Infertilidade




Pequenos comentários a respeito da infertilidade:

Primeiro, entendendo o que é infertilidade: ausência de gravidez após um ano de relações sexuais sem uso de qualquer método contraceptivo. As causas são de origem feminina e/ou masculina, isto é, tanto o homem como a mulher podem apresentar problemas que justifiquem a infertilidade.

No caso do homem, a varicocele é a causa mais freqüente para o problema (15% da população), mas há outros fatores: idade acima dos 55 anos, uso de antidepressivos, quimioterápicos, hormônios anabolizantes, medicamentos para hipertensão, presença de diabete, hipertensão, fibrose cística e outras causas.

Para a mulher, a causa mais comum é a obstrução tubária de variadas origens (aderência pélvica, endometriose, por exemplo), idade acima dos 35 anos e ovários policísticos.

Em ambos os casos, o tabagismo, alcoolismo, exposição a radiação, trabalho em locais com metal pesado (chumbo) são causas importantes para a infertilidade.

Mas existe, também, a infertilidade sem causa aparente, ou seja, nada que aparentemente justifique o problema.

O tratamento é dividido em dois grupos, os de baixa complexidade – indução da ovulação com coito programado e inseminação intra-uterina, cada um com seus detalhes e particularidades e os de alta complexidade – fertilização in vitro (FIV), que exige uma série de cuidados específicos. Existe dois tipos de FIV: a convencional a a injeção intra citoplasmática de espermatozóide, que seleciona um espermatozóide do material ejaculado para fertilizar um óvulo.

Enfim, uma tarefa muito bonita para um problema relativamente comum na atualidade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses