humanos indicam que esta tendência para o acúmulo de gordura abdominal é amenizada pela …

Anemia aplástica

Imagem
Chama-se anemia aplástica a um quadro clínico raro, porém grave e potencialmente fatal, em que a medula óssea que normalmente produz as células do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas) entra em falência e passa a produzi-las em quantidades insuficientes.

Como o termo anemia se aplica apenas para a deficiência de glóbulos vermelhos (hemácias), a diminuição das três linhagens celulares (glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas) pode ser chamada de aplasia medular.

A medula óssea produz continuamente as células precursoras dos glóbulos vermelhos e brancos e das plaquetas, pois os glóbulos vermelhos só vivem aproximadamente 120 dias, as plaquetas cerca de sete dias e a maioria dos glóbulos brancos, um dia ou menos.

A anemia aplástica acontece quando a medula é danificada e afeta sua capacidade de repor novas células.

Ela pode ocorrer devido a uma causa autoimune ou pela assimilação de algum tóxico para a medula óssea, sejam medicações (com destaque para o cloranfenicol) ou…

Insuficência Renal: um resumo para você!

Imagem
A insuficiência renal é a incapacidade dos rins de filtrar o sangue, que gera um acúmulo de substâncias tóxicas no organismo. A insuficiência renal pode ser aguda ou crônica, a aguda é caracterizada por uma rápida redução da função renal e a crônica é caracterizada por uma perda gradual desta função.

Sintomas de insuficiência renal aguda:

Pouca urina;
Inchaço nos olhos;
Cansaço;
Pressão alta;
Náuseas e vômitos;
Diminuição da sensibilidade nas mãos e nos pés;
Falta de apetite;
Dor nos rins, na parte inferior das costas;
Soluços;
Pode haver sangue nas fezes;
Inchaço por todo corpo;
Tremedeira nas mãos;
Nos casos mais graves pode haver convulsões.

Sintomas da insuficiência renal crônica podem ser:

Pressão alta;
Inchaço nos olhos;
Inchaço das pernas e dos pés, principalmente no final do dia;
Acordar para fazer xixi constantemente;
Urina com espuma;
Cansaço fácil;
Fraqueza;
Perda do apetite.
Náuseas e vômitos.
Ao observar estes sintomas é aconselhado uma consulta com um médico nefrologist…

Rins: filtração glomerular - um pouco de teoria para você!

Imagem
Na região cortical do rim existem milhares de glomérulos (veja o diagrama acima).

Cada glomérulo é formado de um conjunto de capilares.

O sangue que flui no interior de tais capilares, chega aos mesmos proveniente de uma arteríola denominada arteríola aferente.

Este mesmo sangue, após fluir pelos capilares glomerulares, se dirige para a arteríola eferente, que forma uma rede de capilares peritubulares, que envolvem os túbulos renais.

No interior dos capilares glomerulares existe uma considerável pressão hidrostática (60 mmHg), que força o sangue a fluir para frente, em direção à arteríola eferente, e também contra a parede dos capilares.

No interior da cápsula de Bowmann existe também uma pressão hidrostática, mas esta é menor (18 mmHg).

Outra pressão que não podemos deixar de mencionar é uma pressão denominada oncótica ou coloidosmótica (32 mmHg)[lembra do termo "osmose" das suas aulas de biologia no ensino médio? então...] no interior dos capilares glomerulares, devi…

Xerodermia

Imagem
A xerodermia ou secura da pele é uma manifestação exócrina caracterizada pelo fato de as glândulas sebáceas e sudoríparas produzirem deficientemente as secreções que umedecem e lubrificam a pele.

Como consequência, temos secura e descamação excessivas da pele.

A principal causa da xerodermia parece ser genética e gera uma inadequada umidade da pele, originada pelo mau funcionamento das glândulas que fabricam o sebo e que normalmente a mantém lubrificada e macia.

No início da xerodermia a pele pode apresentar-se apenas enrugada, mas à medida que a doença evolui passa também a apresentar uma notável descamação.

Os principais sinais e sintomas da xerodermia estabelecida são pele severa ou moderadamente ressequida, sensação de prurido e/ou picadas intensas, que pode ser localizada ou generalizada, com maior incidência nas pernas e nos braços.

Essas áreas podem evoluir para escoriações e hiperpigmentação cutâneas, se forem coçadas repetidamente.

A pele como um todo pode adquirir um as…

Glaucoma

Glaucoma é uma designação genérica para um grupo de doenças distintas que envolvem pressão intraocular associada a neuropatia óptica.

A pressão intraocular elevada é um fator de risco significativo para o desenvolvimento de glaucoma, mas é possível uma pessoa desenvolver dano no nervo com pressão intraocular normal ou não desenvolver mesmo com pressão intraocular elevada durante anos sem apresentar lesões.

Reduzir a pressão diminui a perda visual mesmo nesses casos.

Se não for tratado, o glaucoma leva ao dano permanente do disco óptico da retina, causando uma perda progressiva do campo visual.

Glaucoma primário de ângulo aberto:

É o tipo mais comum de glaucoma, representando cerca de 90% dos casos registrados, e freqüentemente começando sem sintomas e demorando muitos anos para causar perda visual perceptível.

Uma das causas pode ser uma obstrução da drenagem do humor aquoso do olho.

O humor aquoso é produzido no corpo ciliar do olho, fluindo através da pupila para a câmera anteri…

Blefarite

Imagem
Blefarite é uma inflamação não contagiosa das camadas gordurosas das pálpebras, que pode afetar transitoriamente a saúde dos olhos.

Pode acometer pessoas em todas as idades, mas predomina nas mais idosas.

A blefarite normalmente é ocasionada pela colonização de bactérias comuns na pele, facilitada pela produção excessiva de uma camada de gordura que se forma nas pálpebras e pelo aumento de oleosidade dessa região.

Trata-se de uma inflamação que afeta mais frequentemente pessoas com secura ocular, pele oleosa e caspa (dermatite seborreica).

Os principais sinais e sintomas da blefarite são: coceira, ardência nos olhos, irritação ocular, sensação de corpo estranho do olho, vermelhidão, lacrimejamento e formação de crostas.

As pálpebras ficam cobertas por detritos oleosos e bactérias em torno da base dos cílios, o que pode levar à perda dos mesmos.

A blefarite pode apresentar-se como olho seco, conjuntivite, terçol ou calázio, ou mesmo com triquíase (reversão dos cílios para dentro) …

Herpanginas

Imagem
A herpangina é o nome de uma infecção dolorosa da cavidade oral que, comumente, afeta crianças pequenas, especialmente durante o verão, mas que também pode afetar adolescentes e adultos.

A herpangina normalmente é causada pelos vírus da variedade Coxsackie, embora outros enterovírus possam também estar implicados.

A transmissão da herpangina se dá pela via fecal-oral ou por gotículas respiratórias expelidas durante espirros ou tosses de pessoas infectadas.

Ela algumas vezes pode ser assintomática, mas em geral se manifesta abruptamente com febre alta (cerca de 40°C), dificuldade para engolir (disfagia), anorexia, vômitos, diarreia, secreção abundante de saliva (sialorreia) e dor de garganta.

O período febril dura entre um e quatro dias e neste tempo surgem na faringe e na cavidade oral (amígdalas, úvula e palato mole) vesículas de coloração branco-acinzentadas, rodeadas por um alo avermelhado que posteriormente podem apresentar uma ulceração central.

As lesões passam de máculas pa…

Memórias

Imagem
A memória é dividida em alguns "tipos":

Memória de curto prazo - aquela que permanece por alguns minutos ou segundos;

Memória de médio prazo - entre dias e semanas;

Memória de longo prazo - depois de armazenada, pode ser lembrada por tempo indefinido e é dividida em memória recente e remota;

Memória imediata (de trabalho) - usada durante um raciocínio intelectual e eliminada assim que cada etapa do problema é resolvida.

Vários tipos de testes neuropsicológicos podem ser aplicados para avaliar os vários tipos de memória.

Mais informações sobre memória:

Amnésia - incapacidade total ou parcial de lembrar de fatos passados;

Amnésia imediata - geralmente associada a comprometimento cerebral agudo;

Retrógrada - esquecimento de situações ocorridas anteriormente a um trauma, doença ou fato marcante;

Anterógrada - esquecimento de tudo o que ocorreu posteriormente a um fato importante ou um acidente;

Lacunar - esquecimento de fatos ocorridos entre duas datas, podendo ser este período…

Terçol

Imagem
O terçol (ou hordéolo) é um processo inflamatório-infeccioso de uma glândula sebácea ou folículo piloso da pálpebra superior ou inferior, causado por bactérias.

Em geral, ocorre quando o ducto secretor da glândula se obstrui, impedindo sua eliminação.

Pode ser interno ou externo, atingindo a margem palpebral externa ou a parte da pálpebra que se conecta aos cílios.

Existe outra patologia que afeta as pálpebras e é muito parecida com o terçol, mas que não é provocada por uma infecção: o calázio.

Normalmente o terçol ocorre mais comumente em crianças ou adolescentes.

O terçol não é uma doença contagiosa, não havendo, pois, perigos de contágio no contato com pessoas que apresentem o problema.

Normalmente a infecção do terçol é causada pela bactéria Staphylococcus aureus, mas pode também ser ocasionada por estreptococos.

Provoca o aparecimento de um pontinho inchado, vermelho e muito dolorido, com pus em seu interior. Na gravidez, período da vida em que o terçol é mais comum, ele p…

Grupos sanguíneos

Imagem
Até fins do século XIX ainda não se sabia porque alguns doentes morriam após uma transfusão de sangue, enquanto outros não.

No início do século XX (1900 - 1901) o cientista austríaco Karl Landsteiner demonstrou que nem todos os sangues são bioquimicamente iguais, há diferenças entre o sangue de diversos indivíduos.

Ele verificou que certos tipos de sangue provocavam uma aglutinação ou hemólise (dissolução) das hemácias dos sangues que recebiam a transfusão, enquanto outros tipos não o faziam.

Continuando suas pesquisas, verificou que algumas hemácias possuem certos tipos de antígenos aderidos a suas superfícies, os quais atraem anticorpos específicos que as destrói. (Antígenos são substâncias que o organismo entende como ”invasoras” e anticorpos são proteínas encontradas no plasma sanguíneo que têm a função de neutralizar ou destruir essas substâncias).

A isso se deviam as mortes ou não, observadas após algumas transfusões.

Ele descobriu dois tipos de antígenos carregados pelas …

Xantelasma

Imagem
Xantelasma (ou xanteloma) é uma doença dermatológica caracterizada pelo aparecimento de bolsas amareladas ligeiramente salientes, situadas nas pálpebras.

O xantelasma não é propriamente uma doença em si, mas a manifestação de um distúrbio no metabolismo.

As bolsas que aparecem nas pálpebras são constituídas por depósitos de colesterol e lipídeos e podem estar ligadas a alterações dos lipídeos sanguíneos ou a alterações locais do metabolismo de gorduras, propiciados pelo diabetes, cirrose, doenças do metabolismo e alguns tipos de câncer.

Sabe-se que os níveis elevados de colesterol levam os macrófagos a agir, acumulando gorduras em seu interior.

Curiosamente em até dois terços dos pacientes os valores de colesterol sanguíneo podem estar normais.

Os macrófagos (um tipo de glóbulos brancos - veja imagem abaixo) literalmente engolem a gordura excedente nos tecidos e não conseguem eliminá-la e se transformam em células cheias de gordura, que se acumulam na superfície da pele.


Os princ…

Ingestão de proteínas

Imagem
Pesquisa publicada pela revista Cell Metabolism mostra que o alto consumo de proteína está ligado ao aumento dos casos de câncer, diabetes mellitus e da mortalidade geral em pessoas de até 65 anos; mas pode ser protetor para idosos com idade mais avançada.

As proteínas de origem vegetal estão associadas à menor mortalidade do que as proteínas de origem animal.

O estudo analisou dados de mais de 6.000 americanos com mais de 50 anos, acompanhados por 18 anos.

Ratos e humanos com deficiências no receptor do hormônio do crescimento/IGF-1 (GHR-IGF-1) exibem grandes reduções em doenças relacionadas à idade.

A restrição proteica reduz a atividade de GHR-IGF-1, por isso foram examinadas as relações entre a ingestão de proteína e a mortalidade.

Os participantes com idades compreendidas entre 50 e 65 anos que relataram alta ingestão de proteína tiveram um aumento de 75% na mortalidade geral e um aumento de quatro vezes no risco de morte por câncer durante os 18 anos em que foram acompanhados…

Proctologia

Imagem
O que é?

Proctologia é a especialidade médica que busca diagnosticar e tratar as enfermidades que acometem a porção terminal do aparelho digestivo, o cólon, o reto e o ânus.

Nesse sentido, é chamada também de coloproctologia.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Coloproctologia confere certificados aos médicos especializados, chamados proctologistas.

Embora a proctologia cuide de doenças relacionadas a partes muito íntimas do corpo humano, a consulta regular ao especialista e a realização de exames preventivos é de extrema importância, pois o câncer intestinal pode permanecer silencioso por algum tempo e é um dos que mais matam.

Dentre outras, o proctologista trata de doenças como tumores do cólon e do reto, hemorroidas, constipações intestinais, fissuras e fístulas anais, procidências de reto, pólipos e divertículos do cólon, cistos pilonidais, doenças inflamatórias, abscessos, doença de Crohn, sangramentos, retenção e incontinência fecal, síndrome do cólon irritável e patologias …

Epicondilite

Imagem
A epicondilite lateral também é conhecida como "cotovelo do tenista", mas não é um problema limitado a quem pratica esse esporte.

Qualquer atividade que realize movimentos repetitivos do punho e dedos para cima (extensão) podem gerar a epicondilite lateral, como movimentos no computador e exercícios de musculação.

Movimentos chamados de prono-supinação repetitivos, como os movimentos para se usar uma chave de fenda, também são um fator de risco.

Os músculos que fazem a extensão do punho e dos dedos tem origem na parte lateral do cotovelo, em uma proeminência óssea chamada epicôndilo lateral.

Diversos músculos extensores são originados nessa região e quando realizam-se atividades com o punho para cima (estendido) esses músculos permanecem contraídos, gerando tensão no seu local de origem.

Quando ocorre uma sobrecarga excessiva dessa região pode ser iniciado um processo inflamatório, que tem como objetivo cicatrizar pequenas lesões causadas pela tensão.

Essa inflamação p…

Doença de Urbach-Wiethe

Imagem
A doença de Urbach-Wiethe, também conhecida por lipoidoproteinose, hialinose cutâneo-mucosa, lipoglicoproteinose e proteinose cutâneo-mucosa, trata-se de uma rara patologia de origem genética, autossômica recessiva, que se caracteriza pelo acúmulo de material hialino na laringe, mucosas, pele, olhos, cérebro, dentre outros órgãos.

Esta doença foi relatada pela primeira vez no ano de 1908, porém só foi descrita em 1929 por Erich Urbach e Wiethe Camillo.

As manifestações clínicas variam consideravelmente de indivíduo para indivíduo, podendo ser observada rouquidão, lesões e cicatrizes cutâneas, pele danificada apresentado má cicatrização, pele seca e enrugada, e presença de pápulas ao redor das pálpebras.

Todas essas sintomatologias resultam de um espessamento da pele e das mucosas.

Também pode ocorrer um enrijecimento de parte do tecido cerebral, que pode ocasionar epilepsia e alterações neuropsiquiátricas.

Uma das alterações neuro-psiquiátricas que podem ocorrer é a ausência de medo…

Trocas nem sempre favoráveis.

Imagem
O ser humano não resolve seus problemas sozinho.

A troca é fundamental para sua existência. Por isso, somos uma espécie fortemente social.

Não é à toda que toda a dificuldade de interação gera algum tipo de problema objetivo ou subjetivo.

A troca, entretanto, exige confiança.

E a confiança é baseada na informação que tenho do outro para poder confiar. Quanto mais informação eu tenho, mais eu confio, principalmente se posso comparar o que a pessoa faz com o que ela diz que faz.

Ou seja, temos um elo evidente entre confiança, troca e informação.

É preciso mostrar que se é confiável para que se conquiste a confiança alheia!

Todas as expansões cognitivas no passado da humanidade: oral, escrita, escrita impressa, e agora, a digital geraram a mudança e a alteração na troca entre as pessoas, pois surgiu um novo patamar informativo, que nos levou a um novo ambiente de credibilidade mútua, mais sofisticado, que permitiu transações com desconhecidos através da internet...

Hoje é muito comum ob…

Câncer de Ovário

Imagem
O câncer de ovário é um raro tumor ginecológico maligno que afeta os ovários. O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado e tem pequenas chances de cura.

A maioria deles é um carcinoma epitelial (câncer que se inicia nas células da superfície do órgão) ou tumor das células germinativas (que dão origem aos ovócitos, gameta feminino a ser fecundado pelo espermatozoide).

A causa do câncer de ovário ainda é desconhecida na sua totalidade, mas está relacionada a fatores genéticos, hormonais e ambientais. Sabe-se, contudo, de alguns fatores que aumentam ou diminuem o risco:


•Um grande número de filhos e quanto mais cedo uma mulher der à luz, menor o seu risco.

•Determinados defeitos genéticos parecem ser responsáveis por alguns casos de tumor de ovário.

•Mulheres com histórico pessoal ou familiar de câncer de mama ou de ovário apresentam risco maior.

•Mulheres que fazem reposição de estrogênio, sem progesterona, parecem ter maior risco de desenvolver câncer de ovário.

•Pílulas antic…

Micoses: Tinha ungueal

Imagem
Onicomicose (também conhecido como "onicomicose dermatofítico", "Micose das unhas," É a doença mais comum das unhas e é uma das mais frequentes afecções dermatológicas (pele e anexos).

Esta condição pode afetar as unhas dos pés ou unhas das mãoe, mas as infecções do hálux (dedão do pé) são particularmente as mais comuns.

A prevalência de onicomicose é de cerca de 6-8% na população adulta.

Fatores de risco para onicomicose incluem história familiar, o aumento da idade, saúde precária, trauma prévio, clima quente, a participação em atividades de fitness, a imunossupressão (por exemplo, HIV, induzidas por drogas), banhos comunais, e calçado oclusivo (preste atenção neste ítem!).

Existem quatro tipos clássicos de onicomicose:

Onicomicose distal subungueal: A forma mais comum de tinha ungueal geralmente causada por Trichophyton rubrum, que invade o leito ungueal ea parte inferior da placa ungueal.

Onicomicose superficial branca: Causada por invasão de fungos das camadas…

Carbazol - Carbamazepina

Imagem
Foi originalmente usado, e continua sendo, para o tratamento da epilepsia, mas encontra bons resultados para o controle do Transtorno Afetivo Bipolar (antigo PMD).

Além desta indicação pode também ser usado para controlar a agressividade em pacientes com outros tipos de transtornos mentais, como a demência, o retardo mental e com pacientes psicóticos.

Também pode ser udado para tratar a síndrome das pernas inquietas, a abstinência alcoólica e a neuralgia do trigêmio.

A dose recomendada varia entre 400 e 800mg por dia, acima disto apenas com indicação médica.

Pela sonolência que pode causar é recomendável dar a maior parte da dose a noite

Reações alérgicas na pele com pequenas placas avermelhadas é relativamente comum, mas não há necessidade de se interromper o tratamento por isso.

Sedação, descoordenação motora, tonteiras, cansaço, enjôo e visão borrada são mais comuns de acontecer.

Não deve ser usado durante o primeiro trimestre da gestação, há evidências de má formação fetal. S…

Transtorno Dissociativo de Identidade

Imagem
O transtorno dissociativo de identidade, originalmente denominado transtorno de múltiplas personalidades, conhecido popularmente como "dupla personalidade", é uma condição mental onde um único indivíduo demonstra características de duas ou mais personalidades ou identidades distintas, cada uma com sua maneira de perceber e interagir com o meio.

O pressuposto é que ao menos duas personalidades podem rotineiramente tomar o controle do comportamento do indivíduo.

O critério de diagnóstico também leva em consideração perdas de memória associadas, geralmente descritas como tempo perdido ou uma amnésia dissociativa aguda.

A condição não tem relação com a esquizofrenia, ao contrário do que acredita a maioria das pessoas.

O termo "esquizofrenia" vem das raízes das palavras "mente dividida", mas refere-se a uma fratura no funcionamento normal do cérebro e não da personalidade.

Como diagnóstico, o transtorno continua controverso, com muitos psiquiatras argumen…

Insuficiência Hepática

Imagem
A insuficiência hepática é a consequência mais grave de quase todas as doenças crônicas no fígado.

É a situação em que as funções do fígado geralmente encontram-se diminuídas, ocasionando dificuldades do órgão em desempenhar suas funções normais.

Ela pode ser aguda ou crônica e cada uma delas pode ser de natureza benigna ou maligna.

A insuficiência hepática aguda complicada por encefalopatia costuma ser fulminante, deteriorando significativamente o fígado e quase sempre levando o paciente à morte em poucos meses.

As alterações funcionais do fígado são a consequência comum de todos os distúrbios que afetam os hepatócitos, as células funcionais do fígado. As causas da insuficiência hepática podem ser tóxicas e não tóxicas.

Entre as primeiras, encontram-se uma infinidade de substâncias que podem causar insuficiência hepática, como hepatotoxinas intrínsecas; certos medicamentos e metais; fósforo; ouro; álcool etc.

Entre as causas não tóxicas pode-se citar: hepatite viral aguda, hepa…

Micoses de pele

Imagem
A pitiríase versicolor, popularmente chamada de “pano branco” ou “micose de praia” é uma micose (infecção fúngica) crônica que afeta a camada superficial da pele, causada por um fungo saprófita que vive normalmente na pele humana.

A doença existe em todo o mundo, mas é prevalente nos trópicos e nas regiões de climas temperados.

A maioria dos casos ocorre em adultos jovens e afeta igualmente ambos os sexos e todas as raças.

Ela não é uma enfermidade contagiosa e, geralmente, hábitos precários de higiene não são um fator de risco para a enfermidade.

O distúrbio de pigmentação é causado por um fungo chamado Malassezia furfur, que é o agente etiológico da pitiríase versicolor.

Ele é uma levedura (fungo, bolor) lipofílica (dependente de lipídios para o seu metabolismo).

Algumas condições ainda pouco determinadas aumentam a presença do fungo e, assim, dos sintomas.

A pitiríase versicolor normalmente é assintomática.

Em alguns casos pode haver um ligeiro prurido quando a pele se aque…

Dores no ombro

Imagem
A dor no ombro diz respeito a qualquer dor nas articulações do ombro ou nas estruturas ao seu redor.

Os tendões passam por baixo de um rígido arco ósseo no ombro.

A causa mais comum de dor no ombro é quando os tendões ficam presos sob esse arco.

Os tendões comprimidos ficam inflamados ou danificados, uma condição chamada tendinite do "manguito rotador".



A dor de ombro por tendinite pode ocorrer por:

Desgaste natural devido ao envelhecimento;

Uma atividade que requer uso constante do ombro, como beisebol ou mesmo o uso do computador em posição equivocada, por exemplo;

Uma lesão, provocada por algum tipo de trauma, como uma queda, um acidente de carro ou de bicicleta;



Mas, também pode ser devida a (uma outra maneira de se entender):

A dor no ombro também pode ser devido a:

Artrite nas articulações ao redor do ombro (estreitamento gradual das articulações e perda de cartilagem de proteção);

Bursite (Inflamação de uma bolsa cheia de líquido, ou bursa, que fica entre o tendão e…

Fundoplicatura de Nissen

Imagem
Fundoplicatura de Nissen, ou simplesmente Fundoplicatura, é um procedimento cirúrgico realizado para tratar doença do refluxo gastroesofágico e hérnia de hiato. Considerada a mais usada técnica operatória para tratar a doença do refluxo gástro-esofágico (DRGE).

Dr. Rudolph Nissen (1896–1981) foi o primeiro cirurgião a usar este procedimento em 1955 e publicou os resultados de dois casos no jornal médico semanal suíço "Swiss Medical Weekly", em 1956. Em 1961, ele publicou um estudo mais detalhado do procedimento. Nissen, originalmente, chamou a cirurgia de "gastroplicatura".

O procedimento carrega seu nome desde que ganhou popularidade nos anos 70.

Esta cirurgia consiste no envolvimento completo de 360º do esófago distal pelo fundo gástrico, formando uma válvula anti-refluxo.

A abordagem, feita por via abdominal (laparoscópica ou laparotômica), é uma das técnicas mais utilizadas para correção desta situação.

Alguns médicos alteraram os ângulos da "gravata&qu…

Envelhecimento Masculino

Imagem
Não é simples o diagnóstico da "menopausa masculina", pois são muito variados os aspectos clínicos importantes para a suspeita diagnóstica do hipogonadismo do homem que "envelhece", em função justamente a diversidade de sinais e sintomas que a deficiência de hormônios pode causar.

Muitos questionários técnicos foram desenvolvidos e idealizados para a triagem clínica do envelhecimento masculino, como, por exemplo, o St. Louis University Androgen Deficiency in Aging Male (ADAM), o Aging Male Survey (AMS), o Massachusetts Male Aging Study (MMAS) e, mais recentemente a Hypogonadism Related Symptom Scale (HRS).

Os questionários são traduzidos e validados (quer dizer, feito um pareamento com a população local) em vários países, inclusive no Brasil e são largamente utilizados em estudos e trabalhos científicos.

Pelos estudos comparativos, houve condição de se avaliar que os questionários ADAM e AMS são pouco específicos para o diagnóstico de hipogonadismo.

Os sintomas m…