Alimente-se bem para combater um resfriado.




Há uma idéia curiosa, que já ouvi algumas vezes, que diz que "devemos alimentar o resfriado, mas fazer a febre morrer de fome".

Essa idéia estranha vem do século XVI, quando um dicionarista escreveu que "o jejum é o grande remédio para a febre".

Mas isso não é um "conselho médico", de modo algum! Entretanto, a idéia "pegou" e, muitas vezes passou a ser um hábito. Assim, muitas pessoas literalmente jejuam durante um resfriado ou uma gripe.

Mas, sinceramente, já chegou a hora de não acreditar mais em histórias desse tipo.

O resfriado comum é uma doença causada por um vírus (influenza) que ataca as vias respiratórias superiores e os sintomas mais comuns, todo mundo conhece: espirros, coriza intensa (secreção nasal), nariz entupido (congestão nasal), dor ou coceira na garganta, dores de cabeça e febre.

É fundamental que exista uma BOA alimentação durante esse processo, para que você adquira nutrientes e energia para combater esse invasor que lhe causa transtornos.

Quando sua temperatura sobre, o metabolismo acelera, o que quer dizer que seu corpo vai precisar de mais energia (calorias) para desempenhar as funções mais básicas, como respirar e bombear o sangue, por exemplo.

Parar de comer só vai tornar o combate à infecção mais difícil para o organismo.

"Ah, mas eu não tenho fome!"

Literalmente, "empurre" alimentos, mesmo que seja um caldo, uma sopa ou uma canja. Não gosta? Então coma algo que você goste, mas não permita que seu organismo fique mais exposto à infecção viral à qual ele está sendo submetido, pois a baixa imunidade aliada à própria infecção pode provocar complicações do resfriado e levar você a ter até mesmo uma pneumonia.

Boa refeição!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses