Acupuntura sem agulhas




A arte milenar chinesa da acupuntura é usada para tratar diversos problemas de ordem física e emocional, e consiste no estímulo de determinados pontos (meridianos) a fim equilibrar as energias do corpo e mantê-lo saudável. Contudo, muitas pessoas se afastam das salas de terapia por temerem as agulhas, apesar dos especialistas garantirem que a prática é indolor. Para aqueles que desejam usufruir dos benefícios da técnica, mas relutam com as pequenas hastes de metal, existe a acupuntura sem agulhas.

Um dos procedimentos que substituem as agulhas é a moxabustão, que eu não gosto de usar, por conta dos riscos com o calor e a questão do forte aroma das ervas utilizadas para se obter o efeito da queima da planta chamada artemísia que faz o estímulo nos pontos e meridianos de acupuntura.

Pode-se usar também o laser de baixa potência para substituir as agulhas, ou ainda a eletroestimulação que é feita com um aparelho cujos imãs liberam cargas eletromagnéticas para estimular os meridianos da acupuntura tradicional. Há ainda um tipo de adesivo produzido com silício cristalizado e aglutinado com celulose vegetal (materiais 100% naturais).

A acupuntura, seja por meio de agulhas ou de outros métodos, é indicada para aliviar dores intensas e também para tratar as causas das doenças, seja em crianças, adultos ou idosos.

Pode-se fazer o estímulo desses pontos através do "do-in" ou do "shiatsu", que são técnicas que usam as mãos para obter resultados semelhantes.

O "do-in" é pontual, isto é, faz-se a pressão nos pontos com movimentos circulares ou simplesmente a pressão local.

O "shiatsu" é linear, isto é, a massagem acompanha os meridianos em seus movimentos.

Há, também a técnica de se colocar sementes em pontos de acupuntura, tanto no corpo como nas orelhas, que têm pontos de correspondência ligados a todo o corpo, como se fosse uma miniatura dele.

Todas são técnicas muito validas e têm suas indicações para cada paciente, mas a acupuntura simples, com técnicas variadas, é a que melhores respostas apresentam, mesmo diante de céticos da ciência ou leigos céticos...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Exame de urina

Equimoses