Pregabalina


Pregabalina (fórmula estrutural acima) é um fármaco análogo de GABA (a seguir), anticonvulsivante e antiepilético também utilizado no tratamento da dor periférica, ansiedade e fibromialgia.

Ácido gama-aminobutírico (IUPAC: 4-aminobutanóico [ácido]), também conhecido pela sigla inglesa GABA (Gamma-AminoButyric Acid), é um ácido aminobutírico em que o grupo amina está na extremidade da cadeia carbônica. É o principal neurotransmissor inibidor no sistema nervoso central dos mamíferos.

Ele desempenha um papel importante na regulação da excitabilidade neuronal ao longo de todo o sistema nervoso. Nos seres humanos, o GABA também é diretamente responsável pela regulação do tônus muscular.

Comportamentalmente, a ação inibitória do neurotransmissor GABA, através da ativação do receptor GABA-A, está relacionada com o comportamento agressivo e impulsividade em humanos. Em espécies de insetos o GABA atua apenas em receptores excitatórios nos nervos.

A Pregabalina Foi desenvolvida por Richard Bruce Silverman da Northwestern University; foi aprovada na União Europeia em 2004. Em 2007, Lyrica foi aprovado pelo FDA para o tratamento da fibromialgia.

Em uma análise de revisões sistemáticas, os autores encontraram evidências de boa qualidade sobre o uso da pregabalina para pacientes com fibromialgia e neuropatia diabética, havendo redução de até 50% de quadros de dores, o que é considerado bom em termos de eficácia no tratamento da dor.




Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses