Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Novo medicamento para o tratamento do Mieloma Múltiplo

Imagem
O Food and Drug Administration (EUA) aprovou o Pomalyst (pomalidomida) para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo, cuja doença progrediu mesmo após o tratamento com outros medicamentos contra o câncer.

O mieloma múltiplo é um tipo de câncer do sangue que afeta principalmente os adultos mais velhos e surge a partir de células plasmáticas na medula óssea. O Pomalyst é uma pílula que modula o sistema imune do corpo para destruir as células cancerosas e inibir o seu crescimento. Ele é destinado a pacientes que receberam pelo menos duas terapias anteriores, incluindo lenalidomida e bortezomibe, cuja doença não respondeu ao tratamento e progrediu no prazo de 60 dias do último tratamento (reincidente e refratário).

A aprovação do Pomalyst oferece uma opção de tratamento adicional para pacientes que não responderam a outras medicações.

A segurança e a eficácia do medicamento foram avaliadas em um estudo clínico de 221 pacientes com mieloma múltiplo reincidente ou refratário. O estud…

Dieta saudável

Imagem
Para se manter vivo e desempenhar suas atividades cotidianas o ser humano necessita ingerir um certo número de calorias por dia, as quais, juntamente com o oxigênio inspirado, geram as energias de que necessita.

As necessidades nutricionais de cada indivíduo variam conforme o seu estilo de vida, sua idade e seu padrão metabólico.

Processar alimentos para transformá-los em calorias desgasta o organismo, o qual trabalha para converter uma coisa noutra. Esse desgaste pode ser maior ou menor para produzir um mesmo número de calorias, conforme os alimentos ingeridos, o que implica em maior ou menor desgaste da “máquina”.

Se as calorias são insuficientes, em virtude de falta ou inadequação dos alimentos, o indivíduo entra em desnutrição; se, ao contrário, elas são produzidas em excesso, acumulam-se sob a forma de gorduras, causando a obesidade.

Muitos alimentos, como as vitaminas, por exemplo, além de seus efeitos nutricionais, atuam positivamente sobre o organismo, seja protegendo-o, s…

Por que Testemunhas de Jeová não aceitam transfusão de sangue? - Visão Religiosa

Imagem
Seguimento retirado do site: http://www.jw.org/pt/, 1 de julho de 2013

O que acontece: Muitas Testemunhas de Jeová, incluindo crianças, morrem todo ano por não aceitarem transfusão de sangue.

Informação: Essa afirmação não tem nenhuma base. É comum cirurgiões realizarem procedimentos complexos, como operações cardíacas, cirurgias ortopédicas e transplantes de órgãos, sem o uso de transfusões de sangue. Os pacientes, incluindo crianças, que não recebem transfusão geralmente se recuperam tão bem quanto, ou até melhor, do que aqueles que aceitam transfusão.

De qualquer modo, ninguém pode dizer com certeza que um paciente vai morrer se recusar uma transfusão ou que vai sobreviver se aceitá-la.

Por que as Testemunhas de Jeová não aceitam transfusão de sangue?

Isso é mais uma questão religiosa do que médica.

Tanto o Velho como o Novo Testamento claramente nos ordenam a nos abster de sangue. (Gênesis 9:4; Levítico 17:10;Deuteronômio 12:23; Atos 15:28, 29). ?????

Mas, eu pergunto: "o qu…

Psicoterapias

Imagem
Psicoterapias são métodos de tratamentos para problemas emocionais, visando remover ou modificar sintomas existentes e corrigir padrões disfuncionais de relações interpessoais.

Na maioria das vezes o terapeuta vale-se da palavra e estabelece um diálogo com a finalidade de corrigir comportamentos e/ou sentimentos anômalos, mas pode se valer também de expressão corporal, representações teatrais, etc.

Contudo, o verdadeiro diálogo terapêutico não deve ser um simples bate-papo, ainda que reconfortante, mas obedecer a princípios técnicos que envolvem uma técnica rigorosa.

Por isso, a formação do terapeuta é, necessariamente, longa e minuciosa.

O terapeuta tem a dupla tarefa de, por um lado, não deixar que a relação com os pacientes perca o necessário calor humano e, por outro, não deixar que ela seja uma simples conversação informal.

As técnicas utilizadas variam em função das teorias psicológicas em que se baseiam, dos objetivos que tenham, da frequência e da duração das sessões.

Um…

Intolerância ao glúten!

Imagem
O glúten é uma mistura de proteínas (gliadina e glutenina) que se encontra na semente de muitos cereais como o trigo, a cevada, o centeio, o malte e a aveia.

Uma vez ingerido, o glúten, no íleo (porção do intestino delgado), transforma-se em uma espécie de cola e adere às vilosidades existentes em suas paredes, danificando-as.

O glúten está presente em muitos dos alimentos comuns ao brasileiro, como pães, biscoitos, bolos, macarrão, etc. e, embora seja inconveniente para todas as pessoas, é mais deletério para algumas pessoas específicas, que reagem a ele de modo especial.

A intolerância ao glúten é a incapacidade ou dificuldade permanente de digestão do glúten.

Isso acontece mais nitidamente nos indivíduos que têm uma doença geneticamente determinada, chamada “doença celíaca”, na qual o glúten danifica as vilosidades intestinais (paredes do intestino delgado) e provoca má absorção de outros nutrientes.

Essa doença manifesta-se quando se começa a introduzir cereais na dieta do be…

Intolerância à lactose

Imagem
A lactose é um dissacarídeo presente no leite e seus derivados, formado por dois carboidratos menores, a glicose e a galactose e que deve ser adequadamente digerida para ser absorvida.

O leite humano contém de 6 a 8% dessa substância e o leite de vaca de 4 a 6%.

Na maioria dos mamíferos a digestão da lactose (hidrólise) depende da enzima lactase, que é sintetizada pelo intestino durante o período de amamentação e que ajuda no processo de digestão e absorção do leite.

Se faltar a lactase, a lactose não pode ser digerida, originando sintomas.

Essa deficiência afeta até 15% das pessoas de descendência europeia, até 80% dos latinos e afro-descendentes e até 100% dos índios americanos e asiáticos.

Essa crucial ausência de lactase pode existir desde a infância ou começar mais tarde, em razão de determinadas enfermidades.

Acredita-se que os antigos neandertais não tinham a capacidade de processar a lactose e que essa capacidade se desenvolveu por mutação após a domesticação do gado, se…

Neoplasia intraepitelial cervical: que doença é esta?

Imagem
As neoplasias invasivas do colo do útero são precedidas por um longo período de alterações celulares, de tal modo que elas podem ser evitadas.

Chama-se a essas alterações pré-invasivas do colo do útero, limitadas ao epitélio escamoso do órgão, de neoplasia intraepitelial cervical (NIC) ou de Cervical intraepithelial neoplasia (CIN em inglês).

Microscopicamente, essas alterações se caracterizam por uma evolução que vai desde a simples atipia celular até graus mais severos de displasia ou de neoplasia intraepitelial cervical (NIC).

Usualmente, as neoplasias intraepiteliais cervicais (NICs) são classificadas em graus 1, 2 e 3 (neoplasia intraepitelial cervical leve, moderada e grave, respectivamente).

Quanto maior o grau da neoplasia intraepitelial cervical (NIC), maior a espessura do epitélio e a proporção nele de células indiferenciadas.

Assim, os graus 2 e 3 apresentam uma maior gravidade que o grau 1.

Essas alterações teciduais podem substituir parte ou toda a espessura do epit…

Um pouquinho de psiquiatria para você!

Imagem
Vou fazer algumas colocações simplificadas sob esquizofrenia, mas, é bom recordar que o campo de conhecimento e divagações sobre esta enfermidade é vastíssimo...

1- Não existe um curso típico ou próprio para a Psicose Esquizofrênica. Talvez o mais característico da esquizofrenia seja, exatamente, a grande variabilidade de cursos encontrados, independentemente da sintomatologia apresentada no início da doença.

Dois grupos de pesquisas (Manfred Bleuler e Ciompi & Müller) conseguiram sistematizar oito cursos possíveis para a esquizofrenia. Huber e cols. apresentaram 12 cursos como os mais freqüentes. Com essa variedade não há como estabelecer-se um determinado modelo de curso que possa ser considerado característico da doença.

2- Apesar da diversidade de cursos que a Psicose Esquizofrênica pode seguir, a tão comentada tendência inexorável no sentido de uma deterioração progressiva das faculdades mentais não foi verificada em nenhum desses trabalhos. Ao contrário, apesar de remissõe…

Dietas!

Dieta saudável pode diminuir risco de depressão
Pessoas que consomem alimentos saudáveis correm menos risco de desenvolver depressão do que quem se alimenta mal, revela estudo realizado na Finlândia. O estudo envolveu mais de 2.000 pessoas na meia-idade ou mais velhos que foram acompanhados entre 13 e 20 anos. A dieta dos voluntários foi medida através de um registro de frequência alimentar e as informações sobre depressão a partir do National Hospital Discharge Register, na Finlândia.Os resultados mostraram que dietas saudáveis, que incluíam vegetais, frutas, frutas, grãos integrais, aves, peixes e queijo com pouca gordura, foram associadas com uma menor prevalência de sintomas depressivos e com um menor risco de depressão durante o período de seguimento.Cento e quarenta voluntários passaram por intervenções no estilo de vida por três anos, o que resultou em uma diminuição do risco de depressão. No entanto, aqueles que seguiram uma dieta pouco saudável apresentaram aumento de sintomas …

Enxaquecas: para refrescar a memória!

Imagem
A enxaqueca é uma doença neurológica de diagnóstico clínico com predominância em pessoas jovens, principalmente mulheres, que pode ser prevenida e tratada.

É apenas um dos quase 200 tipos de dores de cabeça que existem.

A doença se caracteriza por uma dor latejante que dura de quatro a 72 horas e afeta, em geral, apenas um lado da cabeça, mas pode afetar a cabeça toda.

Ela piora com luz (fotofobia), cheiro (osmofobia), barulho (fonofobia) e movimentos (cinetofobia).

Diferentemente do que muitos acreditam, viver com o problema não é comum ou normal.

E pior, tentar administrar o dia-a-dia com a enxaqueca pode ser prejudicial à saúde.

Ou seja, não tente relevar os sintomas ou medicar-se por conta própria, indiscriminadamente.

A partir do momento em que o paciente começa a tomar mais de dois analgésicos por semana, ele já deve procurar ajuda médica.

O uso abusivo destes medicamentos pode transformar uma dor de cabeça esporádica numa cefaleia crônica diária, que é uma das mais difíce…

População idosa vai quadruplicar até 2060

Imagem
Pesquisadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirmam que, até 2060, a população idosa do país vai quadruplicar, uma tendência que vem sendo observada em todo o mundo.

De acordo com o IBGE, a população maior de 65 anos no país deverá passar de 14,9 milhões (7,4% do total), em 2013, para 58,4 milhões (26,7% do total), em 2060.

A expectativa de vida média de vida do brasileiro deve aumentar dos atuais 75 anos para 81 anos, e as mulheres continuaram vivendo mais do que os homens, passando dos atuais os 78,5 anos para elas e 71,5 anos para eles, para 84,4 anos, contra 78,03, respectivamente, em 2060.

Os pesquisadores atribuem esse aumento da expectativa de vida às melhores condições de saúde e de alimentação. Contudo, o aumento da população idosa e a diminuição da população jovem acarretarão em mudanças significativas na economia nacional.

Fonte: Blog Boa Saúde.

TDAH

Imagem
O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)é uma condição neurobiológica de causa genética que acomete as crianças e que geralmente acompanha a pessoa por toda a vida.

ATENÇÃO: NÃO É "FRESCURA" OU "PREGUIÇA"! É UMA CONDIÇÃO NEUROBIOLÓGICA, QUER DIZER, "UM DEFEITINHO DE FABRICAÇÃO" QUE TEM COMO TRATAR COM AUXÍLIO DE ORIENTAÇÃO PSICO-PEDAGÓGICA E MEDICAÇÃO!

Suas manifestações são mais frequentes – ou mais nítidas – nos meninos que nas meninas.

Alguns autores acham que essa é uma doença “inventada” pela indústria farmacêutica, interessada em vender remédios, outros a descrevem como uma entidade nosográfica nítida e defendem sua existencial real.

Na verdade, a enfermidade não tem uma “marca registrada”, seja no sentido sintomático, seja no etiológico, que assegure a sua existência, mas a mesma coisa acontece com enfermidades que hoje já têm a sua existência consagrada, como as depressões, a esquizofrenia ou a ansiedade, por exemplo.

A verdad…

Metformina foi associada a pior desempenho cognitivo em pacientes diabéticos

Imagem
Com o objetivo de investigar a associação entre metformina, níveis séricos de vitamina B12, suplementos de cálcio e comprometimento cognitivo em pacientes com diabetes em uso de metformina, foi realizado um estudo publicado pela revista Diabetes Care.

Os participantes foram recrutados a partir do ensaio clínico conhecido como Primary Research in Memory (PRIME), do estudo sobre envelhecimento Australian Imaging, Biomarkers and Lifestyle (AIBL) e da região do Barwon no sudeste da Austrália.

Pacientes com doença de Alzheimer ou comprometimento cognitivo leve e aqueles que eram cognitivamente intactos foram incluídos na pesquisa. Os pacientes com acidente vascular cerebral ou com outras doenças neurodegenerativas que não a doença de Alzheimer foram excluídos do estudo.

As análises dos subgrupos foram realizadas tanto para os participantes que tinham diabetes do tipo 2 como para aqueles com tolerância diminuída à glicose.

Os participantes com diabetes tiveram pior desempenho cognitivo d…

Não tomar café da manhã não influencia no peso

Imagem
Tem quem dia que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois acreditam que isso os fará sentir menos fome ao longo do dia.

Contudo, pesquisadores da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, mostrou que saltar essa refeição pode não afetar tanto o peso.

O relatório, publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, analisou mais de 20 anos de literatura sobre o assunto e estudos nutricionais controlados que mostraram que saltar o café da manhã tinha pouco ou nenhum efeito sobre o peso.

Os pesquisadores realizaram, também, um estudo de 12 semanas que revelou que mulheres adultas que saltaram o café da manhã perderam a mesma média de peso que as mulheres que faziam tal refeição. Todas as voluntárias receberam dietas com a mesma quantidade de calorias.










fonte: Blog Boa Saúde

Dores "de crescimento"

Imagem
Dores do crescimento são dores intermitentes, de intensidade variável, que acometem crianças em crescimento principalmente pela tarde ou à noite.

Elas são dores musculares. Localizam-se principalmente nos músculos das pernas (menos comumente nos braços) que nas articulações, presentes de ambos os lados.

Apesar de serem ditas "dores de crescimento" estas dores não se devem ao aumento de volume dos ossos ou músculos, que ocorre de forma progressiva e muito lenta, mas o uso já consagrou essa denominação de forma imodificável.

Não há nenhum substrato patológico para elas e elas geralmente cessam quando o indivíduo sai da infância.

As dores do crescimento incidem igualmente em meninos e meninas.

Suas causas são desconhecidas, mas costuma-se associá-las a defeitos posturais, distúrbio de perfusão sanguínea, fadiga e causas psicológicas.

Nesse último sentido costuma-se relacioná-las com fatores emocionais corriqueiros (nascimento de um irmão, ingresso na escola, mãe que começ…

Transtorno da Leitura

Imagem
Características Diagnósticas

A característica essencial do Transtorno da Linguagem Expressiva é um prejuízo no desenvolvimento da linguagem expressiva, demonstrado por escores em medições padronizadas, individualmente administradas, do desenvolvimento da linguagem expressiva, acentuadamente abaixo dos escores obtidos de medições padronizadas da capacidade intelectual não-verbal e do desenvolvimento da linguagem receptiva.

As dificuldades podem ocorrer na comunicação que envolve a linguagem tanto verbal quanto de sinais. As dificuldades de linguagem interferem significativamente no desempenho escolar ou profissional ou na comunicação social. Os sintomas não satisfazem os critérios para Transtorno Misto da Linguagem Receptivo-Expressiva ou Transtorno Invasivo do Desenvolvimento.

Em presença de Retardo Mental, déficit motor da fala, déficit sensorial ou privação ambiental, as dificuldades de linguagem excedem aquelas geralmente associadas a esses problemas.

As características lingüíst…

É mais fácil ouvir a voz de quem se gosta

Imagem
Conversar em locais públicos e cheios é uma tarefa complicada, pois se torna difícil filtrar todas as vozes simultâneas e se concentrar apenas naquela da pessoa com quem se está dialogando.

Contudo, esse processo se torna mais fácil quando a voz é familiar, como a voz do parceiro.

Mas o que pode parecer romântico, também tem seu lado negativo: da mesma forma que é mais fácil distinguir a voz do parceiro na multidão, também é mais fácil ignorá-la.

Pesquisadores da Universidade de Queens, no Canadá, analisaram casais, com idades entre 44 e 79 anos, que gravassem instruções em voz alta.

Depois, cada participante colocou fones de ouvido e escutou a gravação do cônjuge simultaneamente com vozes desconhecidas. Os resultados mostraram que era mais fácil identificar o som da voz do parceiro do que as demais vozes, independente da idade.

Transtorno de Despersonalização

Imagem
Características Diagnósticas

As características essenciais do Transtorno de Despersonalização consistem de episódios persistentes ou recorrentes de despersonalização, caracterizados por um sentimento de distanciamento ou estranhamento de si próprio.

O indivíduo pode sentir-se como um autômato ou como se estivesse em um sonho ou em um filme.

Pode haver uma sensação de ser um observador externo dos próprios processos mentais, do próprio corpo ou de partes do próprio corpo.

Vários tipos de anestesia sensorial, falta de resposta afetiva e uma sensação de não ter o controle das próprias ações, incluindo a fala, freqüentemente estão presentes.

O indivíduo com Transtorno de Despersonalização mantém um teste de realidade intacto (por ex., consciência de que isto é apenas uma sensação e de não ser realmente um autômato).

A despersonalização é uma experiência comum, devendo-se fazer este diagnóstico apenas se os sintomas forem suficientemente severos para causar sofrimento acentuado ou pr…

Gestação e dieta saudável

Imagem
O March of Dimes é uma instituição que trabalha para que toda gravidez seja bem planejada e bem- sucedida evitando o nascimento prematuro de bebês.

Com o objetivo de orientar as futuras mães sobre uma gravidez saudável e os cuidados que devem ser tomados desde o planejamento da gravidez até o nascimento do bebê, o March of Dimes publicou conselhos nutricionais baseados em evidências científicas.

Orientações sobre ganho de peso durante a gestação

O ganho excessivo de peso na gravidez não só torna mais difícil perder o excedente após o nascimento, como também aumenta os riscos da mãe desenvolver diabetes gestacional, ter aumentos da pressão sangüínea (o que pode levar à pré-eclampsia), precisar fazer uma cesariana e sofrer infecção pós-parto.

Para o bebê, o excesso de ganho de peso da mãe aumenta o risco de defeitos de tubo neural, trauma ao nascimento e morte fetal.

Mulheres com peso normal devem ganhar entre 11 e 16 kg durante os 9 meses de gravidez; mulheres acima do peso, de 7 a 1…

Perda auditiva

Imagem
Cerca de dez por cento das pessoas possuem algum grau de perda auditiva e a incidência desta enfermidade se eleva com o passar da idade.

A maioria das perdas auditivas se desenvolve lentamente ao longo do tempo.

Pode ocorrer surdez súbita, mas é menos comum do que aquela que se instala lentamente.

Elas podem ser classificadas como condutivas (nas quais há uma lesão secundária no conduto auditivo externo, na membrana timpânica ou na orelha média) ou neurossensorial (provocadas por lesões tanto da orelha interna – sensorial – como no nervo do oitavo par craniano, que é o nervo auditivo – neural.

Podem, ainda ser mistas, quer dizer, podem acontecer lesões em todos os níveis de percepção auditiva.

As causas podem ser classificadas anatomicamente, levando-se em consideração se a perda é condutiva, neurossensorial ou ambas.

De modo geral, as causas mais comuns são:

- Acúmulo de cerume

- Perda relacionada com ruídos

- Envelhecimento

- Infecções persistentes ou intensas

O ruído pode gerar pe…

Hipertensão Arterial na Infância

Imagem
A hipertensão arterial essencial de adultos é a doença crônica de maior prevalência em todo o mundo e um importante fator de risco para doenças graves, cardiovasculares, renais e acidentes vasculares cerebrais. Contudo, apenas nos últimos anos a hipertensão arterial passou a ter a devida atenção da pediatria.

A mudança desfavorável dos hábitos de vida da criança (alimentação rica em gordura e pobre em fibras, grandes períodos de tempo frente à televisão e ao computador, impossibilidade de sair de casa por causa da violência, etc.) está tornando a obesidade na infância (uma das causas da hipertensão na infância) uma verdadeira epidemia.

A Sociedade Brasileira de Hipertensão estima que 5% da população com até 18 anos tem níveis pressóricos elevados.

A incidência de pressão arterial alta em crianças varia de 1 a 11% em diversas estatísticas, dependendo dos critérios usados na pesquisa.

Hoje sabemos que muitas hipertensões arteriais em crianças são secundárias a alguma outra doença, …

Câncer de mama e as metástases ósseas.

Imagem
O osso é o local mais comum de recorrência do câncer de mama. O câncer de mama é o local mais comum de origem de depósitos metastáticos no esqueleto.

Este tipo de metástase é mais comum em mulheres com mais de 40 anos de idade.

A imagem acima é de uma metástase na tíbia.

As metástases ósseas do câncer de mama afetam mais frequentemente a coluna vertebral, as costelas, os ossos da pelve e ossos longos proximais.

Embora o prognóstico para pacientes com câncer de mama que se espalhou para os ossos fosse pobre no passado, hoje em dia esses pacientes estão vivendo muito mais tempo e se sentindo muito melhor devido às melhorias em tratamentos médicos e cirúrgicos para esta condição.

Muitas vezes as metástases aparecem de maneira silenciosa, sem gerar sintomas, podendo ser detectadas em um exame de imagem realizado como parte dos exames iniciais de diagnóstico de um câncer de mama ou em exames realizados para outros problemas de saúde. Em outros casos a dor é o sintoma mais comum.

A fratur…

Hemoptise

Imagem
Hemoptise é a tosse com sangue do trato respiratório.

Quando maciça acontece grande eliminação de volume de sangue pela tosse.

Na hemoptise, geralmente o sangue é oriundo da circulação brônquica, exceto quando as artérias são lesadas por trauma, erosão de linfondo, tumor, ou, mais raramente, cateterismo pulmonar e até mesmo por inflamação de capilares pulmonares.

A expextoração de estrias de sangue é muito comum em muitas doenças respiratórias altas, de pequeno porte, como gripes, resfriados e bronquite inflamatória de origem viral.

Em adultos, 70 a 90% dos casos são causados por:

Bronquite

Bronquiectasia (refere-se à dilatação e distorção irreversível dos brônquios em decorrência da destruição dos componentes elástico e muscular de sua parede)

Tuberculose pulmonar

Pneumonia necrosante ou abscesso pulmonar

Câncer pulmonar primário em tabagistas

Infecção cavitária por fungo (Aspergillus) - mais raro.

Em crianças, as causas mais comuns são:

Infecção do trato respiratório inferior

Aspira…

Daltonismo

Imagem
O daltonismo é um tipo de acromatopsia (“cegueira de cores”) caracterizado por uma perturbação da percepção da visão devido à incapacidade de reconhecimento e distinção de algumas cores, principalmente o vermelho do verde.

Ele pode também afetar a discriminação entre todas as outras cores sendo, nesse caso, mais propriamente denominado discromatopsia.

O distúrbio foi chamado assim em homenagem ao químico inglês John Dalton (1766-1844), que foi quem primeiro estudou esta condição.

O daltonismo tem causa genética. Está relacionado a um gene recessivo localizado no cromossoma X e ocorre com maior frequência entre os homens que entre as mulheres. A mulher pode ter visão normal, mas ser portadora do gene recessivo e transmiti-lo aos filhos.

Assim, podemos ter a mulher de visão normal, não portadora do gene; a mulher de visão normal, mas portadora do gene; a mulher daltônica; o homem normal, não portador do gene e o homem daltônico.

O daltonismo pode também resultar de uma lesão neuroló…

Febre Crônica (FC)

Imagem
Acontece quando a temperatura corporal (retal) é maior ou igua a 38,3 graus centígrados e não é decorrente de doença autolimitada e transitória, doença rapidamente fatal oi doença com nítidos sintomas e sinais de localização ou com alterações em exames subsidiários comuns, como radiografias, exame de urina ou de sangue.

Atualmente a FC é classificada em quatro categorias, a saber:

Febre por mais de 3 semanas, sem causa identificada, após 3 dias de avaliação em hospital ou 3 ou mais consultas em ambulatório;

FC em pacientes hospitalizados, internados para tratamento de curta duração e sem infecção pre-existente ou em incubação no momento da internação e se a causa da fc não determinado após período de 3 ou mais dias de internação;

FC neutropênica em pacientes que possuem valores de neutrófilos (um dos tipos de células brancas do sangue) inferior a 500 por contagem ou que se admite que alcancem este valor em 2 dias e se o diagnóstico permanecer indeterminado por período de 3 ou mais di…

Dor Pélvica

Imagem
A dor pélvica é um desconforto na porção inferior do abdome e se trata de uma queixa relativamente comum em mulheres, sendo considerada em separado da dor no períneo, região que envolve a área genital e anal.

Ela pode ser originada dos órgãos internos do sistema reprodutor - útero, ovários e anexos)ou de outros órgão próximos, como intestinos, mas, muitas vezes a dor não tem como ser caracterizada efetivamente.

As causas mais comuns de dores pélvicas são a dismenorreia (dores durante a menstruação), ovulação, endometriose, gastro-enterites, tumores, obstipação intestinal, abscessos, síndrome do colo irritável, cistites, calculoses urinárias, dores musculares (após atividade física exagerada para o real preparo do paciente), estiramentos musculares, dores psicogênicas, gravidez ectópica (fora do útero) e outras.

Na gestação pode ser um sinal normal, de adaptação funcional às estruturas do útero e pode ser um sinal de alarme para risco na gestação.

É necessária a avaliação cuidadosa a …

Fibromialgia

Imagem
Para refrescar a memória: a Síndrome da Fibromialgia (FM) pode ser definida como uma síndrome dolorosa crônica, não inflamatória e de origem desconhecida, que se manifesta no sistema músculo-esquelético e que pode apresentar alterações em outros órgãos ou sistemas.

Na verdade, esta síndrome sempre foi envolvida em controvérsias, graças à falta de substrato anatômico para confirmar sua existência, quer dizer, não há uma maneira de comprovar que ela exista através de exames de laboratório e para complicar ela pode ser acompanhada de depressão e da Síndrome da Fadiga Crônica!

Entretanto, desde a década de 1980 ela vem sendo encarada como existente em função da ciência de um mecanismo de sensibilização do sistema nervoso central à dor.

Há critérios para estbelecer o quadro de FM, como a existência dos chamados "pontos dolorosos", ou tender points, áreas mais sensíveis à dor e que, em função do número deles, pode-se avaliar a extensão do quadro como um todo.

Hoje sabe-se que cer…