Síndrome do Coração Partido ou Síndrome de Takotsubo


A síndrome de Takotsubo, ou síndrome do coração partido ou miocardiopatia por estresse, é um termo relativamente novo e se refere a uma disfunção sistólica ventricular esquerda transitória, usualmente com dor torácica associada, cujo principal diagnóstico diferencial são as síndromes coronarianas agudas. A síndrome apresenta características morfológicas típicas como o “balonismo apical transitório”.

Outros achados frequentes incluem níveis de troponina elevados, achados eletrocardiográficos sugestivos de isquemia, incluindo inversão de onda T e elevação do segmento ST, e características típicas angiográficos, com anormalidades contráteis do ápice e da porção média do ventrículo esquerdo, com preservação relativa dos segmentos basais.

A síndrome foi descrita inicialmente em população asiática em 1991, mas logo descrições da síndrome em populações norte-americanas e europeias ocorreram, o termo usado devido a forma do balonamento apical, que pareceria com um polvo chamado de Takotsubo no Japão.

Os pacientes apresentam disfunção ventricular esquerda usualmente reversível com função contráctil dos segmentos apicais e mediais do ventrículo esquerdo diminuída, mas com hipercinesia dos segmentos basais que dá a impressão de um balão, a síndrome é frequentemente precedida ou desencadeada por um episódio de estresse emocional ou físico grave agudo.

A síndrome é muito mais frequente em mulheres do que em homens com cerca de 85 a 90% dos casos em mulheres, com idade média de seu aparecimento de 61-76 anos, seus dados de prevalência são difíceis de determinar pois o conhecimento sobre a síndrome é relativamente recente. A síndrome de Takotsubo é cada vez mais reconhecido como uma entidade nosológica própria, relativamente frequente na prática clínica.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses