Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Colírios com corticóides podem causar problemas

Imagem
Os corticoesteróides são medicamentos antiinflamatórios potentes usados em diversas doenças como artrite reumatóide e outras doenças reumáticas, asma e outras doenças pulmonares, alergias, inflamações diversas, transplantes e após algumas cirurgias. Os corticóides mais usados na práticas médica são prednisona, prednisolona, hidrocortisona, dexametasona, metilprednisolona e beclometasona (via inalatória).

Em oftalmologia também são medicamentos muito usados em quadros como uveítes, em algumas conjuntivites e em pós operatórios. Em oftalmologia, os corticóides utilizados na forma de colírios são a prednisolona e a dexametasona.

Esses medicamentos são muito potentes e para certas doenças são a melhor e as vezes única opção de tratamento mas também apresentam muitos e importantes efeitos colaterais
No olho dois desses efeitos colaterais são muito importantes: catarata e glaucoma.

A catarata é uma doença que causa diminuição progressiva da visão e necessita de cirurgia para sua correção. …

Exames de urina

Imagem
A urina é uma das principais vias de excreção do organismo e o exame dela pode oferecer informações importantes sobre o estado fisiológico do organismo, sobre a presença e a evolução de muitas doenças sistêmicas, sobre a avalição de certos tratamentos e sobre o estado funcional dos rins.

O exame de urina é um dos exames complementares coadjuvantes mais utilizados na clínica. A análise da urina pode ser feita quanto à quantidade; densidade; pH; aspecto físico (cor, transparência, cheiro, etc.); presença ou não de elementos e sedimentos anormais e de germes; composição bioquímica e pesquisa microscópica.

Muitas substâncias são encontradas regularmente na urina, em taxas fisiológicas normais, mas podem estar aumentadas em determinadas condições patológicas, entre as quais se conta a glicose, a ureia, a creatinina, o ácido úrico, o sódio, o cloreto, o potássio, o cálcio, o magnésio, a amônia, o fosfato e o sulfato.

Um exame simples de urina ajuda a diagnosticar uma ampla gama de enfermid…

Quantas cesáreas?

Imagem
Embora não haja pesquisas suficientes para determinar um limite exato para a repetição de cesarianas em uma mesma mulher, a maioria das mulheres pode seguramente ter até três partos cesáreos. Cada cesárea geralmente é mais complicada que a anterior.

Para algumas mulheres, o risco de complicações cirúrgicas - como infecção ou sangramento intenso - aumenta apenas ligeiramente de uma cesárea para a seguinte. Se você tiver um trabalho de parto longo e difícil antes de sua primeira cesárea, uma repetição deste procedimento cirúrgico pode ser o mais adequado a fazer. O processo de recuperação vai demorar mais se você desenvolver complicações.

Para outras mulheres, tais como aquelas que têm cicatrizes significativas ou aderências no útero, o risco de cada cesárea aumenta substancialmente.

As principais preocupações com a repetição de cesáreas incluem:

• Problemas com a placenta. Quanto mais cesáreas você teve, maior o risco de desenvolver problemas com a placenta - como quando a placenta se…

Bupropiona

Imagem
A Bupropiona é um inibidor relativamente seletivo da recaptação de catecolaminas (noradrenalina e dopamina), com mínimo efeito sobre a recaptação de serotonina, indicado para tratamento do tabagismo.

A Bupropiona é originalmente um antidepressivo, inibidor da recaptação da noradrenalina e da dopamina, muito menos da serotonina e não inibe a monaminaoxidase. Seu mecanismo de ação no tabagismo é ainda desconhecido mas, presume-se, esteja envolvido com os mecanismos dopaminérgicos e noradrenérgicos. O pico máximo de ação é em torno de 3 horas e sua meia-vida em torno de 21 horas.

O metabolismo da Bupropiona produz 3 metabólitos ativos no corpo humano; a hidroxibupropiona, a trihidrobupropiona e a eritrohidrobupropiona. Destes, o primeiro (hidroxibupropiona) tem o mesmo efeito da Bupropiona e os demais variam entre metade e dois terços de seu efeito.
A eliminação da Bupropiona é por via renal e de 5 a 8 dias depois da última tomada não se encontra mais essa substância nem seus metabólito…

Filtros ultravioleta podem ter efeitos adversos, principalmente em fetos e crianças

Imagem
Atualmente, a aplicação tópica de protetores solares, contendo filtros ultravioletas (filtros UV), é a proteção preferida contra os efeitos adversos da radiação ultravioleta. Evidentemente, o uso de filtros solares é eficaz na prevenção de queimaduras solares em vários modelos. No entanto, a evidência de seus efeitos protetores contra o melanoma de pele é menos conclusiva. Um estudo avaliou os filtros UV a base de benzofenona-3 (BP-3), 3-benzilideno cânfora (3-BC), 3-(4-metil-benzilideno) cânfora (4-MBC), 4-Metoxicinamato de 2-etoxietila (OMC), homossalato (HMS), 2-etilhexil 4-dimetilaminobenzoato (OD-PABA) e ácido 4-aminobenzóico (PABA). Os potenciais efeitos adversos induzidos por filtros UV em experimentos animais incluem toxicidade na reprodução/desenvolvimento e perturbação do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide (HHT).

Poucos estudos têm investigado potenciais efeitos colaterais de filtros UV em humanos, embora a exposição humana seja elevada, uma vez que os filtros UV dos protet…

Depressão e Frustração

Imagem
A qualidade da vida emocional depende da satisfação com que se vive. Se preferir, a qualidade de vida depende da felicidade, e esta, depende de nosso destino coincidir com nossa vontade, ou seja, estamos felizes se esta acontecendo agora aquilo que eu queria que estivesse mesmo acontecendo. Mas esse evento não é tão simples como parece. A coincidência vontade-destino é mais abrangente do que a simples sucessão dos acontecimentos. Para ser completa a idéia de felicidade, os sentimentos devem ser, nesse momento, justamente aqueles que eu mais queria estar sentindo (agora).

Na prática, isso quer dizer que não basta estar em uma praia paradisíaca curtindo as férias, mas também estar satisfeito e sentindo que minha felicidade está plenamente presente. Também o prognóstico de vida faz parte da sensação de felicidade, ou seja, a sensação de que as coisas continuarão sendo boas.

Juntando essa idéia com a natural aptidão humana para o desejo, para a expectativa, para a pretensão, e sabendo qu…

Doenças da tireóide e aspectos emocionais

Imagem
A tireóide ou tiróide é uma glândula responsável pela regulação do metabolismo geral do organismo e muito relacionada ao sistema neuropsíquico. As alterações clínicas e francas dessa glândula, para mais (Hipertiroidismo) ou para menos (Hipotiroidismo) comprometem significativamente o psiquismo, entretanto, pequenas alterações (subclínicas), muitas vezes sem sintomas claros e evidentes também podem envolver as emoções (Romaldini, Sgarbi JA, Farah, 2004).

Recentemente é forte a tendência nas pesquisas sobre estados subclínicos das alterações de tiróide, mas suficientes para produzir complicações emocionais. O diagnóstico desses casos subclínicos se firma laboratorialmente. O Hipotiroidismo Subclínico e o Hipertiroidismo Subclínico são caracterizados por concentrações normais de T4 e T3 nos exames e valores mais elevados de TSH elevado Hipotiroidismo Subclínico ou diminuído no Hipertiroidismo Subclínico. As prevalências são baixas e os sintomas e sinais clínicos de disfunção tiroideana…

Um pouco sobre hormônios

Imagem
Os hormônios produzidos pelas glândulas e os neuro-hormônios originados no cérebro, são os responsáveis pelo funcionamento harmônico de todo organismo.

Quando há desequilíbrio na produção ou distribuição dos hormônios, como ocorre no estresse, podem ocorrer interferências em quase todas atividades orgânicas.

Os principais hormônios do corpo são aqueles produzidos pela Hipófise. São eles: TSH (hormônio estimulante da tireóide), ACTH (hormônio estimulante da supra-renal), PRL (prolactina, hormônio responsável pela lactação), GH (hormônio do crescimento), FSH e LH (hormônios estimulantes das gonadotrofinas).

As endorfinas
As endorfinas são produzidas pelo córtex cerebral. Trata-se de um analgésico natural, responsável pela sensação de bem-estar, tranqüilidade e pode inibir o estresse.

Durante atividade física, por exemplo, o corpo libera adrenalina, hormônio que dilata os vasos sangüíneos para nos deixar em estado de alerta e aumentar a força e a disposição. No repouso a endorfina ajuda…

TDAH: informações atuais.

Imagem
Algumas curiosidades sobre TDAH:

* 20% das crianças de TDAH têm dificuldades de aprendizagem e cerca de 80 por cento têm problemas acadêmicos.

* Usando uma taxa de frequência conservador de 5 por cento que o custo social anual da doença de TDAH é considerado entre US $13000 e 18000 por indivíduo.

* Em dez países, estima-se que esta condição foi associada com 143.8 bilhões em receitas perdidas todos os dias. A maioria desta perda foi vinculado diretamente ao TDAH e condições não co-occurring, como depressão ou transtorno bi-polar.

* Aqueles com TDAH eram mais propensos a ter problemas de atendimento no local de trabalho ou na escola do que seus pares.

* Casos de transtorno atenção com hiperatividade diagnosticados aumentaram quase 4% todos os anos de 2000 a 2010 tornando-a preocupação número um de saúde mental em crianças.

* Meninos têm duas vezes mais probabilidades de serem diagnosticados do que as meninas.

* Nos Estados Unidos, o Estado com maior número de casos relatados foi Alaba…

Raiva e Ódio

Imagem
Não erraria totalmente se dissesse que vivemos a Era da Raiva. Tentando verificar a aprovação social das manifestações da Raiva, quatro estudos examinaram a consideração social que o sistema atribui para as pessoas “raivosas”. Esses estudos mostram que o povo atribui mais status às pessoas que expressam Raiva do que às pessoas que expressam tristeza ou mágoa. No primeiro estudo, os participantes aprovaram mais o presidente Clinton quando o viram expressar Raiva sobre o escandalo de Monica Lewinsky do que quando o viram expressar tristeza ou mágoa.

Este efeito Raiva-tristeza foi confirmado num segundo estudo que envolveu um político desconhecido. O terceiro estudo mostrou que, em uma empresa, conferir alguma distinção esteve correlacionado com as avaliações de uns companheiros sobre a Raiva manifestada pelos outros, objetos da distinção.

No estudo final, os participantes atribuíram um salário mais elevado posição, bem como um status mais elevado a um candidato ao emprego que se mostra…

Quando as falhas de memória não são normais.

Imagem
Com o passar dos anos, algum grau de perda de memória é esperado. No entanto, há outros sinais de alerta que sugerem que uma pessoa com perda de memória tem algo a mais do que o envelhecimento.

A Cleveland Clinic destaca alguns sinais de alerta que podem ser motivo de preocupação.

São eles:

• Incapacidade para recordar acontecimentos recentes.

• Incapacidade de lembrar-se de uma tarefa sem um lembrete por escrito.

• Dificuldade para realizar tarefas diárias e afazeres simples.

• Incapacidade para realizar tarefas um pouco mais complexas, como dirigir ou pagar contas.

• Desconhecimento de que você tem perda de memória.

• Mostrar falta de bom senso.

• Apresentar significativas alterações comportamentais; tais como preocupação, agitação ou desconfiança excessiva.

Por falar nisso, o que foi que você acabou de ler, mesmo?

Hepatite B pode ser transmitida também pela saliva

Imagem
O que é hepatite B?

A hepatite B é uma doença infecciosa crônica que ataca o fígado, causada por um vírus transmitido principalmente pelo contato sexual ou por agulhas infectadas e que pode progredir para cirrose hepática ou câncer do fígado.

Quais são as causas da hepatite B?

A hepatite B é causada pelo vírus da hepatite B ou HBV, causando um processo inflamatório crônico. O vírus pode ser transmitido de doentes ou de portadores assintomáticos para outras pessoas através do sangue, saliva, sémen, secreções vaginais e do leite materno. O contágio pode ocorrer por meio de contato sexual (por isso a hepatite B é considerada uma doença sexualmente transmissível); de agulhas contaminadas; diretamente da mãe para o feto, durante o parto; através de pequenos ferimentos na pele ou nas mucosas e por transfusões de sangue.

A transmissão do vírus HBV é muito mais fácil que a do HIV (vírus causador da AIDS), já que ele persiste por mais tempo fora do corpo e é capaz de sobreviver no ambiente po…

Borderline...

Imagem
O psiquiatra inglês C. Hugues utiliza, em 1884, o termo “borderline” para definir um grupo de indivíduos que oscilavam entre os limites da demência e da normalidade: “o estado fronteiriço (borderline) da loucura compreende um grande número de pessoas que passam a vida toda próximos desta linha, tanto de um lado como de outro” .

Em 1911, o psiquiatra suíço Eugène Bleuler descreve a esquizofrenia latente, um distúrbio mental que contém, em germe, todos os sintomas e combinações de sintomas que estão presentes nos tipos manifestos de esquizofrenia. Os indivíduos desse grupo, apresentavam um comportamento social convencional e nunca haviam manifestado seja um episódio psicótico bem definido, seja um rompimento substancial com a realidade. Porém, em camadas subjacentes de sua personalidade, seriam portadores de elementos de esquizofrenia .

Um exemplo de esquizofrenia latente, descrito por Bleuler: “...outro tipo, com uma pronunciada irritabilidade: uma jovem normal e inteligente se casa a…

Ascite... o que é isso?

Imagem
A ascite, popularmente conhecida como “barriga d’água”, é o acúmulo de líquidos na cavidade abdominal, líquido este que pode conter plasma sanguíneo, linfa, bile, suco pancreático, urina ou outras substâncias, na dependência da sua causa.

Esse líquido pode ser um transudato ou um exsudato.

• Os transudatos (líquidos corpóreos) resultam de um extravasamento de líquido causado pelo aumento de pressão no sistema venoso porta, devido, por exemplo, à cirrose hepática. A veia porta drena o sangue dos intestinos e de outros órgãos do sistema digestivo para o fígado. Têm poucas proteínas, pH elevado, glicose normal e menos leucócitos do que os exsudatos.

• Os exsudatos (também são líquidos corpóreos) são formados pelo líquido secretado ativamente, devido a inflamações ou neoplasias. Os exsudatos possuem um alto conteúdo de proteínas, pH baixo, pequena taxa de glicose e grande quantidade de leucócitos.

Quais são as causas da ascite?

Os mecanismos de formação da ascite são semelhantes aos da…

Eutimia

Imagem
A palavra grega Eutimia significa equilíbrio do humor (eu=normal; timo=humor). A partir da última CID (Classificação Internacional das Doenças) aparece o termo Distimia (dis=alteração) classificado como um dos tipos de Transtorno Persistente do Humor, onde a principal característica é a tendência constitucional do paciente em viver sob uma tonalidade afetiva tendendo à depressão, durante a maior parte do tempo. Por isso está incluída nos transtornos ditos Persistentes.

Saber exatamente quando o termo Eutimia aparece na história dos sintomas humanos é difícil mas, na obra do filósofo romano Sêneca (4aC-65dC) podemos ter uma idéia da importância do equilíbrio do humor na vida das pessoas.

Em A Tranqüilidade da Alma, Sereno pede à Sêneca uma orientação sobre importante questão existencial, uma espécie de inconstância da alma que o incomodava. Sêneca responde que "o objeto de tuas aspirações é, aliás, uma grande e nobre coisa, e bem próxima de ser divina, pois que é a ausência da in…

DIVERTICULOSE E DIVERTICULITE

Imagem
Definição

Divertículos são evaginações da mucosa e submucosa localizadas na parede dos cólons, com predomínio no lado esquerdo, principalmente no sigmóide. Tais herniações geralmente são acompanhadas de espessamento da camada muscular e depósito de colágeno e elastina em todas as camadas de parede intestinal.

A presença de divertículos no cólon, sem sintomas, denomina-se diverticulose.

Diverticulite trata-se da inflamação ou infecção do divertículo.

Classificação

A doença diverticular dos cólons compreende três tipos:

Divertículo Isolado: Geralmente no ceco, conhecido também como divertículo congênito (ocorre evaginação (a parede do tubo intestinal forma uma estrutura "sacular", para fora) de todas as camadas da parede intestinal, e não somente da mucosa e submucosa). Mais comum em indivíduos jovens.

Doença Diverticular Difusa dos Cólons: Mais comum acima dos 50 anos, conhecida também como doença diverticular hipotônica, estando provavelmente relacionada a processos degener…

Novidades em tecnologia médica

Imagem
Câncer pode ser diagnosticado pelo hálito

Exames de diagnóstico de câncer são caros, complexos e invasivos, mas este cenário pode estar prestes a mudar. Uma nova tecnologia permite que a detecção da doença seja feita a partir da análise do hálito do paciente.

A nova técnica (que foi apresentada na reunião deste ano da American Society of Clinical Oncology) pode ser capaz de detectar câncer de mama e pulmão. Ainda é necessário que a técnica seja testada clinicamente. Se sua eficácia for comprovada ela poderá reduzir custos drasticamente, além de permitir a expansão do exame em países com infraestrutura inadequada ou onde mamografias são tabu.

A tecnologia foi desenvolvida no Georgia Institute of Technology.

Hipotireoidismo subclínico

Imagem
O hipotireoidismo subclínico refere-se a um estado em que os pacientes não exibem sintomas de hipotireoidismo. Estes pacientes também tem níveis normais de hormônios tireoideos circulando no organismo.

A única anormalidade é um aumento de TSH no sangue. Isto mostra que a glândula hipófise está trabalhando muito para manter a produção de hormônios tireoidianos e que a tireoide requer estímulo extra da hipófise para manter a produção normal de hormônios.

A maioria dos pacientes podem esperar um progresso futuro para o hipotireoidismo, especialmente se os níveis de TSH já aumentaram além de um certo limite.

Existem alguns casos de hipotireoidismo subclínico em que são observados sintomas como fraqueza muscular e sensação de formigamento nas extremidades.

Pessoas com hipotireoidismo subclínico devem ser tratadas?

Embora haja algumas controvérsias, a maioria dos endocrinologistas concorda que estes pacientes devem ser tratados, especialmente se eles têm níveis aumentados de colesterol, u…

Eletroneuromiografia

Imagem
A eletroneuromiografia é um exame diagnóstico, utilizado na avaliação da condução nervosa e do estado dos músculos.

O exame é feito em duas etapas: na primeira mede-se a condução dos nervos, através de pequenos choques elétricos aplicados neles; na segunda, analisa-se a atividade muscular no repouso e no esforço muscular leve, por meio da introdução de agulhas nos músculos.

O aparelho que faz o exame capta e codifica a condução dos estímulos elétricos aplicados aos nervos e localiza os pontos de anormalidades ao longo de suas trajetórias e, através de agulhas semelhantes às que são usadas em acupuntura, capta também as descargas elétricas geradas pelos movimentos de contração dos músculos. Através destes sinais elétricos pode-se diagnosticar a possível origem do problema, se nervoso ou muscular.

O exame de eletroneuromiografia pode ser realizado no consultório, com o paciente deitado em posição dorsal, durante 20 a 30 minutos (os exames de mais de um seguimento corporal podem durar …

O que é o ciclo menstrual.

Imagem
Como é o ciclo menstrual?

Denomina-se ciclo menstrual às alterações fisiológicas cíclicas que ocorrem nas mulheres férteis e que têm como finalidade promover a fecundação e a consequente reprodução.

Com algumas modificações, por vezes significativas, ele ocorre também nas fêmeas de animais, mas neste artigo foca-se apenas o ciclo da mulher.

Em geral, e em resumo, passa-se o seguinte: após cada menstruação os óvulos contidos nos ovários começam a amadurecer, até que um deles se liberta do ovário e é captado pelas trompas de Falópio, caminhando por elas rumo ao útero. Se a meio caminho esse óvulo for fecundado por um espermatozoide, ele se fixará no útero e iniciará uma gravidez. Se a fecundação não ocorrer, será eliminado juntamente com o reservatório interno do útero, na menstruação. Inicia-se assim um novo ciclo menstrual, que deve ser contado a partir do primeiro dia da menstruação.

O ciclo menstrual é regulado por hormônios comandados pelo sistema hipotálamo-hipofisário e pode ser…

Água é fundamental.

Imagem
Sangue, músculos, pulmões e cérebros, todos contém água. E você precisa de água para regular a sua temperatura corpórea e prover as estruturas orgânicas com nutrientes, em nível de tecidos e órgãos.

A água também é importante para conduzir o oxigênio para todas as células, assim como o é para remover as impurezas através dos rins e lubrificar as juntas de todo corpo.

A perda acentuada de água leva à desidratação. Os sintomas da desidratação são sede, dores articulares e musculares, dores lombares, dores de cabeça e constipação intestinal, por exemplo.

Se sua urina está com cor amarelo-escura, há indícios de que provavelmente você esteja ingerindo menos água do que deveria. Mas esse dado pode ser confundido com a ingestão de alguns medicamentos, como, por exemplo, vitamina B.

Você perde água durante a diurese, a respiração e pelo suor. E perde mais água quando tem mais atividade física do que quando é sedentário.

Álcool, diuréticos, cafeína e alguns medicamentos promovem uma maior pe…

Dentes de leite

Imagem
Como é a nossa dentição?

A dentição humana é feita em duas etapas. A primeira dura até os 6-7 anos, quando os dentes deciduais (também chamados “dentes de leite”) começam a ser substituídos pelos dentes permanentes. Esse processo se completa aos 11-12 anos, mas os terceiros molares (sisos), que não existem na primeira dentição, podem aparecer apenas depois dos 18 anos de idade.

Os dentes de leite “amolecem” e caem espontaneamente, empurrados pelos dentes definitivos que vêm aparecendo. Entre as duas dentições há diferenças importantes. Em primeiro lugar, os “dentes de leite” são em número de 20 e os definitivos em número de 32. Em média, os primeiros dentes dessa dentição inicial começam a irromper aos seis meses e aos 30 meses já estão completos.

Os cuidados com os dentes de leite só começam após o seu nascimento?

Não. Desde antes do nascimento dos dentinhos, os pais devem tomar alguns cuidados. Em primeiro lugar, quando eles estão ameaçando emergir, o bebê apresenta um aumento de sal…