Onde ficam os germes?




Por acaso, você tem idéia do lugar do seu banheiro onde "residem" em maior número os micróbios? Não? Na escova de cabelo?

Errado: sua escova de dentes é onde há o maior número de micróbios, dentro de seu banheiro, acredite!

As escovas de dente guardam e trocam micróbios com as escovas de cabelo, com outras escovas de dente, com o proprio ar do local (aaaarrrrgh!)... Afinal, já imaginou quando você vai fazer suas necessidades e puxa a descarga, com a tampa do vaso aberta, quantos micróbios passam a flutuar no ar? Pensa que o odor desagradável é o quê? Só gases?

Está errado! Micróbios pululam no ar do banheiro! E, para os desavisados, eles "pousam" depois de algum tempo, pois têm massa e peso, e, uma vez atraídos pela gravidade, "pousam" também em sua escova de dentes.

O pior é que depois você irá escovar os dentes com eles ali, nas cerdas! Pois é! Desagradável, não? Também acho!

Eu sugiro que você adquira uma daquelas capas protetoras para escovas de dentes e a guarde ali. Assim, a escova fica isolada de outros objetos que também têm esses micróbios e do próprio ar. Antes de abrir a capa protetora, lave-a com água corrente, para tirar, ao menos uma boa parte, os micróbios da superfície da capa e boa escovação!

Outra medida possível é tirar a escova do banheiro. Guardá-la, ainda com a capa, em seu quarto e levá-la para o ritual da escovação somente na hora da escovação. Provavelmente assim você conseguirá reduzir muito mais o risco de contaminação com germes fecais em seus dentes!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses