Pensamento

"A única que pessoa que eu consigo transformar de verdade sou eu mesmo!"

Total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Miosite





Miosite é uma miopatia inflamatória (inflamação de tecido muscular).

Ela pode afetar qualquer região do corpo e causar a degeneração progressiva dos tecidos musculares, afetando também as artérias e demais vasos sanguíneos.

Como em geral atinge simultaneamente vários músculos, é também chamada polimiosite e no caso de afetar também a pele, dermatomiosite.

Há desde formas simples, pós-virais, que remitem sem sequelas, até outra graves, como a Miosite Ossificante Progressiva, que leva a uma total incapacitação ou mesmo à morte do paciente.

A miosite é uma inflamação dos músculos devido a um trauma, infecção bacteriana ou virótica, doença autoimune, certos medicamentos ou mesmo a esforços físicos excessivos.

Acredita-se que, além desses fatores, haja também uma predisposição genética para a doença. Ela incide mais em mulheres que em homens, numa proporção de 3:1.

Na miosite os músculos tornam-se fracos e não conseguem desempenhar os movimentos que lhes são próprios: subir escadas, levantar os braços, ficar de pé, caminhar, levantar de uma cadeira, etc.

Esses atos se tornam difíceis muito mais pela fraqueza muscular que pela dor.

Em alguns casos, até mesmo os atos de engolir e respirar ficam difíceis.

Alguns dos sintomas menos graves de miosite são perda de peso, dor muscular e rigidez, febre, irritação, perda de voz ou voz anasalada, etc.

Além das queixas de dor, fraqueza muscular e quedas, deve ser feito um exame físico detalhado.

O exame de sangue poderá mostrar alteração nas enzimas produzidas nos músculos; o eletroneuromiograma avaliará a atividade elétrica muscular; uma biópsia do músculo afetado fará a análise e realizará um diagnóstico definitivo.

Alguns exames de imagens (radiografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou eletromiografia) podem ajudar na avaliação das consequências da miosite.

Grande parte das miosites não tem cura, mas os sintomas da doença podem ser tratados sintomaticamente (imunossupressores, corticosteroides, anti-inflamatórios, terapia física, reabilitação, etc.) e o indivíduo poderá levar uma vida aparentemente normal.

O tratamento poderá variar de pessoa para pessoa, de acordo com o quadro clínico, e numa mesma pessoa pode mudar ao longo do tempo. Nas crianças pode haver uma forma benigna, autolimitada, pós-viral, de início agudo e evolução rápida.

Outras vezes, principalmente na criança, o quadro pode ser de evolução lenta e aparecerem, após algum tempo, calcificações nos músculos e tecidos abaixo da pele.

7 comentários:

Roseli Reis disse...

Boa Noite, descobri que tenho polimiosite, meu enzima foi a 1800,
agora esta diminuindo, estou sentindo minha respiração um pouco mais lenta, folego curto, estou tomando corticoides, a respiração melhora com o tratamento? tenho que fazer algum outro exame? já fiz eletroneuromiografia , deu alguma melhora em relação ao primeiro.

Carlos Rey disse...

Você deve fazer acompanhamento com um médico reumatologista para que possa ter segurança no controle de sua enfermidade.

Léia disse...

Boa Noite,meu filho tem 7 anos de idade e no mês de março deste ano (2013) ele precisou ficar internado por causa da Miosite ele sempre vem se queixando de dores nas pernas,levei ele a um pediatra por causa de uma febre que ele estava tendo devido a Sinusite; e o médico fez um pedido de exame de sangue e novamente constatou que está novamente com Miosite, quero saber se é sempre assim toda vez que ele tiver alguma coisa vai aparecer a Miosite? E se tem cura?

Carlos Rey disse...

Seu filho, pelo que você relata, apresenta dores musculares secundárias a uma infecção e este tipo de situação é transitória e acontece somente durante o quadro agudo da infecção, sendo portanto, curável na medida em que ela não apresente a tal infecção.

Carlos W. P. disse...

Boa noite, meu filho de 5 anos foi diagnosticado pela pediatra com sinusite e rinite, ela receitou alguns remédios para ele, dentre os quais amoxilina; estou muito preocupado, pois hoje cedo ao acordar ele não conseguiu ficar de pé, se queixando de dores na panturrilha, levamos novamnte à pediatra e esta nos pediu que dirigissemos ao hospital, fomos atendidos por outro pediatra que pediu um exame de sangue e constatou que meu filho está com miosite, as enzimas estáo em torno de 994 u/l. O médico recomendou somente que voltassemos para casa e dessemos muita água para ele, não receitou nenhum remédio e pediu para voltarmos ao hospital em dois dias para refazer os exames. Este procedimento é o correto? Devo procurar o reumatologista o mais rápido possível? Estou muito preocupado com o que lí a respeito da doença na internet.

Carlos Rey disse...

Procure, sim, um reumatologista, mas dê um antiinflamatório como ibuprofeno para ele tomar e aliviar as dores até que se tenha um diagnóstico completo.

Carlos disse...

Boa noite, meu filho de 5 anos, apresentou um quadro de sinusite e rinite de acordo com sua pediatra e esta sendo medicado, porém nesta manhã, ao acordar, não conseguiu apoioar os pés no chão, reclamando de dores nas panturrilhas, voltamos imediatamente à pediatra, que nos encaminhou para um hospital maior, onde fomos atendidos por outro pediatra. Este solicitou exame de sangue, no qual constatou pelos níveis da enzima creatinofosfoquinase (994 u/l) que meu filho esta com miosite, entretanto ele recomendou que voltassemos para casa e que ele ingerisse muita agua, até domingo, quando deveremos voltar para refazer os exames. Estou muito preocupado com a situação do meu filho. Este é o procedimento adequado? Ou devo procurar o mais rápido possível um reumatologista para tratar o meu filho com remédio?