Vasos sanitáros: transmitem doenças?




Vamos por partes: se você "adquiriu" uma doença sexualmente transmissível (DST), lembre-se: esta doença é SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEL e ponto final.

Elas são CONTRAÍDAS pelo contato direto com o micróbio (bactéria ou vírus) que causam doença através do sexo praticado por via vaginal, anal ou oral. E ponto final novamente.

Para que fosse possível contrair uma DST ao usar um vaso sanitário, seria necessário que houvesse o contato DIRETO da pele com os microorganismos responsáveis pela patologia.

E isso é ALTAMENTE IMPROVÁVEL de acontecer. Para não dizer IMPOSSÍVEL!

As bactérias e os vírus que causam as DSTs são MUITO sensíveis ao meio ambiente, isto é, eles não sobrevivem às condições ambientais, ou seja, fora do corpo humano, ainda mais em uma superfície como os assentos de vasos sanitários.

Entretanto, embora não se contraia uma DST por esse mecanismo, é possível se contrair uma infestação desagradável provocada pelo Pthirus pubis, conhecido como "chato", pois é chato mesmo, que na verdade é um tipo de pilho, que pula - isso mesmo, pula, de uma pessoa para o vaso sanitário e, depois, pode escolher você como sua próxima "refeição", pois se alimenta de sangue da região genital.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses