Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Fraude na saúde

Imagem
O Ministério Público de São Paulo informou que 272 promotores da cidadania vão investigar todos os contratos entre hospitais estaduais e empresas fornecedoras de materiais médicos. O trabalho é continuidade da Operação Parasitas, que prendeu cinco empresários suspeitos de fraudar licitações de materiais e insumos médico-hospitalares.

Segundo o Ministério Público, as licitações fraudadas nos últimos quatro anos, apenas para o governo do Estado, ultrapassaram o valor de R$ 56 milhões. Em alguns casos, os preços seriam superfaturados em mais de 400%. O governo de São Paulo informou que a quadrilha causou prejuízos aos cofres públicos de mais de R$ 100 milhões.

Segundo as investigações da Operação Parasitas, os empresários participavam de licitações e, mediante pagamento de propina a agentes públicos, conseguiam eliminar concorrentes do pregão e anular eventuais recursos. Em alguns casos, essas empresas já chegavam ao pregão com um vencedor pré-estabelecido e, além de superfaturar os valore…

Descoberto vírus que provoca febre hemorrágica letal.

Imagem
Um novo vírus, que provoca febre hemorrágica letal, foi descoberto pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas (NICD) de Johanesburgo, após quatro pessoas terem morrido em decorrência de contágio com o patógeno nas últimas semanas, na África do Sul.

O novo arenavírus, que ainda não tem nome, é diferente de outros descobertos na América do Sul e na África e tem "identidade própria". Este novo vírus se soma aos cerca de 100 que afetam os homens e que foram descobertos nas últimas três décadas, dos quais em torno de 75, entre eles o HIV, que provoca a aids, procedem de animais.

O primeiro caso detectado deste novo arenavírus foi o de uma mulher, Cecilia van Deventer, que morreu na África do Sul, para onde foi levada a partir da Zâmbia para receber tratamento.

Uma enfermeira que viajou em um pequeno avião com Cecilia no trajeto de Lusaka a Johanesburgo, uma freira que a atendeu no hospital sul-africano onde foi internada e uma faxineira do centro médico morreram posteriormente e…

Bico de papagaio: tem que pedir autorização do IBAMA???

Imagem
Conhecida popularmente por bico de papagaio, a osteofitose é uma formação óssea anormal muito freqüente, produzida na proximidade das articulações das vértebras.

O problema é responsável por dores fortes na região afetada e limitações de movimentos. Atinge, em sua maioria, pessoas acima de 50 anos, mas pode acontecer em qualquer idade, após erros de postura ou traumas sucessivos na coluna.

Sedentarismo, má postura, falta de cuidados com a coluna e sobrepeso são as causas mais comuns do bico de papagaio. No entanto, pessoas que sofreram fratura e ficaram com a articulação desalinhada são sérias candidatas a desenvolverem o problema.

Quem vive sentando torto, carrega peso erradamente, pratica esportes sem preparo, é candidato à formação de bicos de papagaio!

RPG (reeducação postural global) e Pilates, técnicas de fisioterapia, podem auxiliar na recuperação e manutenção de vida normal para quem sofre de osteofitoses e suas conseqüentes dores.

Surto psicótico

Imagem
Caracterizado pela perda da noção de realidade e por uma desorganização do pensamento, o surto psicótico pode ser causado por doenças como a esquizofrenia, por um trauma muito grande ou pelo uso de drogas, a exemplo da cocaína.

É durante um surto psicótico que ocorre uma perda de realidade, onde não há diferenciação entre o mundo real e o imaginário da pessoa. Quando a pessoa está em uma crise psicótica, ela confunde os pensamentos internos dela com o mundo real. Ela não consegue distinguir o que são os pensamentos dela e o que realmente está acontecendo no mundo.

Em alguns casos há ainda uma ruptura muito intensa no contato com amigos e com a própria pessoa. O indivíduo começa a não se reconhecer e a não reconhecer o outro. Ele não entende a situação que está vivendo no momento, mesmo que esta seja muito intensa para ele.

Os dois principais sintomas do surto psicótico são os delírios e alucinações.

Quando está em surto, o indivíduo não deixa de estar consciente, mas ele vê a realidade…

Toxoplasmose

Imagem
Sinônimo: Doença do gato.

Trata-se de doença infecciosa causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii.

Este protozoário é facilmente encontrado na natureza e pode causar infecção em grande número de mamíferos e pássaros no mundo todo.

A infecção nos humanos é assintomática em 80 a 90 % dos casos, isto é, não causa sintomas, e pode passar desapercebida naqueles pacientes cuja imunidade é normal. As defesas imunológicas da pessoa normal podem deixar este parasita “inerte” no corpo (sem causar dano algum) por tempo indeterminado.

No entanto, quando esta pessoa tornar-se imunodeprimida (com as defesas imunológicas diminuídas) por qualquer razão (AIDS, secundária a remédios usados para transplantados ou mesmo após uma doença muito debilitante) os sintomas e a doença toxoplasmose pode se manifestar.

Outro período particularmente de risco para se adquirir a infecção é durante a vida intra-uterina, da gestante para o feto (transmissão vertical). O feto pode ter afetada a sua formação q…

SINUSITE

Imagem
Sinusite é uma doença com base inflamatória e/ou infecciosa que acomete as cavidades existentes ao redor do nariz. Estas deveriam comunicar-se com as fossas nasais sem impedimentos! São cavidades revestidas por uma mucosa que necessita ventilação para a manutenção da normalidade na região.

Após infecção viral, inflamação de origem alérgica ou por poluentes, a mucosa da região nasal aumenta de volume e obstrui a comunicação destas cavidades com as fossas nasais. Esta obstrução acarreta o início da colonização por germes e fungos que estão presentes na região, mas não encontravam condições favoráveis ao seu crescimento.

A doença pode gerar sensação de "peso na face", corrimento nasal, dores de cabeça, sensação de mau cheiro oriunda do nariz ou da boca e obstrução nasal com eventuais espirros.

O diagnóstico é feito através da história que o paciente relata, exame físico da região e de exames radiológicos eventualmente necessários.

O tratamento é feito com analgésicos, medicament…

Os primeiros sinais da depressão

Imagem
A depressão que dói no corpo: dor de barriga, nas têmporas, nas costas, esses podem ser os primeiríssimos sinais de que alguém está prestes a mergulhar de cabeça em um quadro depressivo.

Há boas chances de um sintoma físico aparecer muito antes de a tristeza profunda ficar estampada na cara da vítima de depressão e ela não conseguir mais esconder sua perda de interesse pelo mundo exterior.

Hoje já se sabe: o quadro depressivo tende a emergir na forma dos mais diversos tipos de dor no corpo. E não confunda isso com um processo de somatização, em que distúrbios emocionais produzem mal-estar orgânico. Nada disso. Não se trata de algo como uma sugestão da mente entristecida sobre o organismo.

Trata-se, sim, de um fenômeno eminentemente bioquímico. Os circuitos que a depressão ativa são íntimos de regiões do sistema nervoso, inclusive o autônomo, que comanda o funcionamento dos órgãos. Cerca de 60% dos casos da doença são associados a males orgânicos, a maioria deles acompanhada de dor.

De …

TPM

Imagem
Mudanças de hábitos e uso de medicamentos possibilitam o controle da tensão pré-mestrual.

Já houve um tempo em que as alterações de humor e os desconfortos apresentados pelas mulheres antes do período menstrual eram rotulados como problemas psiquiátricos.

Até hoje não raro essas manifestações são interpretadas como capricho ou mera desculpa para faltar ao trabalho. Felizmente, para as cerca de 18,5 milhões de brasileiras de dez a 49 anos que sofrem de Tensão Pré-Menstrual (TPM), esse quadro está mudando.

A medicina já possui uma boa compreensão do problema e dispõe de recursos bastante eficazes para transformar aqueles dias infernais em um período mais tranquilo e equilibrado.

O empenho da ciência se justifica. De um a 15 dias antes da menstruação, as mulheres com TPM apresentam um conjunto de alterações físicas e psíquicas que podem interferir no desempenho profissional e nas relações sociais e familiares.

Para quase quatro milhões delas, essas mudanças são tão intensas que a vida vira…

Drogas Psicoativas

Imagem
Ecstasy

Denominado farmacologicamente como 3,4-metilenodioximetanfetamina e abreviado por MDMA, o ecstasy é uma substância fortemente psicoativa. Duas outras substâncias farmacologicamente e psicoativamente semelhantes podem ser encontradas no mercado ilegal como sendo o ecstasy. Uma delas é conhecida popularmente como Eve e denominada farmacologicamente por N-etil-3,4-metilenodioxianfetamina e a outra é um metabólito ativo (produto da degradação do ecstasy pelo fígado, mas que ainda possui atividade psicoativa) conhecido por MDA ou 3,4-metilenodioxianfetamina. As reações e efeitos provocados por essas três substâncias são semelhantes, mas durante toda nossa abordagem nessa seção estaremos falando apenas do MDMA, do ecstasy e seus efeitos podem ser estendidos para as outras duas.

A anfetamina, um dos primeiros estimulantes sintetizados com finalidades terapêuticas foi retirado do mercado há décadas; a cocaína, outro estimulante, foi proibido de ser comercializado por causa de seus efeit…
Imagem
A Secretaria de Estado da Saúde lançou terça-feira, dia 21 de outubro, o Plano Estadual de Prevenção e Controle das Hepatites Virais. O objetivo é implementar ações para evitar o contágio e reduzir internações e mortes em decorrência da infecção pelas hepatites B e C nos municípios paulistas. O investimento previsto é de R$ 8 milhões ao ano.

Entre as metas estabelecidas para os próximos quatro anos está a de vacinar 90% dos adolescentes de todo o Estado contra a hepatite B, ampliar em 50% a detecção da infecção pelo vírus da hepatite C e em 60% a notificação de casos novos.

Em janeiro de 2009, mês de férias escolares, a Secretaria fará campanha específica de vacinação entre jovens de 11 a 19 anos. Também no próximo ano está prevista a capacitação de profissionais de saúde do Estado para aprimorar a interpretação dos exames sorológicos, ampliar a notificação dos casos de hepatite diagnosticados e melhorar a qualidade dos dados preenchidos nas fichas de notificação.

Até 2010 a Secretaria …

Novo exame reduz risco de infecção em transfusão de sangue.

Imagem
O Ministério da Saúde pretende levar para a rede pública em janeiro de 2010 um exame de sangue, com tecnologia nacional, que reduz o tempo em que os vírus da Aids e da hepatite C ficam no organismo sem serem detectados pelos exames convencionais.

Com a medida, o governo busca tornar as transfusões de sangue realizadas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) mais seguras. São coletados pouco mais de 4 milhões de bolsas de sangue por ano no país, sendo 3,5 milhões no serviço público.

O período em que um vírus não aparece nos testes é conhecido como janela imunológica. Pelos exames usados hoje no SUS, o HIV só é detectado 21 dias após a pessoa ter sido infectada. Com o novo teste, a janela cairá para oito dias.

Assim, o risco de se coletar sangue contaminado com HIV passará de 1 bolsa em 250 mil para 1 bolsa em 3 milhões.

No caso do vírus da hepatite C, a janela imunológica passará de 72 dias para 14.

O exame que o governo vai adotar foi desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz e é conhecido pe…

CATARATA

Imagem
O cristalino é uma estrutura ocular na forma de uma lente transparente, que aumenta ou diminui seu diâmetro com o fim de enfocar a imagem do objeto externo na retina. Quando o cristalino sofre alterações em sua transparência, acaba produzindo o que é conhecido como "catarata", dificultando a visão normal.

Classificação

Podemos classificar as cataratas de acordo com a sua origem, conforme o seguinte:

a) Catarata congênita: A catarata congênita é uma opacidade do cristalino que se detecta durante o primeiro ano de vida da criança. É uma das anomalias do olho mais freqüentes e, por isso, se trata de uma importante causa de cegueira se o diagnóstico não for feito cedo. A maioria destas não progride.

b) Cataratas adquiridas: Dentro deste tipo podemos destacar as "cataratas senis". Mais do que 25% das pessoas entre os 65 e 75 anos de idade apresentam opacidade do cristalino, geralmente bilateral. Entre as causas conhecidas, além do fator da idade devem ser agregadas a dia…

Medicamentos: alprazolan.

Imagem
É um tranqüilizante do grupo dos benzodiazepínicos. Caracteriza-se por ser um tranqüilizante de alta potência sendo bastante eficaz no controle dos sintomas dos transtornos ansiedade e no controle dos estados tensionais não patológicos (devido a situações normais da vida).

Apresentações comerciais mais conhecidas: Apraz, Frontal, Constante.

Possui também um ótimo efeito sedativo, auxiliando os pacientes com dificuldade para dormir.

Seu efeito dura aproximadamente 12 horas, por isso pode ser usado na hora que for mais necessário. Caso a dificuldade principal seja para dormir, usa-se à noite: caso os sintomas sejam mais proeminentes de dia pode ser dado pela manhã.

Caso tanto o dia quanto a noite estejam comprometidos, a administração pode ser feita duas vezes ao dia. A dose da medicação deve seguir o resultado obtido: considerando sempre os benefícios e prejuízos conferidos pela medicação, ou seja, o máximo de tranqüilização com o mínimo de sedação diurna.

A tranqüilidade induzida e o co…

DOENÇA DE BEHÇET

Imagem
O que é?

A síndrome de Behçet ou a doença de Behçet (DB) é uma vasculite sistémica (inflamação dos vasos sanguíneos) de causa desconhecida, caracterizada por úlceras (aftas) orais e genitais recorrentes, e com envolvimento dos olhos, articulações, pele, vasos sanguíneos e sistema nervoso.

Esta doença recebeu o nome de um médico turco, Prof. Dr Hulusi Behçet, que foi o primeiro a descrevê-la, em 1937.

A doença de Behçet é mais frequente em algumas partes do Mundo. A sua distribuição geográfica coincide com a histórica “rota da seda”. É sobretudo observada em países do Extremo Oriente, Médio Oriente e bacia Mediterrânica, como o Japão, a Coreia, a China, o Irão, Turquia, Tunísia e Marrocos. A prevalência entre a população adulta é de 1/10.000 no Japão e 13/1000 na Turquia. No Norte da Europa é de cerca de 1/300.000.

Poucos casos são relatados nos Estados Unidos e na Austrália. A doença de Behçet nas crianças é rara, mesmo entre populações mais sujeitas ao risco de a ter. O diagnóstico pode…

Fitoterapia

Imagem
O que é a fitoterapia? Fitoterapia é a utilização de vegetais em preparações farmacêutica (extratos, pomadas, tinturas e cápsulas) para auxílio ao tratamento de doenças, manutenção e recuperação da saúde. Fitoterapia vem do idioma grego e quer dizer "tratamento" (therapeia) "vegetal" (phyton). O uso de plantas medicinais na fitoterapia vai desde as formas mais empíricas e tradicionais até as científicas.

A fitoterapia acompanha a humanidade desde os povos primitivos, que já utilizavam plantas medicinais para curar doenças, e hoje em dia vem ganhando cada vez mais popularidade no mundo todo. Porém, é preciso ter cautela ao utilizar a fitoterapia, uma vez que um produto natural não significa necessariamente que seja livre de efeitos colaterais. Todos os medicamentos, inclusive os fitoterápicos, devem ser usados com orientação médica.

No Brasil, desde março de 2004, a Anvisa estabeleceu regulamentação para garantia da qualidade do medicamentos fitoterápicos para o consu…

Auto-diagnóstico em psicologia?

Imagem
As doenças psiquiátricas para entender:

Depressão maior: caracterizada por episódios em que o paciente se sente melancólico ou vazio quase todos os dias; perde o interesse ou o prazer em hobbies e atividades; apresenta alterações no apetite, no peso, nos níveis de energia ou nos padrões de sono; ou tem pensamentos de morte ou suicídio.

Distimia: similar à depressão maior, mas os sintomas são menos graves e mais crônicos; melancolia ou vazio na maioria dos dias, durante pelo menos dois anos; outros sintomas incluem baixa auto-estima, fadiga e dificuldade de concentração.

Bipolar I: episódios de humor anormalmente exaltado ou irritável, durante os quais o paciente experimenta uma auto-estima inflada, precisa de menos sono, fala mais que o usual, ou dedica-se exageradamente a atividades prazerosas, mas insensatas; esses períodos maníacos podem se alternar com episódios depressivos.

Bipolar II: episódios depressivos alternados com períodos maníacos menos graves, que não prejudicam de forma m…

HPV é associado a 75% dos casos de câncer de pênis

Imagem
O papilomavírus humano, ou HPV, é responsável por quase 100% dos casos de câncer de colo de útero. No entanto, apesar da alta incidência em mulheres sexualmente ativas, o vírus também afeta os homens - e mais do que as pessoas imaginam. Pesquisa recém-divulgada pelo INCA (Instituto Nacional do Câncer), em parceira com o Instituto de Virologia da Fundação Oswaldo Cruz, mostra que o HPV está associado a até 75% dos casos de câncer de pênis.

Como identificar o vírus e tratá-lo
As lesões e verrugas em formato de couve-flor (de diversos tamanhos) - uma característica da presença do HPV no organismo - são mais visíveis e fáceis de ser identificadas no pênis (na glande ou no prepúcio) do que na vagina ou no colo do útero. Por isso, nesse aspecto, os homens saem em vantagem na luta contra o vírus.

Uma vez descobertas, lesões e verrugas são tratadas com procedimentos como cauterização, uso de pomadas, crioterapia e cirurgia a laser.

O problema é que nem sempre esses sinais aparecem. E aí, tanto …

Compulsão e Pele

Imagem
A alteração cutânea que tem ligação mais óbvia com processos mentais é a escoriação psicogênica. Trata-se de um quadro clínico composto por arranhões, feridas e crostas, que são provocados geralmente em áreas extensas da pele. O rosto, as mãos, os membros superiores e inferiores podem ser afetados. É característica do quadro permanecer o centro das costas sem lesões, porque não é alcançado pelas mãos com facilidade.

Não é realmente uma doença de pele, mas um estado criado pela pessoa, que a agride para liberar uma tensão que esteja vivenciando no momento. O fato mais notável neste quadro é que o paciente tem consciência de que está lesionando a pele, mas não consegue conter os movimentos, que vão gerar as escoriações e feridas.
Isso indica uma compulsão, isto é, um ato repetitivo praticado conscientemente e sem possibilidade de cessação pela vontade da pessoa.

Sintomas

As lesões são produzidas somente com as mãos, sem uso de nenhum objeto. São o equivalente de outros atos compulsivos,…

Fumaça dos incensos aumenta o risco de câncer do trato respiratório.

Imagem
Autora: Roxanne Nelson

De acordo com um estudo publicado on line na revista Cancer, a exposição prolongada à fumaça de incensos está associada a um risco maior de desenvolvimento de carcinoma de células escamosas do trato respiratório. Essa associação pareceu ser dependente da dose, e os maiores riscos foram verificados entre os indivíduos expostos por mais tempo.
De acordo com o Dr. Jeppe T. Friborg, do Statens Serum Institut de Copenhaguen, Dinamarca, e seus colaboradores, este foi o primeiro estudo prospectivo desenvolvido para determinar a associação entre os incensos e o risco de câncer. “Os resultados indicam haver uma relação entre a exposição por um longo período de tempo e os carcinomas de células escamosas do trato respiratório”.
Quando comparados com os indivíduos que não faziam uso de incensos, aqueles que eram expostos diariamente e por mais de 40 anos apresentavam um risco 70% maior de apresentar doença maligna do trato respiratório.
A queima de incenso é muito comum em muit…

Cuidados com Medicamentos

Imagem
Veja abaixo alguns cuidados que devem ser tomados com os medicamentos:

Verifique sempre o prazo de validade dos medicamentos antes de usá-los;

Não use medicamentos com embalagens estragadas, sem rótulo e sem bula;

Não use medicamentos com embalagens estragadas, sem rótulo e sem bula;

Não utilize a mesma receita médica mais de uma vez, pois o medicamento usado antigamente, pode não fazer bem hoje;

Não compre medicamentos que forem indicados pelos vizinhos ou amigos, sem antes consultar o seu médico;

Não misture medicamentos sem a devida orientação;

Ao comprar um medicamento solicite informações sobre possíveis reações adversas;

Se sentir algum sintoma diferente ao tomar o medicamento, procure o médico ou farmacêutico;

Bebês, mulheres grávidas ou que estão amamentando nunca devem tomar medicamentos sem receitas médicas.

Bicho do Pé

Imagem
Tungíase ("bicho de pé")

Doença causada pela Tunga penetrans, um tipo de pulga encontrada no solo, principalmente em pastos. A pulga fêmea penetra a pele, onde suga o sangue do hospedeiro e começa a produzir ovos que se desenvolvem e serão posteriormente eliminados no solo.

A lesão tem formato circular, é elevada e de cor amarelada, com ponto preto central. As áreas mais afetadas são os pés e é comum haver coceira. Pode ocorrer infecção secundária, com dor local e secreção purulenta.

Para evitar a contaminação pelo "bicho de pé", evite andar descalço em lugares frequentados por animais como vacas e porcos.

O tratamento consiste na remoção completa da pulga com agulha cortante ou bisturi. Deve ser feito por um médico dermatologista. Em caso de infecção secundária, pode ser necessário o uso de antibióticos locais.

Endometriose

Imagem
A cada menstruação, há uma renovação da camada de tecido que reveste o útero, o endométrio. A endometriose ocorre quando o endométrio atinge outras áreas da pelve, como ovários, intestinos e bexiga.

A doença afeta uma em cada dez mulheres em idade reprodutiva.

Em geral, os primeiros sintomas da endometriose são cólicas muito intensas e progressivas, ou seja, cada vez piores a cada menstruação. A dor ocorre, em geral, na parte inferior do adbome e pode causar desconforto nas relações sexuais.

Se a endometriose estiver localizada na bexiga ou no intestino, pode causar sintomas urinários ou intestinais durante a menstruação, como por exemplo, dor ao urinar, ou diarréia.

Dores mais itensas podem levar a problemas como cansaço, perda do sono, alterações de humor, depressão, tensão pré-menstrual e dor lombar.

O diagnóstico só pode ser feito por meio da laparoscopia, quando o ginecologista faz um corte na barriga e, com uma câmera inserida pelo umbigo, faz uma biópsia.

Tratamentos hormonais p…

Agorafobia

Imagem
É o medo de estar em lugares onde possa não haver algum tipo de auxílio, de assistência. Pode acontecer em lugares públicos onde a pessoa sinta-se sózinha.

Mais completamente:

medo de ficar só
medo de perder controle em lugares públicos
medo de ficar em lugares de onde seja difícil sair
preferir ficar em casa por períodos cada vez mais longos
sentir-se preterido(a) ou perseguido(a) pelos outros
sentimentos de infelicidade
dependência da presença de outras pessoas
sentir que o próprio corpo é "irreal"
crises de ansiedade severa
crises de agitação e agressividade
sentir "presenças" e "luzes"
confusões de raciocínio
transpiração excessiva
rubor facial ou de pele
dores torácicas
palpitações
náuseas
desconfortos abdominais
sensações de que ficará louco(a)
intenso medo de morrer

O tratamento é medicamentoso, com uso de antidepressivos e ansiolíticos, psicoterapia e, por minha conta, sugiro tratamento espiritual, seja na religião que for. O contato com a religião, com a Divindade Cri…

Coceira

Imagem
Pensar em coceiras, ver pessoas se coçando, imagens de percevejos, pulgas e piolhos costumam provocar uma irresistível vontade de esfregar a própria pele. Mas a coceira – “prurido” para os médicos – é mais do que um incômodo ocasional. A sensação, resultante da irritação das células na epiderme, é uma útil advertência à presença de insetos ou outros elementos estranhos. O coçar é, muitas vezes, um método eficaz e simples de lidar com isso. A coceira é também o principal sintoma de muitas doenças dermatológicas e surge em certas condições sistêmicas, como doença renal crônica, cirrose e alguns tipos de câncer.

Se uma leve arranhada na pele é prazerosa, o constante coçar pode se tornar uma agonia, caso as condições subjacentes não sejam tratadas. Segundo estimativas, 8% a 10% da população mundial sofre de coceira crônica, sendo o problema que mais solicita os dermatologistas. As fontes da sensação, porém, são misteriosas e ainda pouco compreendidas.

Por muito tempo relegada como se fosse …

Duloxetina: para tratamento de dores neurogênicas e enxaquecas.

Imagem
O Cymbalta (duloxetina) é um novo antidepressivo, fabricado pelo laboratório norte-americano Eli Lilly.

Pertence a uma classe de drogas conhecidas como duplos inibidores de recaptação. O que é isso?

Os neurotransmissores são liberados por um neurônio e são captados por outro. Uma pequena quantidade de neurotransmissor é enviada de cada vez, de um neurônio para outro.

Após o envio e recebimento dessa quantidade, o neurotransmissor que ficar "sobrando" no espaço entre um neurônio e o outro é absorvido pelo primeiro, aquele que o liberou.

Esse processo recebe o nome de recaptação. Um inibidor da recaptação de um dado neurotransmissor impede esse processo, o que significa que sob a vigência da duloxetina, certos neutrotransmissores são enviados em fluxo contínuo e sentido único, e não mais da forma natural, pulsátil e em "mão dupla".

Os neurotransmissores afetados pelo cymbalta (duloxetina) são a serotonina e a noradrenalina. O termo duplo inibidor de recaptação refere…

Células-tronco extraídas de testículo podem ser tão boas quanto embrionárias.

Imagem
Cientistas europeus conseguiram mais um grande avanço na pesquisa com células-tronco. Eles produziram culturas celulares que têm potencial muito similar ao obtido com tecido embrionário, mas vindas de indivíduos adultos. O segredo foi buscar essas células da parte do corpo mais especializada em se multiplicar -- os órgãos reprodutores.

No caso específico, os cientistas, liderados por Thomas Skutella, da Universidade de Tübingen, na Alemanha, extraíram células do testículo de um indivíduo. Essas células são parte da chamada linhagem germinativa -- precursoras dos espermatozóides.

No organismo, essas células costumam se dividir de uma maneira que deixa suas sucessoras -- os espermatozóides -- com apenas metade dos cromossomos do indivíduo original. Mas os cientistas as extraíram cedo nessa espécie de "linha de montagem" do testículo, de forma que elas ainda continham o conjunto completo de cromossomos do indivíduo que as originou.

Depois disso, o truque foi cultivá-las em labo…

SÍNDROME DA APNÉIA OBSTRUTIVA DO SONO

Imagem
É uma doença (síndrome = conjunto de sinais e sintomas) crônica, evolutiva, com alta taxa de morbidade e mortalidade, apresentando um conjunto sintomático múltiplo que vai desde o ronco até a sonolência excessiva diurna, com repercussões gerais hemodinâmicas, neurológicas e comportamentais.

É uma situação complexa que muitas vezes requer uma inter-relação de várias áreas médicas, tanto no diagnóstico quanto no tratamento.

O fator determinante da SAOS está localizado nas vias aéreas superiores (VAS), especialmente na faringe. O colapso de suas paredes durante o sono pode restringir, em parte, o fluxo aéreo, produzindo vibrações de baixa frequência, constituindo o ronco. O ronco não pode mais ser avaliado simplesmente pelo seu aspecto social e deve ser considerado um problema médico, pois pode preceder a SAOS em mais de 90% dos casos.

O otorrinolaringologista deve estar apto a avaliar cada caso, orientando o paciente em seu tratamento a seguir, seja ele clínico e/ou cirúrgico.

A cirurgia…

Alzheimer: algumas anotações mais recentes...

Imagem
A Doença de Alzheimer's (DA), uma forma de demência, é uma doença degenerativa do cérebro, que altera a memória, o pensamento e o comportamento.

As alterações de memória são uma característica necessária para formar o diagnóstico neste tipo de demência. Mudança em uma das seguintes áreas, também, necessita estar presente: linguagem, habilidade para fazer e decidir, julgamento, atenção e outras áreas da função mental e da personalidade.

O progresso da da doença é diferente em cada paciente. Se a DA se desenvolve rapidamente, no início, é provável que continue a se desenvolver rapidamente até o final. Se o início é lento, geralmente o desenvolvimento da doença também é lento.

Quanto mais velho o paciente, maior o risco de desenvolver DA. Há, também importância na história familiar, isto é, se há alguém na família portador da doença, há maiores probabilidades de que outras pessoas a desenvolvam na mesma família.

Outros riscos:
• História prolongada de hipertensão arterial
• História de t…

Tecnologia em Medicina...

Imagem
Hal ou "membro híbrido assistente", é demonstrado durante uma conferência de imprensa na Cyberdyne, em Tsukuba.

Hal lê os sinais do cérebro e ajudando pessoas com problemas de mobilidade a se locomoverem.

O aparelho já está disponível para alugar no país por US$ 2,2 mil o par ou US$ 1,5 mil uma perna. O valor é válido para um mês

Amit Goswani busca aproximação com Deus.

Imagem
O conhecimento científico pode comprovar a existência de uma consciência maior, com poderes causais, como querem as religiões?

O físico indiano Amit Goswami defende essa idéia no livro Deus não está morto: evidências científicas da existência divina, recém-lançado pela editora Aleph.

Para o autor, os princípios da física quântica podem demonstrar a transcendência da natureza humana e revelar que o universo é muito mais do que matéria.

Autor do best-seller A Física da Alma, Goswami afirma no seu novo livro que há níveis de realidade bem mais sutis do que o nível material e que o homem deve aspirar as qualidades intrínsecas de Deus, como o amor.

Para ele, a nova ciência baseada em Deus pode ser um instrumento de recondução da ética e dos valores humanos.

Nesse contexto, a física quântica tem um papel de agente transformador das pessoas e da sociedade em geral, sob a perspectiva da evolução coletiva do mundo.

DOENÇAS CARDÍACAS - Fatores de Risco

Imagem
São condições que predispõem uma pessoa a maior risco de desenvolver doenças do coração e dos vasos.

Existem diversos fatores de risco para doenças cardiovasculares, os quais podem ser divididos em imutáveis e mutáveis.

Fatores imutáveis

São fatores imutáveis aqueles que não podemos mudar e por isso não podemos tratá-los. São eles :

Hereditários:

Os filhos de pessoas com doenças cardiovasculares tem uma maior propensão para desenvolverem doenças desse grupo. Descendentes de raça negra são mais propensos a hipertensão arterial e neles ela costuma ter um curso mais severo.

Idade:

Quatro entre cincos pessoas acometidas de doenças cardiovasculares estão acima dos 65 anos. Entre as mulheres idosas, aquelas que tiverem um ataque cardíaco terão uma chance dupla de morrer em poucas semanas.

Sexo:

Os homens tem maiores chances de ter um ataque cardíaco e os seus ataques ocorrem numa faixa etária menor. Mesmo depois da menopausa, quando a taxa das mulheres aumenta, ela nunca é tão elevada como …