Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Deficiência de vitamina D pode aumentar risco de cáries.

Imagem
Pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, revisaram estudos realizados em vários países que relacionavam os níveis de vitamina D com o surgimento de cáries dentárias. Os resultados mostraram que quanto maior o nível de vitamina D, menores os índices de cáries.

A meta-análise considerou estudos realizados nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Canadá, Áustria, Nova Zelândia e Suécia, que envolveram crianças com idades entre dois e 16 anos. Eles foram realizados em ambientes institucionais, escolas, consultórios médicos e odontológicos ou hospitais.

No final, os pesquisadores concluíram que, apesar de historicamente os benefícios da vitamina D para saúde bucal gerarem discordâncias no que diz respeito ao seu uso na prevenção de cáries, ela é eficaz na prevenção da doença desde que associada a uma boa higiene bucal.

Psicoterapias

Imagem
Psicoterapias são métodos de tratamentos para problemas psíquicos e emocionais, visando corrigir ecentuais sintomas existentes e corrigir padrões disfuncionais de comportamento e de relações interpessoais.

Na maioria das vezes o terapeuta vale-se da palavra e estabelece um diálogo com a finalidade de corrigir comportamentos e/ou sentimentos anômalos, mas pode se valer também de expressão corporal, representações teatrais, etc.

Contudo, o verdadeiro diálogo terapêutico não deve ser um simples bate-papo, ainda que reconfortante, mas obedecer a princípios técnicos que envolvem uma técnica rigorosa.

Por isso, a formação do terapeuta é, necessariamente, longa e minuciosa. O terapeuta tem a dupla tarefa de, por um lado, não deixar que a relação com os pacientes perca o necessário calor humano e, por outro, não deixar que ela seja uma simples conversação informal.

As técnicas utilizadas variam em função das teorias psicológicas em que se baseiam, dos objetivos que tenham, da frequência …

Mamografia

Imagem
A mamografia é um tipo especial de radiografia, realizada com aparelhos específicos e constitui a melhor maneira de detectar o início de qualquer alteração nas mamas, antes que o paciente ou o médico possam notá-las.

Levando-se em conta a grande frequência do câncer de mama, a mamografia deve tornar-se um exame preventivo de rotina para todas as mulheres, especialmente para aquelas que estejam incluídas no grupo de risco.

A mamografia digital é um exame ainda melhor que a mamografia convencional, porque permite um escrutínio melhor da mama em um tempo menor de exposição à radiação. Nela, um computador permite aumentar, diminuir, clarear ou escurecer a imagem da mama, tornando possível a detecção mais fácil de nódulos difíceis de serem visualizados pela técnica comum.

Ao mesmo tempo, ela permite que se faça uma punção por agulha e que se retire material para biópsia. Toda mulher acima dos 40 anos deve submeter-se à mamografia preventiva pelo menos uma vez por ano.

A mamografia é c…

Psicocirurgia

Imagem
O que essa expressão acima faz você pensar? Faz pensar em algum procedimento psíquico para tratar alguma doença?

Mas, está errado!

O termo 'psicocirurgia' é devido à, talvez, forma mais antiga de cirurgia de cérebro conhecida: é a chamada trepanação (de trupanon grego, broca).

E uma das razões para realizar este horripilante procedimento era talvez o mesmo que motivou cirurgiões modernos, como o Dr. Egas Moniz, a realizar lobotomias para aliviar sintomas mentais.

Foram achados crânios com sinais de trepanação praticamente em todas as partes do mundo onde o homem viveu. Ela é provavelmente a operação cirúrgica mais antiga de todas: existem evidências que ela já era feita há mais de 40.000 anos atrás, no tempo dos Cro-Magnons.

A trepanação foi realizada ao longo de todas as eras, provavelmente por razões diferentes.

Foi praticada na Idade de Pedra, no Egito Antigo, na Grécia e nos tempos pre-históricos e clássicos romanos, no Oriente Médio e Distante, entre as tribos célticas…

Triglicérides

Imagem
Se o seu médico disse que seus níveis de triglicérides estão muito altos, você pode tomar decisões e atitudes que reduzem estes níveis em algumas semanas.

A maioria das pessoas com hipertrigliceridemia (elevação dos triglicérides no sangue) tem outros fatores de risco para doenças cardíacas associados ao aumento dos triglicérides, como obesidade, colesterol alto e pressão alta (hipertensão arterial).

Elas também geralmente já têm conhecimento a respeito de uma dieta saudável para o coração, então basta acrescentar alguns itens a esta dieta, como a redução da ingestão de carboidratos, para customizar um plano alimentar que reduza os triglicérides.

O que mudar na alimentação para reduzir os triglicérides?

• Coma menos açúcar e menos alimentos com acréscimo de açúcar. Somente este passo isoladamente pode fazer diferença em um período de apenas 2 ou 3 semanas.

• Diminuir também os outros carboidratos como farinhas e massas em geral.

• Elimine as gorduras saturadas e as gorduras trans da…

Densitometria óssea

Imagem
A densitometria óssea é um exame moderno e inócuo para se medir a densidade mineral dos ossos e compará-la com padrões da idade e do sexo do paciente. Ela é muito importante para diagnosticar e tratar a osteoporose e outras doenças que atingem os ossos.

É o único método seguro para avaliação da massa óssea e predição de fratura óssea. A técnica radiológica conhecida como DEXA (DualEnergy X-ray Absorptiometry ou absorciometria de raios X de dupla energia) é utilizada atualmente para medir a densidade mineral óssea.

Não é necessário nenhum preparo especial, nem jejum, apenas você deve evitar remédios que contenham cálcio. O exame dura cerca de 15 a 30 minutos. O paciente deve estar deitado sobre uma mesa, do modo orientado pelo técnico, e permanecer imóvel durante o exame.

O paciente deve usar roupas leves, sem zíper, botões ou outros metais, bem como deve desfazer-se de qualquer objeto metálico. Quase todo serviço fornecerá uma bata para substituir a roupa que o paciente esteja usan…

O que é 'Doppler'?

Imagem
O doppler é uma das modalidades da ultrassonografia. A ultrassonografia é um método de produzir, em tempo real, imagens em movimento das estruturas e órgãos do corpo, graças ao efeito Doppler, descoberto em 1852 pelo físico austríaco Johann Christian Andreas Doppler (foto acima).

Segundo ele, há uma alteração da frequência nas ondas (sonoras ou outras) percebidas pelo observador em virtude da aproximação ou afastamento entre ele e a fonte sonora.

A ciência conseguiu transformar essa descoberta em imagens e utilizá-la na Medicina. Hoje pode-se obter imagens que permitem determinar o sentido e a velocidade de circulação do sangue nos vasos sanguíneos e nas cavidades cardíacas. O sentido do fluxo sanguíneo é mapeado nas cores azul e vermelha, conforme o sentido de circulação do sangue.

O exame chamado doppler passou então a ser um inestimável auxílio no estudo da circulação, sendo empregado não só no diagnóstico e acompanhamento de doenças, mas também na área da obstetrícia para segu…

Colonoscopia

Imagem
Colonoscopia é um exame que permite a visualização direta do interior do reto, cólon e parte do íleo terminal através de um tubo flexível introduzido pelo ânus, contendo em sua extremidade uma minicâmera de TV que transmite imagens coloridas, podendo ser fotografadas ou gravadas em vídeo.

O paciente é posicionado em uma maca, deitado sobre o seu lado esquerdo. Depois de leve sedação, às vezes procedida por um anestesista, o interior do cólon é acessado através do tubo flexível introduzido pelo ânus.

Para isso, o cólon deve estar limpo de fezes e resíduos alimentares, o que exige um preparo prévio que consiste em uma dieta líquida nas 24 horas que antecedem o exame, bem como no uso de laxativos e de um produto chamado Manitol, conforme orientação médica.

Em raros casos, esse preparo envolve uma lavagem intestinal. O aparelho é introduzido lenta, suavemente e de maneira progressiva no interior do cólon, permitindo o exame cuidadoso da mucosa. Durante o procedimento, pequenas quantida…

Psoríase numular

Imagem
Psoríase = Pustulose Palmoplantar; Psoríase Pustular de Palmas e Plantas dos Pés; Pustulose de Palmas e Plantas dos Pés...


Doença cutânea inflamatória, crônica, comum, determinada geneticamente, caracterizada por placas escamosas arredondadas, eritematosas, secas. As lesões têm predileção por unhas, couro cabeludo, genitália, superfícies extensoras e a região lombosacral. A epidermopoiese acelerada é considerada como a característica patológica fundamental na psoríase.

Ao contrário das manchas em forma de gota da psoríase gutata, a psoríase numular caracteriza-se por placas redondas que têm apenas alguns centímetros de diâmetro. O seu tamanho é mais ou menos o de uma moeda.

Psoríase (do grego psoríasis = erupção sarnenta) já era conhecida desde os tempos mais remotos, existindo sua descrição e tratamento no Papiro de Ebers datado de 1550 a.C., foi descrita modernamente por Willan em 1801. Esta doença é uma afecção típica da espécie humana, não podendo ser reproduzida experimentalment…

Ultrassonografia: algumas informações para entendê-la um pouquinho.

Imagem
A ultrassonografia (ou ecografia) é um método inócuo e relativamente barato de produzir em tempo real imagens em movimento das estruturas e órgãos do interior do corpo.

Em virtude de ser um exame de realização muito simples, costuma ser usado para fins preventivos, diagnósticos ou como acompanhamento de tratamentos. Através do efeito doppler (nome dado em homenagem a Johann Christian Andreas Doppler, seu criador), a ultrassonografia permite também detectar o sentido e a velocidade da corrente sanguínea em determinado segmento do corpo.

É o método ideal para examinar mulheres gestantes, durante o acompanhamento pré-natal, permitindo reconhecer o sexo do bebê antes do nascimento, bem como diagnosticar eventuais alterações morfológicas ou funcionais do feto, realizar intervenções intrauterinas e prever as que serão necessárias após o nascimento.
Entre outras grandes vantagens do exame de ultrassonografia estão a de tratar-se de um método não invasivo de produzir imagens dinâmicas secc…

Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)

Imagem
A esclerose lateral amiotrófica é uma doença nervosa rara, progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores que controlam os músculos voluntários, preservando a sensibilidade, o intelecto e os órgãos dos sentidos, assim como a função sexual, intestinal e vesical.

A expressão “esclerose lateral” refere-se ao "endurecimento" do corno anterior da substância cinza da medula espinhal e do fascículo piramidal do funículo lateral da substância branca da medula, no qual se localizam fibras nervosas oriundas de neurônios motores superiores.

O termo “amiotrófica” (do grego: a = não, mio = músculo, trófica = alimento) refere-se ao fato de que os músculos privados de inervação se degeneram e perdem massa e força (se atrofiam).

A esclerose lateral amiotrófica ainda não tem uma causa conhecida, havendo apenas algumas hipóteses sobre fatores que parecem favorecer a enfermidade.

Um deles é o uso excessivo da musculatura, o que torna os atletas especialmente pred…

Adenóides

Imagem
Popularmente, é comum que uma pessoa fale: “tenho adenoide”. O que ela quer dizer com isso é que tem adenoidite. As adenoides, chamadas de “carne esponjosa”, existem em todas as pessoas. São vegetações celulares localizadas no cavum, na parede posterior da nasofaringe, região por onde passa o fluxo aéreo nasal e que atua como caixa de ressonância da fala. Aí também é o local em que se abrem as tubas auditivas.

Quando as adenoides estão inflamadas há uma adenoidite. Essas inflamações geralmente são causadas por infecções bacterianas ou virais.

Juntamente com as amígdalas e outras estruturas, elas fazem parte do chamado anel de Waldeyer, um conjunto de formações linfoides dispostas ao redor da garganta, que atuam como uma primeira linha de defesa do organismo, barrando germes e alimentos antigênicos, na infância.

Ademais, as adenoides também produzem anticorpos que ajudam o organismo a combater infecções.

Enquanto as amígdalas são diretamente visíveis com o simples ato de abrir a boc…

Escoliose

Imagem
A escoliose é um desvio da coluna vertebral para a esquerda ou direita, resultando em um formato de "S" ou "C".

É um desvio da coluna no plano frontal acompanhado de uma rotação e de uma gibosidade (corresponde a uma látero-flexão vertebral).

A escoliose é uma deformidade vertebral de diversas origens. As escolioses de um, ou outro grupo etiológico, podem ter prognósticos muito diferentes, pela distinta progressividade e gravidade de suas curvas. Para melhor entender a definição de uma escoliose, é preciso opô-la à atitude escoliótica:

Sem gibosidade

Sem rotação vertebral

A atitude escoliótica, é diferente da escoliose, e deve-se, em 8 entre 10 casos, a uma desigualdade de comprimento dos membros inferiores, e desaparece com o paciente na posição horizontal.

Bolsas ou mochilas pesadas não causam escoliose, pois não geram sobrecarga assimétrica contínua e intensa.

Classificação quanto à causa:

Idiopática (causa desconhecida)

- Neuromuscular (ex: paralisia cerebral,…

Síndrome de burnout

Imagem
A síndrome de burnout, ou síndrome do esgotamento profissional, é um distúrbio psíquico descrito em 1974 por Freudenberger, um médico americano.

Sua principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônicos provocado por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastantes.

A síndrome se manifesta especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso.

Profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, recursos humanos, agentes penitenciários, bombeiros, policiais e mulheres que enfrentam dupla jornada correm risco maior de desenvolver o transtorno.

O sintoma típico da síndrome de burnout é a sensação de esgotamento físico e emocional que se reflete em atitudes negativas, como ausências no trabalho, agressividade, isolamento, mudanças bruscas de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória, ansiedade, depressão, pessimismo, baixa autoestima.

Dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, s…

Embolia Pulmonar

Imagem
Recentemente o ator Marcos Paulo faleceu e a provável causa da morte foi Embolia Pulmonar. Entenda o que isso significa:

Embolia pulmonar (ou tromboembolismo pulmonar) é a obstrução repentina da artéria pulmonar ou de um de seus ramos por um êmbolo, com prejuízos significativos para a circulação sanguínea e a respiração. Trata-se de uma condição grave que pode levar à morte.
Cerca de 15% das mortes súbitas são devido à embolia pulmonar.

A embolia pulmonar é causada pela obstrução da artéria pulmonar ou algum de seus ramos por um êmbolo.

Na maioria das vezes, o êmbolo é constituído por um trombo originário de alguma parte do corpo (geralmente uma artéria profunda das pernas ou da pelve).

Esse quadro ocorre quando ele adquire um tamanho que não o permita passar por todos os segmentos da circulação pulmonar. Mais frequentemente ocorre quando o sangue coagulado de uma veia periférica se desloca, cai na circulação e passa pelo átrio direito e ventrículo direito, indo para os ramos da ar…

Amigdalites (tonsilites)

Imagem
A amigdalite (tonsilite), popularmente chamada de “dor de garganta”, é uma inflamação geralmente aguda, mas que pode também ser crônica, das amígdalas por bactérias (principalmente estreptococos) ou vírus.

As amígdalas são formações linfoides localizadas na parede lateral da faringe e que têm função de defesa do organismo contra infecções. No entanto, são sedes comuns de infecções, principalmente em crianças.

A amigdalite (tonsilite) é causada por infecções virais, na maioria dos casos, ou bacterianas (geralmente causadas por uma bactéria conhecida como estreptococos). As infecções bacterianas geralmente apresentam placas brancas de pus sobre as amígdalas; nas virais isso não ocorre.

Os principais sinais e sintomas da amigdalite (tonsilite) são aumento do tamanho das amígdalas, dor de garganta, dores pelo corpo, febre (em geral, maior do que 39°C nas amigdalites bacterianas), cansaço, falta de apetite, dores ao deglutir que se irradiam para o ouvido, dificuldades de respirar, dores d…

Algumas noções de psicofarmacologia

Imagem
As nossas células no SNC, os neurônios, estão sempre em uma de duas alternativas. Ou estão em repouso, ou em ação.

A analogia com o computador é imediata. Nesse, as unidades básicas ou bits estão também em uma de duas alternativas: o 0 ou o 1.

É sobre essa absoluta simplicidade que se constrói toda a maravilha tecnológica que nos cerca e todas as sutis e infindáveis variantes das funções psíquicas do homem.

Para que uma única célula saiba se em um dado instante ela deve estar em repouso ou em ação (segundo os propósitos globais do SNC) deve receber uma informação.

A célula que a precede precisa de um mensageiro, de um transmissor, para passar tal ordem.

A essa interação entre as duas células damos o nome de sinapse, e esse transmissor é conhecido como neurotransmissor ou mediador.

Para que esse processo se dê com sucesso são necessários:

1. A síntese adequada do mediador pelo neurônio pré-sináptico.

2. A presença do mediador na fenda sináptica (espaço entre os dois neurônios) por tem…

Edema cerebral

Imagem
- Edema vasogênico: ocorre por quebra da barreira hematoencefálica, o fluido escapa para o parênquima devido à trauma cranioencefálico ou tumor cerebral, por exemplo.

- Edema citotóxico: também chamado de edema celular; decorre da parada da bomba de sódio e potássio ATPase em decorrência de um acidente vascular cerebral isquêmico, por exemplo.

- Edema intersticial: há transudação de líquor do ventrículo para o parênquima periventricular devido ao aumento da pressão liquórica, por exemplo devido à hipertensão intracraniana por hidrocefalia.



Morfologia do edema: o cérebro torna-se amolecido, seus giros ficam dilatados, sulcos desaparecidos, aumento da tensão na dura-máter, compressão ventricular e redução do espaço subaracnóideo. À microscopia óptica verificamos a presença de degeneração hidrópica, diminuição da coloração (impregnação do corante) e presença do espaço de Virchow-Robin (espaço perivascular fisiologicamente não existente).

Espondilose Lombar

Imagem
Espondilose é a doença reumática mais incidente em todo o mundo. É uma doença degenerativa de caráter crônico e progressivo.

Em algum grau, quase todas as pessoas mais velhas revelam sinais de alterações nas vértebras, discos intervertebrais e articulações facetárias da coluna, embora elas já comecem a ocorrer aos 25 anos!

Como a coluna lombar suporta todo o peso do corpo e do que se carrega e é responsável por torcer e curvar o corpo, é ela que sofre mais alterações.

A espondilose lombar ocorre principalmente na quarta e quinta vértebras lombares (L4-L5), mas pode ocorrer nas outras, inclusive fora da região lombar.

Ela afeta os discos e consequentemente as juntas facetadas pela perda do material que os constitui.

Os ossos das juntas facetadas e/ou os discos se alargam, formando calos ósseos chamados osteófitos (“bicos de papagaio”), podendo limitar os movimentos e enrijecer a coluna.

Geralmente a espondilose inicia-se depois dos 40 anos de idade e afeta igualmente os dois sexos…

Tireóide

Imagem
Antiperoxidase

Quando estes exames dão um resultado maior do que o referencial, significa que a pessoa está produzindo anticorpos que atuam contra a própria tireóide.

Esta pode ser uma doença genética, mais comum entre mulheres, conhecida como Tireoidite de Hashimoto.

Não se assuste. Não é nenhum bicho de sete cabeças: esse bicho tem, no máximo, três cabeças! Vou explicar direitinho para você.

A produção de anticorpos contra tireóide, é uma das principais causas de hipotireoidismo.

Com o tempo, de tanto seus anticorpos "atacarem" tua tireóide, ela acaba inflamando, e começa a produzir uma quantidade de hormônios inferior do que a normal. O tal hipotireoidismo.

Se você possui uma contagem alta destes anticorpos, mas teu TSH está normal, significa que você ainda não desenvolveu o hipotireoidismo. Se teu TSH estiver já estiver alto, você já desenvolveu o hipotireoidismo. Se você fez estes exames, provavelmente fez o de TSH também. Dá uma olhada nele!

Se você já tiver o hipot…

É uma virose...

Imagem
Essa frase está se transformando em uma espécie de estígma para quem leve um filho ao pronto-socorro com quadro de febre aguda.

Mas, pelo menos nesta pesquisa, tudo indica que, em vários casos, os médicos têm razão!

O índice de viroses em febres de causas não reconhecidas parece ser elevado.

A presença de febre sem uma causa aparente é comum em crianças pequenas. O objetivo do trabalho publicado pelo periódico Pediatrics foi determinar se vírus específicos podem ser os responsáveis por tais febres.

Foram incluídas no estudo crianças de 2 a 36 meses, com temperatura de 38°C ou superior, sem uma causa aparente ou com uma infecção bacteriana provável ou definitiva, sendo avaliadas no Departamento de Emergência do Hospital Infantil St. Louis e crianças afebris que fariam uma cirurgia ambulatorial.

As amostras de esfregaços de sangue e de secreções da nasofaringe foram testadas com uma bateria extensa de reação em cadeia da polimerase vírus-específicas.

Um ou mais vírus foram detectados …

Esclerose Múltipla

Imagem
A esclerose múltipla é uma doença inflamatória crônica, de causa ainda desconhecida e curso inexoravelmente progressivo, que afeta o sistema nervoso.

Nela há uma degeneração da bainha de mielina dos axônios, que é atacada e destruída pelo sistema imunológico do próprio paciente.

Com isso, ela afeta a capacidade de comunicação entre as células nervosas do cérebro e da medula espinhal.

Em geral ela evolui por surtos com sintomas motores, sensitivos e sensoriais e períodos de relativa acalmia.

Cada surto sintomático deixa sequelas que progressivamente vão agravando o estado do paciente.

As causas da esclerose múltipla ainda não são conhecidas, embora os mecanismos que a produzem e alguns fatores de risco para a doença o sejam.

Sabe-se que ela afeta pessoas adultas jovens e preferentemente as mulheres. As teorias mais aceitas postulam uma causa genética ou infecciosa.

Na verdade, a esclerose múltipla não é inteiramente uma doença hereditária, mas algumas variações genéticas aumenta…

Cyberbullying - Violência Virtual

Cyberbullying, em português violência virtual, acontece quando uma criança ou adolescente recorre à tecnologia para ameaçar, atormentar, humilhar ou intimidar outra criança ou adolescente através das muitas ferramentas da nova era digital. Redes sociais da Internet, sites de partilha de fotos, mensagens e imagens de telemóvel, gravações em formato mp3, são utilizados para desvirtuar e denegrir a realidade pondo em causa a intimidade e a reputação da criança ou do adolescente. Na maioria dos casos não é possível reconhecer o agressor.

Visualize este vídeo para perceber o impacto que o cyberbullying pode ter na vida das crianças e jovens:

http://youtu.be/sAmkPJxSGGM

Coma

Imagem
Informações sobre estado de coma:

Exame de um paciente comatoso

- Verificar se não se trata de um paciente em choque ou traumatizado e se as vias aéreas estão liberadas (livres);

- Obter dados sobre a saúde do paciente (anterior);

- Sobre o coma – questionar o início e progressão;

- Sintomas associados: cefaléia, convulsões, ingestão de álcool (outras drogas);

1. Cabeça: face congestionada (álcool), rosada (intoxicação pelo óxido de carbono), ferimentos, perda de sangue ou de líquido cefalorraquidiano pelo nariz ou ouvido (traumatismos), cicatrizes (epilepsia). Assimetria facial, desvio conjugado dos olhos, etc.

2. Olhos: miose puntiforme - a pupila fica bem pequena(opiáceos), anisocoria (processo intracraniano localizado estando a midríase do lado lesado).

3. Hálito: álcool, uréia, corpos cetônicos.

4. Temperatura: elevada (meningite, insolação, lesão dos centros termorreguladores), baixa (coma alcoólico, barbitúricos).

5. Pele: eritema escarlatiniforme (coma barbitúrico), púrpura e…