Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

Mais Informações sobre o Chá Verde

O consumo de chá verde está associado a um menor risco de ocorrência do derrame cerebral, segundo afirmam pesquisadores australianos, em revisão publicada na edição mais recente da revista Complementary Therapies in Medicine. Os pesquisadores investigaram diversos estudos sobre a relação. Um trabalho japonês, por exemplo, examinou quase seis mil mulheres com 40 anos ou mais, e constatou que aquelas que não tomavam o chá tinham 5,5 vezes maior risco de derrame do que aquelas que bebiam cinco ou mais xícaras diariamente. Os pesquisadores afirmam que, devido ao seu baixo custo e acessibilidade, o chá verde poderia ser uma alternativa promissora para a prevenção dos derrames cerebrais, apesar de mais pesquisas serem necessárias para determinar a quantidade e a duração do consumo necessárias para a proteção.

Melhorando o Presente e o Futuro com a Música em Nossas Vidas

Há cerca de uma década a psicóloga FrancesRaucher, professora da Universidade de Wisconsin, em Oshkosh, e seus colegas provocaram certa surpresa com a descoberta de que ouvir Mozart aprimora o raciocínio matemático e espacial. Até mesmo ratos apresentam melhora de certas atividades, quando ouvem as composições clássicas deste brilhante compositor. Ao contrário, ouvindo sons, digamos, básicos de compositores outros, não tão brilhantes, podem chegar a comprometer o raciocínio das pessoas e o comportamento dos ratinhos de laboratório!
Esse grupo de pesquisadores, no ano passado, identificou três pares de genes envolvidos na sinalização de células cerebrais e também perceberam que nem todos são beneficiados com a audição das obras de Mozart ou de qualquer autoria considerada de grande nível musical. Concluíram que as pessoas têm melhor rendimento pelo simples fato de que sentem-se melhor. Nada demais.
Entretanto, há um modo de se aproveitar a música para aquisição de melhores condições para…

Pelo de Gato e Alergias na Infância

A influência da exposição de alérgenos de gato na infância precoce sobre o desenvolvimento de sensibilização e de doenças alérgicas é complexa. Pouco se sabe sobre a evolução natural do desenvolvimento de sensibilização em seres humanos.

Pesquisadores alemães publicaram, recentemente, no The Journal of Allergy and Clinical Immunology, um estudo em que investigaram a associação entre a exposição a alérgenos de gatos na infância, a posse de gatos e o contato com os mesmos durante a infância, bem como o desenvolvimento de sensibilização a gatos e de doenças alérgicas até os seis anos de idade através de análise longitudinal.

No total, 2166 pacientes pediátricos pertencentes a um estudo de coorte constituída ao nascimento e em andamento foram incluídos na análise. Amostras de poeiras domésticas foram colhidas três meses após o nascimento dos pacientes. Os níveis de alérgenos de gatos foram analisados. Amostras sangüíneas foram coletadas quando os pacientes tinham dois e seis anos de idade. …

Ê, vida bombada!

Nascemos indefesos e frágeis, precisando da ajuda de adultos para sobreviver e permanecer por aqui. Somos pequenos seres incapazes e dependentes. O tempo passa e crescemos, desenvolvemos nossos potenciais paolatinamente, aprendendo e crescendo interiormente.

Crescemos e ficamos fortes, ágeis e, muitas vezes, sentimo-nos belos e capazes. Um périplo de mudanças e transformações: a Juventude é um bálsamo para nossas vidas! Nada como ser jovem! Fazemos o que nos dá na telha e não poupamos as energias, afinal, as temos “em excesso” ou sequer nos preocupamos com isso, mesmo!

Pés no chão frio, cabelos molhados, refrigerantes gelados, sexo, bebidas alcoólicas à vontade, cigarro, sexo, drogas, muito sol, atividades constantes, esportes radicais, sexo, muuuito sono, baladas, agitações, sorvetes aos montes, fast-food, sexo, estudo... Nossa! Quantas coisas para se fazer! Nem dá para sentir direito o tempo passar! Vida agitada, intensa! Mas nada que uma boa dormida não resolva, não é mesmo? Depois d…

Microrganismo é substituído por proteína em processos de limpeza

O horizonte se abre para a industria farmacêutica e hospitais. Num futuro próximo eles poderão usar um potencial indicador biológico, a proteína verde fluorescente (GFP), nos processos de desinfecção e esterilização de equipamentos, ambientes e materiais médico-hospitalares, em substituição a microorganismos. Presente naturalmente em águas-vivas, a GFP é produzida no microorganismo geneticamente modificado Escherichia. Coli e pode atuar como um indicador de eficácia em processos anti-microbianos.

Esse novo tipo de indicador biológico foi proposto no estudo da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP desenvolvido por Priscila Gava Mazzola para seu doutorado. "A GFP selvagem é resistente a temperaturas elevadas, a meios ácidos e básicos, à presença de detergentes, solventes orgânicos e outros agentes sanitizantes, por isso, mostra-se um ótimo indicador da eficácia de experimentos anti-microbianos", afirma a pesquisadora. A redução ou perda total da emissão de fluorescên…

Dificuldades de atenção e aprendizado na adolescência relacionadas ao assistir excessivamente à televisão

Um estudo publicado em recente edição do periódico Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine investigou a associação entre assistir à televisão e efeitos educacionais e intelectuais durante a adolescência e início da idade adulta.

Os resultados mostraram que adolescentes que assistiam à televisão com grande freqüência apresentaram risco elevado de dificuldades de atenção e aprendizado.

Assistir à televisão por 1 ou mais horas diárias gerou maior risco de não completar deveres de casa, de apresentar atitudes negativas em relação à escola, notas baixas e fracasso acadêmico.

Estes parâmetros foram ainda mais intensos em jovens que ficaram 3 ou mais horas diárias em frente à televisão, os quais tiveram menor probabilidade de receber educação pós-secundária.

Portanto, uma maior freqüência em assistir televisão na adolescência pode gerar problemas de atenção a aprendizado, com efeitos educacionais adversos em longo prazo.

Dia das Mães

A gravidez precoce é uma das ocorrências mais preocupantes relacionadas à sexualidade da adolescência, com sérias conseqüências para a vida dos adolescentes envolvidos, de seus filhos que nascerão e de suas famílias.

A incidência de gravidez na adolescência está crescendo e, nos EUA, onde existem boas estatísticas, vê-se que de 1975 a 1989 a porcentagem dos nascimentos de adolescentes grávidas e solteiras aumentou 74,4%. Em 1990, os partos de mães adolescentes representaram 12,5% de todos os nascimentos no país. Lidando com esses números, estima-se que aos 20 anos, 40% das mulheres brancas e 64% de mulheres negras terão experimentado ao menos 1 gravidez nos EUA .

No Brasil a cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem são filhas de adolescentes, número que representa três vezes mais garotas com menos de 15 anos grávidas que na década de 70, engravidam hoje em dia. A grande maioria dessas adolescentes não tem condições financeiras nem emocionais para assumir a maternidade e, por causa…

Sinais de Fumaça

Tenho algumas rotinas, das quais eu não gosto de me desfazer.

Todas as manhãs, saio de casa cedo, às 6 horas da manhã, e sigo direto para uma padaria, próxima ao local onde trabalho, para tomar meu café da manhã. Gosto de lá, pois o café expresso, cremoso, é saboroso e o ambiente é agradável. Aliás, o pão francês também é muito gostoso! Já tenho um certo grau de amizade com o pessoal - a rapaziada - que atende o balcão, a ponto de nem precisar fazer o pedido, simplesmente cumprimento a todos e me sento aguardando chegar meu café da manhã.

Às vezes, o dono da padaria está por lá e ele sempre cumprimenta a todos, um por um, com um simpático sorriso de boas-vindas, muito agradável, que faz a gente ficar à vontade. Enfim, realmente um pedacinho de rotina muito bom. Rápido, como quando a gente vê furtivamente uma pessoa querida, ou fica alguns instantes prestando atenção em algo que nos faz relaxar.

Sempre passa rápido, por que é bom. Quando não é bom, o tempo tem outra conotação: demora a pa…

Falta de memória, “cansaço mental”?

Para “pensar melhor”, você pode tomar algumas atitudes simples, mas eficientes, em seu conjunto:
a primeira refeição do dia é a mais importante: deixar de lado – não tomar café da manhã – reduz seu rendimento intelectual.a ingestão de ovo, pode ser diária, em uma unidade, pois ele é portador de colina, substância usada pelo organismo para produzir o neurotransmissor acetilcolina, que, em níveis normais no sistema nervoso, reduz as chances de adquirir a doença de Alzheimer.
café da manhã com cereais de alto teor de proteínas, melhoram o desempenho intelectual.
a ingestão de vegetais crus ricos em vitaminas e betacarotenos, ajuda a manter os neurônios em bom estado.
um iogurte é uma boa opção para completar um saudável almoço, pois este alimento contém tirosina, necessário para a produção de dopamina e noradrenalina, que são neurotransmissores.
para manter bons níveis de glicose – que permitem bom desempenho intectuais – é recomendável um lanche à tarde.
a ingestão de gorduras que fazem parte…