Mais uma moda: a ortorexia...

Trata-se de um distúrbio alimentar que deixa pacientes obcecados em comer alimentos saudáveis e fazer muitos exercícios físicos. Especialistas afirmam que a ortorexia pode levar a outros transtornos como a anorexia e bulimia.

Relata-se o caso de um paciente, que é funcionário de uma fábrica, e conta que faz exercícios durante os intervalos que tem no trabalho. "Eu treino duas vezes por dia, sete dias por semana. Na fábrica, durante meu horário de almoço, levanto pesos, faço abdominais e flexões", diz ele.

"Quando vou para casa, corro por 45 minutos e faço mais exercícios de alto impacto. Ao todo, devo gastar mais de duas horas diariamente me exercitando."

Apesar de considerar "horrível" o gosto de queijo cottage, ele diz que almoça o laticínio magro (feito com coalhada e com média de apenas 4% de gordura) diariamente. "Em 90% do tempo, como apenas queijo cottage, iogurte natural, ovos e frango."

"Se como um hambúrguer, coisa que acontece muito raramente, sinto que tenho que queimar o que comi imediatamente porque sei que se transformará em gordura que não quero no meu corpo", completa.

O Centro Nacional para Distúrbios Alimentares britânico (NCFED na sigla inglesa) recebe mais de seis mil ligações e e-mails por ano de pessoas que sofrem de ortorexia. Seus especialistas se dizem preocupados que muitos jovens possam ser vítimas de dietas falsamente saudáveis recomendadas em revistas e internet.

Tive a oportunidade de vivenciar um caso que foi relacionado pelo médico psiquiátra como sendo um destes, mas a paciente não apresentava essa compulsão por atividades físicas como no caso acima citado.

Ainda assim, pode-se dizer que a "ortorexia" é um quadro clínico no qual o paciente é "perfeccionista" com sua alimentação e/ou sua aparência física. É um distúrbio de comportamento.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses