Prevenção do câncer de mama


O câncer de mama é o que mais incide na população feminina, no Brasil, em 2016, são esperados 57.960 novos casos.

Apesar da maior parte dos casos acontecer por mutações genéticas causadas pelo envelhecimento, seguem algumas dicas para preveni-lo.

Apesar de não haver uma causa específica, existem fatores que estão ligados ao aumento do risco de desenvolvimento da doença. Como método de prevenção, confira a lista com dicas para prevenir o câncer de mama:

1. Varie a alimentação ao máximo. Frutas, legumes, verduras e leguminosas, como grão-de-bico, lentilha e feijão branco, são alimentos de origem vegetal que ajudam a prevenir o câncer de mama. Além de inibir a chegada de compostos cancerígenos às células, tais alimentos têm o poder de consertar o DNA danificado quando a agressão já estiver iniciada ou de pelo menos interromper a multiplicação desordenada, caso o conserto não seja possível;

2. Mulheres acima dos 40 anos já devem se preocupar mais com o câncer de mama e fazer a mamografia anualmente. Se houver algum histórico de caso na família, em parentes de primeiro grau como pai, mãe, irmãos e filhos o controle deve começar antes.

3. Não é aconselhável que mulheres na menopausa com histórico familiar de câncer de mama façam reposição hormonal. Caso necessite, faça sempre sob orientação estrita de um médico;

4. Não fume. Estudos científicos garantem que fumar, a longo prazo, aumenta o risco de incidência da doença em algumas mulheres;

5. Faça o auto-exame. O câncer de mama é silencioso, o que torna difícil a detecção de sintomas. Além de consultar um ginecologista, nunca dispense fazer o auto-exame, pois é através dele que mais de 80% dos tumores são descobertos;

6. Evite ingerir bebida alcoólica. O consumo de álcool, por menor que seja, pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer. A possibilidade se torna ainda maior quando a bebida alcoólica é associada ao tabaco;

7. Pratique uma atividade física regularmente que lhe dê prazer e saia do sedentarismo. Pessoas obesas produzem mais estrogênio, um hormônio feminino responsável pelo aparecimento do câncer de mama;

8. Um banho de sol de 10 minutos, antes das 10 horas ou após as 16 horas, não faz mal a ninguém. Pelo contrário. A leve exposição aumenta a produção de vitamina D, que ajuda a evitar a doença;

9. Amamente o máximo de tempo possível. As mães que amamentam seus bebês por pelo menos um ano reduzem o risco de desenvolver o câncer de mama futuramente.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses