Mieloma Múltiplo


Mieloma múltiplo é um tipo de câncer que acomete um subtipo de células da medula óssea (os plasmócitos).

Os plasmócitos são responsáveis pela produção de anticorpos de defesa do organismo.

Quando ocorre o mieloma múltiplo, os plasmócitos estão aumentados em números e são anormais.

As células cancerígenas produzem uma proteína anormal, camada de proteína monoclonal, que pode danificar os órgãos e também levar a redução da produção de anticorpos, deixando a pessoa mais predisposta a infecções.

Acomete geralmente pessoas acima de 65 anos.

O diagnóstico é feito através de vários exames de sangue, urina, raio-x e do aspirado da medula óssea que é o mielograma.

Principais sintomas: dores ósseas, fratura aos mínimos esforços ou mesmo espontânea, fraqueza e cansaço devido à anemia, visão turva, perda de peso, náuseas, vômitos, redução do volume urinário devido à insuficiência renal, infecções principalmente sinusites e pneumonias.

Pode levar à destruição de vértebras da coluna e comprometer sua estabilidade, causando lesões na medula espinhal e risco de o paciente ficar paraplégico.

O tratamento pode ser desde observação clínica, sem tratamento, até quimioterapia seguida de transplante de medula óssea autólogo. A escolha do tratamento irá depender se o paciente é sintomático ou não, de sua idade e de outras doenças associadas.

Não existem formas de prevenção para o mieloma múltiplo. Como toda prevenção para câncer, a recomendação é manter hábitos de vida saudável, como alimentação equilibrada, rica em verduras e frutas, não fumar, praticar exercícios frequentemente e beber moderadamente.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses