Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

RX simples e RX contrastado

Imagem
Uma radiografia simples baseia-se no fato de que um feixe de raios catódicos emitidos por uma ampola de raios X (por isso a radiografia é também chamada de Raios X) atravessa de modo diferente os diversos tecidos orgânicos até atingir uma película (“filme”) coberta com sais de prata, anteposta a eles, gerando imagens. Como esses raios atravessam com mais facilidade as partes aeradas e os tecidos moles do corpo (de menor densidade), chegam ao filme com maior intensidade e o impressionam mais fortemente na projeção desses órgãos, gerando registros mais escuros.

Os tecidos mais densos, como os ossos, por exemplo, os retém mais e eles chegam ao filme com menor intensidade e geram, na projeção desses órgãos, imagens mais claras. Depois de revelados, esses filmes mostram imagens dos órgãos em diferentes tons de cinza. Na verdade, as imagens projetadas correspondem a áreas de sombra dos raios X emitidos e os registros de órgãos com densidades muito próximas não geram imagens muito nítidas.…

Mais zumbidos..

Imagem
Uma publicação científica recente do "Journal of Otorhinolaryngology" dá conta de que há um crescimento progressivo dos casos de zumbido no decorrer dos últimos anos, inclusive em crianças e adolescentes.

Se, em 1995, a condição afetava 15% da população, em 2010 a prevalência (índice de casos, de uma forma mais popular) subiu para 25%, mostrando um futuro com perdas auditivas cada vez mais precoce.

Esse aumento pode estar associado com a exposição a ruídos e ondas eletromagnéticas, altamente vinculadas à explosão do número de usuários de smartphones e players digitais que ocorreu nas duas últimas décadas.

De qualquer modo, a condição também guarda relação com estresse e erros alimentares, que, do mesmo modo, se avolumaram nesse mesmo intervalo.

A publicação chama atenção de que em cerca de 90% das vezes, quando um adulto se queixa desse sintoma, já existe alteração de limiar tonal em, ao menos, uma das frequências sonoras na audiometria.

Os jovens, por sua vez, costumam per…

Síndrome Metabólica

Imagem
Chama-se síndrome metabólica a um conjunto de fatores individuais que aumentam muito o risco de desenvolver doenças cardiovasculares ou diabetes tipo 2.

Ela foi primeiramente aventada na década de 80, por um pesquisador chamado Reaven, o qual observou que doenças cardiovasculares frequentes estavam muitas vezes associadas à obesidade.

A síndrome metabólica parece se dever sobretudo a uma dieta desequilibrada associada a um estilo sedentário de vida e a fatores constitucionais do indivíduo.

Caracteriza-se pela observação de que condições como a obesidade, a hipertensão arterial, as alterações na glicose, nos triglicerídeos e no colesterol estão unidas por um elo comum, chamado resistência insulínica e relacionadas com doenças cardiovasculares.

Essa resistência corresponde à dificuldade que tem esse hormônio de exercer suas ações.

A insulina é responsável por passar a glicose do sangue às células, participando também do metabolismo das gorduras, além de ter outras funções.

As difi…

Anosmia

Imagem
Anosmia é o termo técnico que se usa para referir-se à perda total do olfato.

A simples diminuição dele é chamada de hiposmia, a olfação ultrassensível é dita hiperosmia e as sensações alteradas do olfato são nomeadas disosmias.

Geralmente consideramos nossa olfação como coisa garantida e nem nos damos conta do papel que ela tem nas nossas vidas. Contudo, basta que ela nos falte para percebermos sua importância.

A anosmia (ou a hiposmia) pode ser transitória ou permanente.

A anosmia transitória perdura apenas por certo tempo, podendo ser tratada e tem cura.

A outra, não.

Para que se perceba os odores das coisas é necessário que elas desprendam partículas que penetrem pelas narinas e atinjam as células olfativas, gerando estímulos que são transmitidos ao cérebro.

Lá, eles são decodificados e reconhecidos como odores.

Qualquer distúrbio que interfira nesse mecanismo leva a alterações na olfação.

A anosmia transitória pode ser causada por obstrução nas fossas nasais ou por uma i…

Glossite

Imagem
Glossite é uma inflamação ou infecção aguda ou crônica da língua.

A glossite pode ocorrer como um distúrbio primário da língua ou por infecções bacterianas ou virais, irritação mecânica, ferimentos, salivação escassa e exposição a substâncias irritativas ou, ainda, por doenças sistêmicas como anemias, aftas, sífilis, deficiência de vitamina B, entre outros fatores.

A glossite se caracteriza clinicamente por alterações da língua como inchaço, dolorimento, mudança da coloração (pálida nas anemias, vermelho nas deficiências de vitamina B), perda das papilas gustativas e dificuldade de mastigar, engolir e falar.

O diagnóstico de glossite é eminentemente clínico, feito por meio de uma cuidadosa história clínica e exame físico. Esse exame mostrará uma língua inchada, inflamada e lisa. Pode também ser feito um exame de sangue para esclarecer as causas ou intercorrências clínicas.

O tratamento da glossite visa reduzir o processo inflamatório e pede a realização de uma boa higiene bucal, o us…

Estado Vegetativo

Imagem
O estado vegetativo é uma desordem quantitativa da consciência em que os pacientes permanecem num estado rebaixado de consciência, em vez de consciência plena, podendo conservar, no entanto, algumas funções autônomas e cerebrais como a respiração, a deglutição e a excreção.

O paciente fica em um estado de vigília, mas não está propriamente consciente e não tem a capacidade de percepção, apreensão, crítica e interação, não sendo capaz de usar a linguagem ou a memória.

Ele é fruto de um dano grave ao córtex cerebral que controla o pensamento e a personalidade.

Os danos ao córtex cerebral que levam ao estado vegetativo podem ser causados por traumas, privação de oxigênio ou por doenças que afetam gravemente o cérebro.

Pode também estar presente em casos de anencefalia ou de agravamento de processos neurológicos degenerativos.

Muitas vezes o estado vegetativo é uma evolução do estado de coma.

Geralmente a pessoa em estado vegetativo parece acordada e tem reflexos, mas não tem consciê…

Expectativas...

Imagem
Expectativa da compra pode ser mais prazerosa que a própria compra!

Você já desejou muito alguma coisa e, no quando finalmente a conseguiu, aquilo pareceu não ter mais a mesma graça? Pois saiba que isso é mais comum do que você imagina.

Segundo pesquisadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, pensar sobre as compras aumenta a felicidade momentânea nas pessoas materialistas, e como elas tendem a pensar um bocado sobre comprar, esses pensamentos fornecem injeções de ânimo frequentes.

Contudo, essas injeções de ânimo e melhoria de humor são momentâneas. Isso ocorre porque a ilusão de felicidade criada pela expectativa da compra se esvai logo que essa é realizada. Os pesquisadores ressaltam que as pessoas ainda sentem emoções positivas após fazerem as compras, mas essas são, geralmente, menos intensas do que no momento do desejo.

O estudo mostrou, também, que quanto mais materialista a pessoa for, maior será sua satisfação na expectativa pela compra. Além disso, essas pesso…

Transtorno do Comer Compulsivo ou Trans. Compulsivo Alimentar (TCA)

Imagem
Conhece-se pouco sobre o curso do Transtorno de Comer Compulsivo (TCC), caracterizado pelo consumo de grandes quantidades de alimento e perda do controle, sem o comportamento compensador como a indução de vômitos ou abuso de laxantes.

É um problema mais comum em mulheres, atingindo a prevalência de 1,8 a 2% da população. Freqüentemente está associado a outros transtornos principalmente de ansiedade.

Os tratamentos até agora empregados são feitos com os antidepressivos tricíclicos, inibidores da recaptação da serotonina, terapia comportamental-cognitiva, terapia interpessoal, programas para reduzir o peso corporal.

O presente trabalho acompanhou durante 3 a 6 anos 68 mulheres com TCC.

A média de idade encontrada foi de 29,3 anos. A duração média do TCC até o estudo foi de 11,6 anos e tempo médio de tratamento na pesquisa foi de 76,7 dias.

Mais da metade das pacientes já havia sido internada pelo menos uma vez para tratamento psiquiátrico.

Nos anos que se seguiram ao tratamento e…

Nutrição

Imagem
Os alimentos estão divididos em três grupos

Alimentos Energéticos: são os que fornecem energia para a realização de todos os trabalhos do nosso corpo, desde a manutenção de nossos batimentos cardíacos, até a realização de atividades física intensas. Carboidratos e Lipídeos fazem parte deste grupo de alimentos.

Alimentos Construtores: atuam na produção dos tecidos que estão em constante renovação como o cabelo, a pele, as unhas e os músculos. Os construtores também produzem anticorpos, transportam oxigênio e nutrientes para o sangue, além de regularem o equilíbrio da água. Os principais são as proteínas encontradas nas carnes, aves, peixes, ovos, leite e derivados, nozes, feijão, soja e lentilha.

Alimentos Reguladores: são os que ajudam a metabolizar as proteínas, os carboidratos e as gorduras. Entram aqui os minerais (cálcio e ferro, por exemplo) e as vitaminas que são divididas em dois grupos:

- Vitaminas solúveis em água: vitamina C e as vitaminas do complexo B, que precisam ser co…

Cleptomania

Imagem
A Cleptomania caracteriza-se pela recorrência de impulsos para roubar objetos que são desnecessários para o uso pessoal ou sem valor monetário. Esses impulsos são mais fortes do que a capacidade de controle da pessoa, quando a idéia de roubar não é acompanhada do ato de roubar não se pode fazer o diagnóstico. Devemos estar alerta para ladrões querendo passar-se por cleptomaníacos. Dinheiro, jóias e outros objetos de valor dificilmente são levados por cleptomaníacos, ainda menos se os impulsos são em sua maioria para objetos de valor, se alguma vez a pessoa leva um objeto valioso, sendo na maioria coisas inúteis, pode-se admitir o diagnóstico, caso contrário, não. Acompanhando o forte impulso e a realização do roubo, vem um enorme prazer em ter furtado o objeto cobiçado. Numa ação de roubo, o ladrão não experimenta nenhum prazer, mas tensão apenas e posterirmente satisfação, não faz isso por prazer.

Aparentemente o cleptomaníaco é completamente normal não há um traço identificável for…

Bronquite

Imagem
A bronquite é uma inflamação dos brônquios causada, geralmente, por uma infecção.

A doença é, geralmente, ligeira e costuma curar-se totalmente. No entanto, a bronquite pode ser grave em pessoas com doenças crónicas que sofrem de afecções cardíacas ou pulmonares e também em pessoas de idade avançada.

Causas

A bronquite infecciosa manifesta-se com maior frequência durante o Inverno. Pode ser causada por vírus, bactérias e, especialmente, por gérmens semelhantes às bactérias, como Mycoplasma pneumoniae e Chlamydia. Podem sofrer de ataques repetidos os fumadores e as pessoas que sofrem de doenças crónicas pulmonares ou das vias aéreas inferiores, que dificultam a eliminação de partículas aspiradas nos brônquios. (Ver secção 4, capítulo 37) As infecções recorrentes podem ser consequência de uma sinusite crónica, de bronquiectasias, de alergias e, nas crianças, de amígdalas e de adenóides inflamados.

A bronquite irritativa pode ser causada por várias espécies de poeiras, vapores de ácidos…

Medicamentos que precisam ser administrados com cuidado em pacientes idosos

Imagem
Analgésicos

O propoxifeno não muito mais potente que o paracetamol e tem efeitos secundários sedativos. Pode causar obstipação, sonolência, confusão e em muitas ocasiões respiração lenta. Entre todos os anti-inflamatórios não esteróides a indometacina é a substância que mais afeta o cérebro. Às vezes causa confusão ou vertigens.

A meperidina (Dolantina) injetada actua como um analgésico muito potente; no entanto, não é muito eficaz sobre a dor por via oral e, muitas vezes, causa confusão.

Anticoagulantes

O dipiridamol pode causar leves enjoos nas pessoas com mais idade quanto estas estão de pé (hipotensão ortostática). Geralmente são poucas as vantagens que oferece em relação à aspirina na prevenção da formação de coágulos.

Geralmente, a ticlopidina não é mais eficaz que a aspirina para a prevenção de embolias e é consideravelmente mais tóxica. Pode ser útil em doentes que não podem tomar aspirina.

Antiulcerosos

As doses correntes de alguns bloqueadores da histamina podem causar reações…

Hemifumarato de Quetiapina e problemas que podem ser causados...

Imagem
Hemifumarato de quetiapina deve ser utilizado com cuidado nas seguintes situações:

- Em pacientes com sinais e/ou sintomas de infecção.

- Em pacientes diabéticos ou que apresentam risco de desenvolver diabetes.

- Em pacientes que apresentem alterações nos níveis de substâncias gordurosas no sangue (triglicérides e colesterol).

- Como em alguns pacientes foi observado o agravamento em mais de um dos fatores metabólicos de peso, glicemia e lipídeos, alterações nesses parâmetros devem ser clinicamente

- Em pacientes com doença cardíaca conhecida, doença vascular cerebral ou outras condições que os predisponham à queda da pressão arterial. Hemifumarato de quetiapina pode induzir a queda de pressão arterial em pé, especialmente durante o período inicial do tratamento.

- Em pacientes com risco de pneumonia por aspiração.

- Em pacientes com história de convulsões.

- Em pacientes com sinais e/ou sintomas de alterações de movimento conhecidas por discinesia tardia. Caso isso ocorra, converse …

Transtorno Dissociativo Sensitivo

Imagem
É equivalente ao transtorno motor sendo a função neurológica afetada, mais freqüentemente a sensorial, o tato, a audição e a visão.

Podem manifestar-se com perda parcial ou completa das sensações táteis de determinada área do corpo, principalmente as extremidades (pés e mãos).

Nestes casos todas as funções táteis costumam estar acometidas para o toque, para a dor e para a temperatura.

Assim o paciente queixa-se de anestesia num lado inteiro do corpo ou nas mãos ou pés. Os órgãos dos sentidos especiais como audição, visão podem ser afetados provocando surdez, visão turva, cegueira, visão em túnel.

Tanto ambos os lados podem ser acometidos simultaneamente como de um lado só.

Novamente esses pacientes não se ferem por causa de seu transtorno, mas se isso acontecer como fato isolado não se poderá excluir o diagnóstico.

Tanto as alterações motoras como as sensoriais costumam ser limitadas a um período de tempo com completa recuperação posterior, mas o mesmo quadro ou outro semelhant…

Melatonina

Imagem
A melatonina é uma pequena molécula com íntima afinidade química pela serotonina e pela auxina, um hormônio vegetal.

A melatonina é encontrada em diversos seres vivos, mas tem sido estudada apenas nos vertebrados.

Ela é quase exclusivamente sintetizada por estruturas fotossensíveis, principalmente a noite, como a glândula pineal.

Especula-se que a as estruturas fotoreceptivas (retina, pineal) geram melatonina modificando a via de síntese da serotonina pela serotonina-N-acetiltransferase, regulando os produtos da fototransdução e provocando uma aguda síntese de melatonina.

A melatonina circulante atuaria nos diversos sistemas do organismo preparando e induzindo o sono.

Este aparato de produção da melatonina está presente nos vertebrados em geral.

Acredita-se também que a melatonina materna possa ajudar no controle do ciclo do sono do lactente.

Pesquisas feitas mostraram que os bebês apresentavam sincronia com a mãe.

Como a melatonina está presente no leite materno e sua concen…

Artrite Reumatoide

Imagem
O curso da artrite reumatoide (AR) varia entre os pacientes, mas os períodos de crises e remissões são típicos da doença. A inflamação dos tecidos indica que a AR está ativa, ao passo que a sua diminuição caracteriza a remissão, podendo ficar inativa – de forma espontânea ou pelo tratamento – durante semanas, meses ou até anos.

Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, o diagnóstico da artrite reumatoide depende da associação de uma série de sintomas e sinais característicos, além da realização de exames laboratoriais e por imagens que ajudam a confirmar a doença e fazer o monitoramento nos pacientes.

O reumatologista é o especialista indicado para avaliar e estabelecer o melhor plano de tratamento para cada caso. Já os profissionais de fisioterapia e terapia ocupacional ajudam o paciente a continuar a exercer as atividades diárias. Além disso, grupos de apoio podem auxiliá-lo a conviver com a doença e a enfrentar as suas limitações.

Dependendo do grau, os sintomas da artrite reumato…

Morte Súbita

Imagem
A morte súbita é a que ocorre sem ser esperada, tanto em pessoas doentes como sadias. A morte se dá durante à primeira hora, entre o início dos sintomas até ser constatado o óbito. Note-se bem: é considerada morte súbita se não forem encontrados sinais de violência ou trauma.

Se a pessoa é encontrada morta dentro das primeiras 24 horas depois da última vez em que foi vista com vida, isto também é considerado como sendo morte súbita.

A morte súbita ocorre tanto em crianças recém nascidas como em adultos. Em crianças é mais freqüente nas primeiros três meses e é rara depois do sexto mês de vida. Está provavelmente relacionada a fatores genéticos hereditários, sendo mais freqüente em filhos de mães fumantes.

Nos jovens e adultos, sedentários ou atletas, a grande maioria dos caso de morte súbita acontece por doenças do coração. Sejam elas conhecidas ou não pelos portadores ou pessoas de suas relações, podem ser congênitas, degenerativas, inflamatórias, infeciosas, provocadas por reflexos…

Calázio

Imagem
O calázio é um cisto formado por glândulas da pálpebra inferior ou superior, localizadas logo atrás dos cílios.

Muitas vezes, o calázio pode ser confundido com o hordéolo (terçol).

Ele é causado pela obstrução e posterior inflamação de uma das glândulas localizadas nas pálpebras, que produzem material sebáceo.

No calázio, a pálpebra geralmente fica avermelhada, sensível, inchada e quente (sinais de inflamação).

Esses sintomas podem regredir espontaneamente em dois ou três dias, como ocorre com o terçol comum, ou esta área pode vir a ser infectada por bactérias.

Há casos em que aparece um granuloma, visível ou não, no local onde ele se formou.

Muitas vezes o calázio é confundido com o hordéolo (terçol), que também se manifesta como uma tumefação na pálpebra ou se desenvolve após um calázio.

Ele, na maioria das vezes, se apresenta como um nódulo arredondado, duro, liso e indolor, sem que a pálpebra apresente-se tumefacta.

Pode ocasionar compressão do globo ocular, causando divers…

TPM - Tensão Pré Menstrual

Imagem
A Organização Mundial de Saúde ainda não reconheceu a tensão pré-menstrual como uma entidade patológica; enquanto isso a classificação norte americana já diferencia Síndrome pré-menstrual (Premenstrual Syndrome) da Desordem Disfórica Pré-Menstrual (Premenstrual Dysphoric Disorder).

Esta deficiência, contudo, deverá ser corrigida na 11ª edição do Código Internacional das Doenças.

Não restam muitas dúvidas que existe um transtorno relacionado às fases do ciclo ovariano; quanto a serem dois distúrbios não se tem tanta certeza.

Está sendo discutido e estudado se a Síndrome P-M e a Desordem Disfórica P-M são a mesma coisa, provavelmente sim.

Qual a diferença entre elas?

A Síndrome P-M refere-se às variações físicas e do humor nas mulheres. Surge uma a duas semanas antes da menstruação e desaparece no fim do fluxo menstrual.

Este transtorno é tratado pelos ginecologistas.

A Desordem Disfórica P-M não apresenta necessariamente a sintomatologia física enquanto a alteração do humor é grav…

Infecção pelo vírus Ebola

Imagem
A febre hemorrágica Ebola é a doença humana provocada por um vírus do gênero ebolavirus, popularmente conhecido como vírus Ebola.

Trata-se de doença altamente contagiosa, que exige medidas especiais de proteção porque é uma das doenças mais mortais que existem.

O vírus surgiu pela primeira vez em 1976, em uma região situada próximo ao Rio Ebola, no oeste da África, de onde vem o nome da doença.

Geralmente uma pessoa se infecta quando entra em contato com sangue ou fluidos corporais de outra pessoa ou animal infectado (macaco, porco, algumas espécies de morcegos, antílopes e porcos-espinhos).

Mesmo pessoas já mortas em decorrência do vírus podem transmiti-lo. As pessoas que sobrevivem à doença continuam a transmiti-la por dois meses, por via sexual.

No entanto, a doença não é transmitida por via aérea de forma natural, mas por partículas ou secreções eventualmente expelidas por ela.

Por isso, os agentes de saúde frequentemente são infectados enquanto tratam pacientes com Ebola.

Em …

Ceratose folicular ou pilar

Imagem
Manifestação frequente devido a uma alteração da última camada da pele que forma "rolhas" nas aberturas dos folículos pilosos.

Geralmente surge na infância e há uma tendência familiar.

A causa é genética, mas hábitos como os de usar roupas justas podem agravar o quadro.

As áreas mais frequentemente acometidas são a parte externa dos braços (principalmente) e das coxas.

A doença se manifesta pela formação de "bolinhas" endurecidas nas aberturas dos poros, que deixam a pele áspera.

As "rolhas" causam a retenção da secreção sebácea podendo formar lesões semelhantes a espinhas que, algumas vezes, podem inflamar e deixar manchas escuras residuais.

Não existe uma forma de se acabar definitivamente com a doença, mas medicações de uso local, sob a forma de loção, creme ou gel, controlam bem o quadro e devem ser usadas continuamente, mesmo quando se obtiver melhora, para manutenção do resultado.

Deve-se evitar o uso de roupas apertadas, tecidos sintéticos e d…

Cannabis

Imagem
O uso da maconha não pode ser comparado ao uso do cigarro ou álcool em pequenas quantidades.

O cigarro nunca é saudável, mas não possui o efeito psicotrópico da maconha, e é justamente sob este aspecto que fica a diferença.

Uma pessoa que use maconha tem como finalidade alcançar um estado diferente do normal; uma pessoa que fume cigarro procura status ou prazer.

O objetivo de alcançar um estado diferente de percepção sentir-se como num sonho ou para relaxar-se, indica que existe uma deficiência psicológica: os problemas externos são muito fortes sendo necessária uma forma de compensação dessa tensão, ou o indivíduo que fuma maconha está fraco o suficiente para não enfrentar seus problemas naturais.

O uso da maconha para ambas as situações é equivocado e levará a problemas maiores. Nesse caso o problema não está na maconha, mas no comportamento de fuga.

A adolescência é a preparação para a vida adulta que por natureza é mais difícil devido à maturidade que será alcançada com o te…

Fobia Específica

Imagem
Anteriormente denominada fobia simples a fobia específica é o medo persistente e recorrente a um determinado objeto ou circunstância que desencadeia uma forte reação de ansiedade, sempre que apresentado ao paciente fóbico.

Os critérios para realização do diagnóstico exigem as seguintes condições:

Um objeto claramente identificável (nos demais transtornos fóbicos e ansiosos nem sempre o objeto é claramente identificável). Este objeto sempre que apresentado desencadeia uma forte reação de medo, ansiedade ou mal estar no paciente, podendo chegar a uma crise semelhante a crise de pânico. Os adultos e adolescentes reconhecem que esse medo é exagerado, mas as crianças não necessariamente. Pelo critério norte americano o diagnóstico só pode ser dado quando o objeto fóbico interfere na rotina do indivíduo. Essa posição é passível de crítica não representando a opinião desde site.

As fobias, em geral, caracterizam-se pela ausência de motivo para despertar o medo constatado, ou por ser o medo…

Bulimia

Imagem
É o transtorno alimentar caracterizado por episódios recorrentes de "orgias alimentares", no qual o paciente come num curto espaço de tempo grande quantidade de alimento como se estivesse com muita fome.

O paciente perde o controle sobre si mesmo e depois tenta vomitar e/ou evacuar o que comeu, através de artifícios como medicações, com a finalidade de não ganhar peso.

Existe uma tendência popular em achar que a bulimia é o contrário da anorexia.

A rigor o contrário da anorexia seria o paciente achar que está muito magro e precisa engordar, vai ganhando peso, tornando-se obeso e continua a julgar-se magro e continua comendo.

Isso seria o oposto da anorexia, mas tal quadro psiquiátrico não existe.

Na bulimia o paciente não quer engordar, mas não consegue conter o impulso para comer por mais do que alguns dias.

O paciente com bulimia tipicamente não é obeso porque usa recursos extremos para eliminar o excesso ingerido.

Enquanto a comunidade psiquiátrica mundial não reco…

Criança com ansiedade

Imagem
As crianças com transtorno de ansiedade generalizado apresentam medo excessivo, preocupações exageradas ou irracionais a respeito de várias situações.

Estão constantemente tensas e dão a impressão de que qualquer coisa pode deixá-las apreensiva.

Estas crianças estão sempre preocupadas com o julgamento dos outros em relação ao seu próprio desempenho e precisam que estejam constantemente reforçando a confiança nelas.

Têm dificuldade de relaxar, apresentam queixas somáticas sem causas definidas e sintomas corporais como palidez, sudorese, aceleração da respiração, tensão muscular e estão sempre atentas a tudo em redor sempre vigiando o que pode vir a representar uma ameaça ou perigo.

Crianças com esse problema podem, por exemplo, pedir constantemente para que seus responsáveis verifiquem com uma freqüência acima da necessária se o que fizeram está certo, mostram-se muito sensíveis aos comentários negativos, encontram-se o tempo todo apreensivas com a possibilidade de algo não estar b…

Parto na água

Imagem
O parto na água é um parto por via vaginal, feito com a mãe imersa em uma banheira com água.

No Brasil esse tipo de parto é muito pouco realizado, mas em algumas cidades podem-se encontrar médicos e enfermeiras especializadas que fazem esse parto em casa.

O primeiro parto na água relatado na literatura médica foi realizado num vilarejo na França em 1805.

A água em que a mãe é imersa deve estar entre 36°C e 38ºC, cobrindo toda a barriga, de modo a manter o conforto materno e evitar desidratação ou superaquecimento.

Assim, ela proporciona relaxamento muscular profundo à mãe e alívio das dores que a gestante sente na fase final do trabalho de parto, ao ficar imersa em água morna.

A parturiente só deve entrar na água quando o trabalho de parto já está adiantado, porque se ela entrar muito no início dele, ele poderá demorar mais ou até ser inibido.

Um indicativo desse momento pode ser uma dilatação do colo do útero acima de cinco centímetros e mais de duas contrações uterinas a cada …

Topiramato para enxaquecas?

Imagem
O topiramato é uma medicação que apresenta forte efeito também sobre a capacidade de concentração, devendo, por isso, ser elevado gradualmente para que o prejuízo nessa área seja o mínimo possível.

Quando necessário a elevação da dose pode levar três meses ou mais para atingir a dose adequada, pois, algumas vezes, pode ser necessário uma elevação lenta, dependendo de cada paciente.

Recomenda-se o intervalo de uma semana para acrescentar 50mg da medicação, ou 25mg.

A dose máxima recomendada é de 1.600mg por dia.

Como ele tem um tempo de ação longo pode ser administrado uma vez ao dia, ou distribuído ao longo do dia para diminuir os efeitos colaterais.

O mecanismo de ação do topiramato não está completamente esclarecido, mas observa-se uma atuação sobre o GABA elevando sua atividade e bloqueando a ação do glutamato.

Por ser uma medicação nova não houve ainda tempo suficiente para se estudar todas as aplicações dessa medicação, mas a eficácia para a epilepsia e para a mania já está…