Mialgia


A mialgia é uma queixa comum. Em algum momento da vida praticamente todas as pessoas apresentarão quadro de dor muscular, o que não significa que estão apresentando miosite ou miopatia e pode inclusive ser causada por patologias não relacionadas ao músculo como artroses ou tendinites. Esforço excessivo, trauma, infecções virais estão entre as causas mais comuns.

Enquanto muitas causas são benignas e autolimitadas, a mialgia pode ser o prenúncio de distúrbios associados com morbidade significativa.

A primeira pergunta a ser respondida na avaliação de pacientes com mialgias é se esta é localizada ou generalizada. A mialgia localizada é uma queixa que leva a preocupação menor, e uma miopatia não vai ser uma consideração diagnóstica, nesse caso os principais diagnósticos diferenciais incluem:

-Exercício físico intenso ou uso excessivo de musculatura;

-Doenças de partes moles (como bursite, trauma ou infecção);

-Piomiosite;

-Síndrome dolorosa miofascial;

-Infarto múscular ou síndrome compartimental.

As mialgias difusas, por sua vez, implicam em outras possibilidades diagnósticas, em geral abrangendo doenças de maior gravidade e incluem:

-Infecções sistêmicas, incluindo causas virais, bacterianas e por espiroquetas. Entre estes se destacam a dengue, também chamada de "febre quebra ossos" devido às mialgias intensas e artralgias associadas e leptospirose que pode cursar com mialgias principalmente em região de pantorrilhas e cursar com aumento de enzimas musculares.

-Doenças reumáticas, especialmente a polimialgia reumática (PMR) e miopatias inflamatórias, como a polimiosite.

-Condições não inflamatórias: tais como a fibromialgia e a síndrome da fadiga crônica.

-Medicamentos: particularmente o uso de estatinas (com ou sem elevação da creatina quinase), a ciprofloxacina, os bisfosfonatos, inibidores da aromatase, ou descontinuação de tratamento com antidepressivos.

-Distúrbios metabólicos, como a miopatia mitocondrial, a deficiência de vitamina D e escorbuto.

-Doenças hepáticas e doenças endócrinas, tais como doenças da tireoide e insuficiência adrenal podem causar miopatia. Por outro lado, a miopatia induzida por glucocorticoides muitas vezes leva à fraqueza muscular sem quadro doloroso associado.

-Causas psiquiátricas, como acontece com manifestações somatoformes de depressão.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses