Licopeno




Licopeno é um carotenóide de cor avermelhada, encontrado em alimentos como o tomate, mamão, goiaba, pitanga, melancia e outros vegetais.

É considerado um dos mais potentes antioxidantes e também relacionado como sendo um princípio ativo contra câncer e formação de placas de ateroma nas artérias.

O tomate é um fruto considerado como sendo a principal fonte de licopeno na Natureza e, por isso, o mais estudado nesta questão, inclusive, sendo fonte de extrato de licopeno para industrialização e comercialização.

Entretanto, precisamos lembrar que os produtos à bases de tomate, como os molhos e as pastas, contêm licopeno em grande quantidade!

A literatura médica dá referências técnicas e respaldo para o uso do licopeno como preventivo de câncer, particularmente o câncer de próstata, em vários ensaios científicos, em revisões técnicas, embora não apresentem uma afirmação consistente com relação a este fato, indicando a persistência dos estudos para um maior esclarecimento.

Há, na verdade, uma grande controvérsia nos estudos com relação ao câncer de próstata, que indica, finalmente, que a presença de cálcio adequado na dieta de homens pode ser um fator de real proteção com relação a cânceres mais invasivos.

Parece, inclusive, que a dieta em si, mais saudável - há citação de uma dieta vegetariana - seria o bastante para proteger o paciente do gênero masculino de formas mais agressivas de câncer deste órgão, ou até mesmo da formação de células cancerosas.

Um estudo específico mostra que a intensificação do uso do licopeno (leia-se tomate) em consumo diário, aumenta a resistência dos glóbulos brancos a processos oxidativos, isto é, ao envelhecimento precoce das células.

Um estudo brasileiro, feito no Rio Grande do Sul, com pacientes portadores de hipertrofia prostática benigna, demonstrou que pacientes que ingeriram dose diária de 50 g de extratos de tomate, uma vez ao dia, por dez semanas seguidas, apresentaram um decréscimo de cerca de 11% do PSA (antígeno prostático específico). Entretanto, diante dos propósitos habituais técnicos, é um estudo que apresenta melhorias em termos de qualidade metodológica.

De qualquer modo, já se sabe que a ingestão habitual e normal de tomate tem, sim, algum grau de proteção contra a oxidação celular, por conta da presença do licopeno.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses